A maior ave voadora de sempre tinha “dentes”, seis metros de asa e viveu na Antártida

(dr) Brian Choo

Uma equipa de investigadores da Universidade de Berkeley, na Califórnia, analisou dois fósseis descobertos na Antártida que terão pertencido a uma espécie de pelagornitídeos. 

Uma equipa de investigadores descobriu um conjunto de fósseis na ilha de Seymor, ao largo da Península da Antártida, na década de 1980. Agora, uma equipa de investigadores da Universidade de Berkeley, na Califórnia, analisou dois fósseis que terão pertencido a uma espécie de pelagornitídeos.

Segundo o Sci-News, a análise dos fósseis – um osso da pata e um da mandíbula – permitiu aos investigadores identificar aquela que terá sido a maior espécie de aves voadoras alguma vez descoberta.



O artigo científico, publicado recentemente na Scientific Reports, adianta que o fóssil da mandíbula terá pertencido a um dos maiores pássaros voadores de sempre. Os Pelagornithidae habitaram a Terra durante, pelo menos, 60 milhões de anos.

O fóssil mostra que os maiores pelagornitídeos terão surgido logo depois da extinção dos dinossauros, há mais de 50 milhões de anos.

“A nossa descoberta de fósseis, com a estimativa de cinco a seis metros de envergadura mostra que os pássaros evoluíram para uma tamanho realmente gigantesco relativamente rápido depois da extinção dos dinossauros e dominaram os oceanos durante milhões de anos”, explicou Peter Kloess, estudante na universidade norte-americana.

“Estes fósseis da Antártida representam, provavelmente, não apenas as maiores aves voadoras do Eocénico, mas também os maiores pássaros volantes que alguma vez viveram”, lê-se no estudo, que acrescenta que estes pássaros terão tido uma presença semelhante à que é atualmente ocupada pelos albatrozes.

Ainda assim, há algumas diferenças que separam as espécies: “estes gigantes pelagornitídeos extintos, com as suas muito longas e pontiagudas asas, terão voado livremente sobre os oceanos, que ainda não eram dominados por baleias e focas, em busca de lulas, peixe e petiscos do mar para apanhar com o seus bicos alinhados com pseudo-dentes”, disse Thomas Stidham, investigador na Academia Chinesa de Ciências.

Os pelagornitídeos são conhecidos por terem uma estrutura óssea no bico, semelhante aos dentes dos mamíferos. As protuberâncias pontiagudas são revestidas por queratina e têm como objetivo facilitar a captura de lulas e peixes em movimento.

ZAP //

PARTILHAR

RESPONDER

Programa da SIC Notícias comentou eleições em dia de reflexão. CNE deixou aviso

O "Programa Cujo Nome Estamos Legalmente Impedidos de Dizer", da SIC Notícias, falou sobre as eleições em dia de reflexão, porque "comentário não é propaganda eleitoral". As eleições autárquicas estão marcadas para este domingo e, como …

Os dentes das formigas-cortadeiras são tão resistentes como facas

Um novo estudo indica que as formigas-cortadeiras têm uma teia de átomos de zinco entrelaçados na estrutura biológica das mandíbulas, o que lhes dá a durabilidade de um conjunto de facas de aço inoxidável. De acordo …

Francisco George defende vacinação de crianças com menos de 5 anos contra a covid-19

As crianças maiores de cinco anos devem ser vacinadas contra a covid-19, desde que a segurança e a eficácia da vacina estejam comprovadas cientificamente nestas idades, defende o médico especialista em saúde pública Francisco George. A …

Cientistas imprimiram, pela primeira vez, células cerebrais vivas em 3D

Uma equipa de cientistas usou uma nova técnica laser e conseguiu imprimir em 3D células cerebrais vivas. A maioria dos neurónios sobreviveram durante mais de dois dias após terem sido impressos em 3D, o que significa …

Descoberto antídoto contra agentes nervosos tipo Sarin e Novichok

Uma equipa do Laboratório Nacional Lawrence Livermore (LLNL), nos Estados Unidos, desenvolveu um antídoto que neutraliza a exposição ao envenenamento por agente nervoso. O estudo, que foi publicado na revista Scientific Reports, foi o resultado de …

Marte sobreviveu a super-erupções (que libertaram "oceanos" de poeira e gases tóxicos)

A região de Arabia Terra, situada no norte de Marte, já foi palco de erupções suficientemente potentes para libertar "oceanos" de poeira e gases tóxicos no ar.  A NASA confirmou, recentemente, que uma região do norte …

Vulcão, La Palma

O Cumbre Vieja também tem negacionistas. "É tudo orquestrado"

Nos últimos dias, as redes sociais têm-se tornado o palco dos "negacionistas dos vulcões" que defendem que, por trás da erupção do Cumbre Vieja, há mão humana. Nas redes sociais já há negacionistas do vulcão Cumbre …

Selecção da Lituânia falhou os Mundiais porque...chegou atrasada

Per Strand venceu, António Morgado ficou em sexto, mas os ciclistas da Lituânia acabaram por marcar a prova de estrada de juniores, nos Mundiais em Flandres. Per Strand Hagenes é o novo campeão mundial júnior de …

Gil Vicente 1-2 Porto | Dragão canta de galo com dois golaços

Foi sofrer até ao fim. Sérgio Conceição tinha alertado que não seria fácil bater o Gil Vicente e foi isso que ocorreu na noite desta sexta-feira em Barcelos. O FC Porto apenas a um minuto dos …

Na II Guerra Mundial, um erro "humilhante" destruiu dois imponentes navios de guerra da Marinha Real

No dia 10 de dezembro de 1941, os japoneses afundaram os imponentes Prince of Wales e Repulse. A culpa foi do almirante Thomas Phillips que, na sequência de um "erro humilhante", acabou também por falecer. Winston …