Luzes espaciais a piscar no céu podem ser sinais de extraterrestres

Salvo raras exceções, as estrelas morrem e fazem-no numa de duas formas possíveis: passando lentamente para anãs brancas ou explodindo rapidamente como supernovas.

No entanto, algumas estrelas parecem morrer apenas temporariamente sem explosão nem luzes espetaculares – apenas desaparecem do céu noturno e aparecem novamente mais tarde.

De acordo com os cientistas por trás de um novo estudo publicado este mês na revista científica The Astronomical Journal, este fenómeno estranho pode ter duas explicações: ou estamos a assistir a algo completamente novo no campo da astrofísica ou a ver sinais de atividade extraterrestre.



Na quinta-feira da semana passada, os cientistas envolvidos no projeto “Vanishing and Appearing Sources during a Century of Observations” (VASCO) publicaram o seu primeiro estudo, que detalha a busca por objetos que apareceram em pesquisas sobre o céu noturno que datam da década de 1950, mas que não voltam a aparecer em pesquisas modernas.

Os investigadores analisaram 15% dos 150 mil objetos candidatos e encontraram 100 objetos vermelhos que surgiram e desapareceram nos últimos 70 anos. Os cientistas estão à procura de outros sinais de atividade extraterrestre, como lasers de comunicação interestelar vermelhos e esferas de Dyson – uma estrutura gigante hipotética que envolve uma estrela e aproveita sua energia.

O co-autor do estudo, Martin López Corredoira, observou, num comunicado divulgado pelo EurekAlert, que a equipa da VASCO não encontrou nenhuma evidência direta que ligasse as luzes à inteligência extraterrestre – mas o resumo do estudo implica que os autores também não estão a descartar essa possibilidade.

“As implicações de encontrar [luzes que desaparecem e aparecem] estendem-se dos campos astrofísicos tradicionais às pesquisas mais exóticas de evidências de civilizações tecnologicamente avançadas”, escreveram.

Os investigadores afirmam ainda que uma explicação por trás de uma estrela desaparecida poderiam ser eventos raros chamados “supernovas fahadas” que ocorrem quando uma estrela maciça entra em colapso num buraco negro sem nenhuma explosão visível.

Agora, os cientistas querem organizar um Projeto de Ciência do Cidadão auxiliado pela Inteligência Artificial e terão ajuda da comunidade para examinar anomalias nos 150 mil candidatos identificados.

ZAP //

PARTILHAR

3 COMENTÁRIOS

  1. ZAP o texto «[fontes que desaparecem e aparecendo] » é o original ou uma tradução? não devia ser « [fontes que desaparecem e aparecem]» ?

  2. Pode tão simplesmente mostrar que entre nós e essas estrelas existem buracos negros que durante um determinado período absorvem a luz que devia cá chegar.

RESPONDER

"Checkmate". Rússia apresenta o seu novo jacto de combate revolucionário

O novo jacto é a aposta do governo russo para as exportações e pode vir a ditar o fim da supremacia (aérea e no mercado) do F-35 norte-americano. A Rússia apresentou o protótipo do novo jacto …

"É demasiado tarde". As palavras dos médicos aos doentes com covid-19 que recusaram a vacina

Estados Unidos da América contam com 48.49% da população totalmente vacinada, apesar de o processo ter estagnado nas últimas semanas. Os números de novas infeções crescem, assim como as mortes face ao crescimento galopante da …

"Pingdemic". Há uma nova "pandemia" a causar escassez de comida e combustível no Reino Unido

As medidas de distanciamento social no Reino Unido caíram e, como consequência, centenas de milhares de pessoas estão a ser notificadas para cumprir isolamento. A partir desta segunda-feira o uso de máscara e outras medidas de …

O lago mais improvável de Roma é um refúgio urbano (que impulsiona o ativismo ambiental)

O lago mais improvável de Roma, que nem sequer devia existir, motivou uma luta pela proteção ambiental do local. No anos 90, num local de construção a apenas alguns quilómetros a leste do Coliseu de Roma, …

Afeganistão. EUA lançam ataques aéreos enquanto Talibãs exigem a renúncia do Presidente

Os Estados Unidos (EUA) entraram num confronto pela cidade de Kandahar, realizando ataques aéreos em apoio às forças afegãs, enquanto os Talibãs apelam ao Presidente Ashraf Ghani para renunciar. O porta-voz do Pentágono, John Kirby, avançou …

A primeira casa impressa em 3D no Canadá é inspirada na sequência de Fibonacci

Depois de ter inspirado inúmeros edifícios, a sequência de Fibonacci serviu de musa à empresa de impressão em 3D Twente Additive Manufacturing (TAM), que criou a primeira casa impressa em 3D do Canadá. A Fibonacci House é …

Marcha do Orgulho de Budapeste será um protesto contra as leis anti-LGBTQI, diz organização

A marcha do Orgulho em Budapeste, que ocorrerá no sábado, será "uma celebração, mas também um protesto", disseram os organizadores, enquanto a comunidade LGBTQI húngara se prepara para desafiar a escalada da campanha anti-homossexual do …

PSD propõe máximo de 215 deputados e divisão de grandes círculos eleitorais

O PSD apresentou, esta sexta-feira, a sua proposta para a reforma do sistema eleitoral, que fixa um máximo de 215 deputados, menos 15 do que o total atualmente em vigor. A proposta do PSD para a …

Variante Lambda: o que saber sobre a nova mutação que preocupa as autoridades

Está a ter um foco mais circunscrito à América Latina, mas já houve dois casos desta mutação em Portugal. A OMS está atenta e de momento classifica a Lambda como uma variante de interesse. Foi inicialmente …

PSD força audição de Eduardo Cabrita sobre inquérito da IGAI

O PSD recorreu à figura da audição potestativa a que os partidos têm direito a usar regimentalmente para ouvir membros do Governo e entidades públicas.  O PSD requereu esta sexta-feira a audição parlamentar obrigatória do ministro …