A luz acaba de ganhar uma nova propriedade

Uma equipa internacional de cientistas, liderada por especialistas da Universidade de Salamanca (USAL), em Espanha, anunciou ter descoberto uma nova propriedade da luz relacionada com a capacidade de acelerar ou desacelerar a velocidade de rotação de um feixe de luz, revelou um novo estudo. 

“É uma nova propriedade que até agora não tinha sido observada”, afirmou a física ótica da USAL, Laura Rego, que é também a autora principal do estudo, citada em comunicado.

De acordo com a nova publicação, cujos resultados foram este mês publicados na revista científica Science, a nova propriedade da luz – a que os cientistas chamaram “auto-torque” – sustenta que um feixe de luz tem a capacidade de alterar a sua rotação por si só.

Em meados de 1992, os cientistas descobriram que um feixe de luz poderia ter um momento angular orbital, ou seja, o feixe de luz é capaz de se torcer à medida que se propaga, estando cada fotão a circular à volta do centro do feixe.

Agora, o novo estudo vem defender que o feixe de luz não só se pode torcer como também é capaz de controlar a velocidade de rotação. Este movimento, segundo explicam os cientistas, pode forçar uma torção sem que sejam necessárias forças externas.

Rego frisou o feito inédito da sua equipa: “É a primeira vez que alguém previu e até observou esta nova propriedade da luz”, assegurou, citada na mesma nota.

A cientista, em declarações ao jornal espanhol El País, compara a nova descoberta a um condutor que move as duas mãos em sentidos diferentes para girar o volante. “Previmos teoricamente e observamos de forma experimental que o mesmo é possível com feixes de luz. Podemos mudar a velocidade de rotação, ou seja, mudar o momento angular da luz, algo que até agora não havia sido feito”, exemplificou.

Sob condições apropriadas, o feixe tem a capacidade de acelerar ou desacelerar a sua rotação por si só – esta é a nova propriedade da luz, que se junta agora às mais antigas, como a intensidade (ou amplitude) e o comprimento de onda.

A investigação, que contou com a colaboração de cientistas da Universidade do Colarado, nos Estados Unidos, e do Instituto de Ciências Fotónicas, em Espanha, pode ter aplicações futuras para o estudo e manipulação de átomos, proteínas, moléculas e até vírus, aponta ainda o diário espanhol.

A descoberta poderá ainda ser utilizada para armazenar uma maior quantidade de informação na luz que se utiliza nas telecomunicações, permitindo a criação de dispositivos tecnológicos mais pequenos e rápidos, aponta a National Geographic.

SA, ZAP //

PARTILHAR

RESPONDER

"Não ficaria surpreendido com um regresso de Ronaldo ao Real Madrid"

O internacional português José Fonte revelou que não ficaria surpreendido com um eventual regresso de Cristiano Ronaldo ao Real Madrid. "Sei que o [Cristiano Ronaldo] ama Madrid, isso é certo. É claro que adora o …

Robôs substituem estudantes em cerimónia de graduação no Japão

Impedidos de estarem na sua cerimónia de graduação por causa do novo coronavírus, estudantes japoneses marcaram presença com a ajuda de robôs. Com as universidades fechadas devido à pandemia de covid-19, muitos foram os estudantes universitários …

Governo flexibiliza prescrição eletrónica de medicamentos

Esta quinta-feira, foi publicado em Diário da República o decreto-lei que cria o regime excecional de prescrição eletrónica de medicamentos durante o estado de emergência. O Governo criou um regime excecional de prescrição eletrónica de …

Médicos imigrantes impedidos de ajudar a combater o coronavírus nos EUA

Devido às regras dos vistos, muitos médicos imigrantes estão a ser proibidos de ajudar a combater a pandemia de covid-19 fora do hospital em que trabalham. Os Estados Unidos continuam a sentir em força as consequências …

Espanha insiste em emissão conjunta de dívida europeia "a médio prazo"

A ministra da Economia espanhola diz que o acordo alcançado pelo Eurogrupo "fazia falta", mas insiste que haja emissão conjunta de dívida europeia "a médio prazo". O Parlamento espanhol aprovou, entretanto, a renovação do estado …

Hyundai apresenta conceito de novo elétrico conduzido com joysticks

A Hyundai apresentou o conceito para um novo veículo, chamado Prophecy. O carro elétrico não é guiado pelo tradicional volante, mas sim por dois joysticks. As feiras automóveis estão todas interrompidas devido à pandemia de covid-19, …

Hospital da Cruz Vermelha excluído da rede de combate à pandemia

O Hospital da Cruz Vermelha não vai integrar a "rede covid", criada em resposta à pandemia do novo coronavírus, anunciou esta quinta-feira o executivo, realçando que esta decisão é tomada porque, face à situação atual, …

Coronavírus. Luvas de látex são perigosas quando não utilizadas corretamente

Quase como acontece com as máscaras, caso não sejam utilizadas corretamente, as luvas descartáveis de látex podem ser perigosas, ajudando a disseminar mais facilmente o vírus. A pandemia de covid-19 despertou grande interesse de como as …

Bloco de Esquerda "não vai aceitar austeridade" no pós-pandemia

A coordenadora nacional do Bloco de Esquerda diz que "não vai aceitar austeridade" em 2021, após a pandemia da covid-19, e garantiu que, pelo seu partido, "não faltará maioria" para ajudar Portugal a sair de …

Em Canonica d'Adda, homens e mulheres têm dias diferentes para ir às compras

A presidente da câmara de uma pequena cidade da Lombardia, Canonica d'Adda, em Itália, decidiu que homens e mulheres terão dias diferentes para fazer compras, visando limitar a multidão nas lojas e lutar contra a …