Luxemburgo condena Estado português a pagar 20 mil euros por despedimento ilegal

A Justiça luxemburguesa condenou o Estado português ao pagamento de várias indemnizações, num total de cerca de 20 mil euros, no caso do despedimento ilegal de uma empregada doméstica a trabalhar na residência do embaixador português no Luxemburgo.

O Tribunal do Trabalho do Luxemburgo deu razão à queixa de “despedimento abusivo” à data de 2 de janeiro de 2019 interposta por uma empregada na residência do embaixador António Gamito, declarando fundamentado o pedido de pagamento de uma indemnização por despedimento de 9.566 euros, assim como o pagamento de férias de 96,63 euros e ainda o pagamento de uma indemnização por danos morais de 10 mil euros.

A sentença, datada de 3 de fevereiro, condena assim o Estado português, representado pelo seu embaixador no Luxemburgo, a pagar à assistente de residência a soma de 19.663,18 euros, com juros. A queixosa reclamava um total de indemnizações no valor de 115,8 mil euros.

“O que está em causa são os princípios. Nem que fosse um tostão”, afirmou Eduardo Dias, responsável do departamento de imigrantes da central sindical luxemburguesa OGBL, em declarações à Lusa.

“O Estado português, quando contrata pessoas no Luxemburgo, na França, na Alemanha, ou onde quer que seja, respeita as regras do país onde contrata as pessoas. Aliás, escreve isso nos contratos”, sublinhou o mesmo responsável, defendendo que “as regras da imunidade diplomática não foram feitas para explorar os trabalhadores“.

Por outro lado, o dirigente sindical recorda que “o Estado português não respeitava o salário mínimo“, e que “é verdade” que o mesmo “é hoje respeitado”, mas o Estado continua a “não respeitar a lei”. “Não é só o salário mínimo: o Luxemburgo tem regras em termos de indexação dos salários à inflação que continuam a não ser respeitadas. Ainda hoje, continua a haver outras pessoas que continuam a não ter o seu salário atualizado.”

O caso remonta ao final de 2018. A embaixada de Portugal no Luxemburgo começou por publicar um anúncio de um concurso para “assistente de residência”, assinado pelo embaixador António Gamito, em funções desde outubro desse ano, e publicado em 29 desse mês no site da Embaixada.

A remuneração era fixada no anúncio em 1.874,19 euros ilíquidos por mês, um valor inferior ao salário mínimo para pessoas não qualificadas, que era à data de 2.048,54 euros mensais.

De acordo com o aviso, a embaixada abriu concurso ao abrigo do programa de regularização extraordinária de vínculos precários na administração pública, mas a empregada, que exercia funções nos serviços diplomáticos no Luxemburgo desde 1993, recusou assiná-lo.

O artigo 222-10 do Código do Trabalho do Luxemburgo estabelece que os empregadores que paguem remunerações inferiores ao salário mínimo luxemburguês “são passíveis de multa entre 251 e 25 mil euros“, um valor que pode subir para o dobro, até 50 mil euros, “em caso de reincidência no prazo de dois anos”.

O Decreto-lei 47/2013, de 5 de abril, que regula o regime jurídico-laboral dos trabalhadores dos serviços periféricos externos do Ministério português dos Negócios Estrangeiros, prevê, no artigo 2.º, que lhes sejam aplicadas as “normas imperativas locais”.

O decreto regulamentar n.°3/2013, de 8 de maio, que estabelece tabelas remuneratórias para os trabalhadores externos do MNE, determina como remuneração mínima no Luxemburgo 1.874,19 euros, um valor que estava acima do salário mínimo luxemburguês na altura em que o diploma foi publicado, em 2013, que era nessa altura de 1.846,51 euros.

No preâmbulo do mesmo diploma, precisa-se que estas remunerações são adaptadas “em função das especificidades do local onde são prestadas as atividades, designadamente o respeito pelos salários mínimos obrigatórios”.

ZAP // Lusa

PARTILHAR

RESPONDER

Maduro anuncia "gotas milagrosas" 100% eficazes contra a covid-19

Este domingo, o Presidente venezuelano Nicolás Maduro apresentou um suposto medicamento desenvolvido no país que descreveu como "gotas milagrosas", 100% eficazes contra a covid-19. O Presidente da Venezuela, Nicolás Maduro, apresentou este domingo umas gotas que …

Associação de Juízes pede urgência na aprovação de lei sobre suspensão de prazos processuais

A Associação Sindical dos Juízes Portugueses (ASJP) pediu esta segunda-feira ao Governo e ao parlamento a "maior urgência" na aprovação da proposta de lei que determina a suspensão dos prazos nos processos judiciais não urgentes. Segundo …

Marisa Matias e João Ferreira ficam sem subvenção pública

As candidaturas de João Ferreira e Marisa Matias não vão receber a subvenção pública para financiar as suas campanhas eleitorais, uma vez que ficaram abaixo dos 5%, a fasquia imposta pela lei para ter acesso …

Misericórdias de Viseu apelam ao bom senso na vacinação

O presidente do secretariado regional de Viseu da União das Misericórdias disse esta segunda-feira à agência Lusa que na vacinação contra a covid-19 “tem de haver bom senso” e explicou que, quando sobram vacinas, “têm …

Quatro futebolistas e presidente do Palmas morrem em queda de avioneta no Brasil

Quatro futebolistas e o presidente do Palmas morreram ontem num acidente de aviação a caminho de Goiânia, onde a equipa da quarta divisão brasileira ia defrontar o Vila Nova na Taça Verde. "Lamentamos informar que não …

Marcelo bate recorde de Mário Soares. É o primeiro a ganhar em todos os concelhos

Marcelo Rebelo de Sousa foi o primeiro candidato a ganhar todos os concelhos numas eleições presidenciais em democracia. O candidato a Presidente da República e reeleito para o cargo, Marcelo Rebelo de Sousa, ganhou a votação …

Portugal regista mais 252 mortes e 6.923 casos de covid-19

Portugal registou, esta segunda-feira, mais 252 mortes e 6.923 novos casos de infeção pelo novo coronavírus, segundo o boletim epidemiológico da Direção-Geral da Saúde (DGS). De acordo com o boletim epidemiológico divulgado pela Direção-Geral da Saúde, …

Pintor Francisco Gaia morre aos 87 anos

O pintor e escultor Francisco Gaia, que realizou exposições nos Estados Unidos, Holanda e Portugal, morreu no sábado, em Vila Franca de Xira, aos 87 anos, vítima de covid-19, disse a família à agência Lusa …

"El Chapo asiático", um dos traficantes mais procurados do mundo, detido em Amesterdão

Tse Chi Lop, o líder do The Company, uma rede criminosa que domina um mercado ilegal de drogas em toda a Ásia, avaliada em mais de 70 mil milhões de dólares, foi detido na sexta-feira …

Bernardo Silva desmente treinador Renato Paiva e atira: "Depois do ingrato, impaciente"

Bernardo Silva recorreu neste fim-de-semana às redes sociais para desmentir as declarações de Renato Paiva, treinador da formação do SL Benfica, que afirmou que o internacional português não teve paciência para esperar pela sua oportunidade …