As luas de Saturno são parecidas com raviólis e batatas (e agora sabemos porquê)

As estranhas formas das luas internas de Saturno, que se assemelham a raviólis e batatas, podem ser explicadas por fusões de minúsculas luas.

A sonda Cassini, que estudou Saturno de perto durante 13 anos, revelou que as pequenas luas próximas ao planeta tinham formas estranhas e irregulares, ao contrário da forma esférica da nossa Lua. Alguns exemplos dos formatos bizarros são a forma de ravióli das luas Pan e Atlas, ou a forma de batata da lua Prometeu.

Investigações anteriores haviam proposto maneiras segundo as quais essas mesmas luas se teriam formado. Mas o que este estudo tem de diferente é que sugere uma explicação capaz de explicar também estas formas tão incomuns.

A pesquisa, liderada por Adrien Leleu, da Universidade de Berna, teve como base a realização de simulações computacionais da evolução das luas, levando em conta os poderosos efeitos da força gravitacional de Saturno.

A massa do planeta é 95 vezes maior do que a da Terra, e as luas internas de Saturno orbitam a uma distância de menos de metade daquela entre o nosso planeta e a nossa Lua.

Como tal, as luas internas de Saturno experimentam enormes forças. Além disso, a poderosa atração gravitacional do planeta torna improvável que as luas se tenham formado por acréscimo gradual de material em torno de um núcleo, que é o cenário padrão para a formação de corpos celestes.

Em vez disso, os cientistas descobriram que as luas internas de Saturno formaram-se, provavelmente, através de uma série de colisões entre minúsculas luas, conhecidas como “cenário piramidal” de formação de corpos celestes.

Se verdadeira e real, esta descoberta tem importantes consequências, porque investigações anteriores mostraram que o cenário piramidal poderia estar na origem da maioria das luas do Sistema Solar.

O tipo de colisão define o tipo de lua

As simulações revelaram que colisões quase frontais originavam objetos achatados semelhantes a raviólis, como as luas Pan e Atlas. Fusões envolvendo ângulos de impacto ligeiramente mais oblíquos resultavam em formas alongadas, como a lua Prometeu, parecida com uma batata.

As simulações revelaram ainda que o ambiente muito específico no qual se encontram as luas – muito perto de Saturno e do seus anéis, em órbitas quase perfeitamente circulares e quase todas no mesmo plano – torna as colisões frontais mais frequentes.

“Descobrimos que 20 a 50% das pequenas luas devem exibir uma forma achatada ou alongada, enquanto as restantes devem ter formas aleatórias”, explica Martin Jutzi, um dos autores do estudo publicado na Nature Astronomy.

“Considerando as seis luas internas (Pan, Atlas, Prometeu, Pandora, Janus e Epimeteu), as três primeiras exibem essas características, enquanto as outras têm formas aleatórias”, concluiu o investigador.

PARTILHAR

RESPONDER

Grande tempestade de areia pode ter ditado o fim de um império da Mesopotâmia

O Império Acádio da Mesopotâmia entrou em colapso devido a uma enorme tempestade de areia, sugeriu uma nova investigação levada a cabo por cientistas da Universidade de Hokkaido, no Japão. Em comunicado, os especialistas explicam …

Encontrado templo milenar usado em rituais pagãos de veneração da água

O local tem 3.000 anos, onde investigadores encontraram 21 sepulturas, bem como várias peças de cerâmica e anéis de cobre. O templo era usado em rituais pagãos de veneração da água. Uma equipa de arqueólogos encontrou …

Elon Musk diz que inovações da Neuralink vão conseguir curar o autismo

Musk disse que a sua empresa Neuralink iria "solucionar uma série de doenças neurológicas", entre as quais o autismo. Contudo, o autismo não é uma doença relacionada com o cérebro, mas sim uma perturbação do …

"Indivíduos desconhecidos" terão obrigado Marinha a apagar vídeo do incidente do USS Nimitz com um OVNI

Vários membros da Marinha que testemunharam o famoso Incidente do USS Nimitiz, em 2004, disseram que "indivíduos desconhecidos" apareceram depois do acontecimento e obrigaram-nos a apagar as gravações de vídeo. Em novembro de 2004, um porta-aviões …

Coreia do Norte detonou bomba atómica equivalente a 17 "Hiroshimas"

Dados de um satélite japonês revelam que a explosão de um teste nuclear na Coreia do Norte, em 2017, terá sido 17 vezes mais poderosa do que a bomba de Hiroshima. A Coreia do Norte estimou que …

Invenção financiada por Bill Gates pode invisivelmente resolver a malnutrição

Uma invenção financiada por Bill e Melinda Gates pode ser a solução para resolver o problema da malnutrição a nível mundial. O próximo passo é conseguir o apoio dos Governos locais. A malnutrição é um problema …

Com a ajuda de um radar, cientistas revelaram pegadas de mamutes e humanos pré-históricos

Espalhados pelo Monumento Nacional de White Sands, nos Estados Unidos, encontram-se os "rastos fantasma" de mamutes mortos há milhares de anos. Agora, investigadores conseguiram revelar pegadas de humanos. De acordo com o Science Alert, esta descoberta, …

A desertificação está progredir na Índia. Mas a solução pode estar no conhecimento tradicional

Quase 45% da área de Maharashtra está a transformar-se em deserto, assim como uma grande parte da Índia. De acordo com a Organização das Nações Unidas (ONU), o ritmo da desertificação no país é agora …

Um dos videojogos mais famosos do mundo é acusado de propaganda anti-Rússia

Call of Duty é uma das franquias de maior sucesso na história dos videojogos, mas atualmente existem pedidos para boicotar o seu último lançamento devido à descrição de conflitos militares do jogo. Call of Duty: Modern …

Nova aplicação rastreia todos os seus passos em troca de descontos

Todas as pessoas gostam de aproveitar descontos, negócios e saldos. A Miles é uma nova aplicação que lhe oferece isso em troca de algo: a sua privacidade. A app rastreia todos os seus movimentos, disponibilizando descontos …