Descoberto o local de nascimento do Sol na Via Láctea

Uma equipa internacional de cientistas desenvolveu um método para descobrir o local onde o Sol nasceu na nossa galáxia.

Segundo o Público, uma equipa internacional de cientistas, que inclui Vardan Adibekyan, que trabalha no Instituto de Astrofísica e Ciências do Espaço (IA), no Porto, encontrou uma forma de estimar os locais de nascimento das estrelas na Via Láctea.

Nos discos galácticos, as estrelas costumam afastar-se do seu local de nascimento, um fenómeno conhecido por “migração radial”. “Este movimento ao longo do diâmetro da galáxia dificulta o estudo da história de formação da Via Láctea, pois a migração radial é afetada por diversos parâmetros, dos quais se tem pouca informação”, explicam os investigadores do IA num comunicado.

No entanto, tal como explica o jornal, os cientistas conseguiram ultrapassar este obstáculo desenvolvendo um método para recuperar a história da migração das estrelas, usando as suas idades e composição química “como artefactos galácticos”.

Para este trabalho, cujos resultados foram publicados, no início de agosto, na revista científica Monthly Notices of the Royal Astronomical Society, a equipa utilizou uma amostra de cerca de 600 estrelas vizinhas do Sol observadas pelo espectrógrafo HARPS, instalado no telescópio de 3,6 metros do Observatório Europeu do Sul (ESO), no observatório de La Silla, no Chile.

(dr) IA

Simulação da Via Láctea vista de cima, com indicação dos locais de nascimento das estrelas deste estudo

“A equipa descobriu que as estrelas nasceram espalhadas por todo o disco galáctico, com as mais antigas a migrarem das zonas mais interiores do disco”, lê-se na mesma nota, adiantando que os resultados também foram obtidos graças à caracterização muito precisa da massa e metalicidade destas estrelas.

Esta interessante técnica é única, porque nos permitiu determinar o local de nascimento do nosso Sol”, considera Adibekyan, citado pelo jornal. “Descobrimos que a nossa estrela pode não ter vagueado pela galáxia tanto quanto pensávamos até agora e que a distância ao centro da galáxia ao local onde nasceu pode ser semelhante à distância que tem atualmente”.

Instituto Leibniz de Astrofísica de Potsdam, na Alemanha, que também esteve envolvido no estudo, dá mesmo o exemplo do Sol no seu comunicado. Tendo em conta a sua idade (4.600 milhões de anos) e a sua metalicidade, pode-se estimar que o Sol nasceu cerca de dois mil anos-luz mais perto do centro da Via Láctea do que atualmente está.

“No futuro, este método pode ser aplicado a medições de alta qualidade da missão da Agência Espacial Europeia Gaia, que em conjunto com investigações espectroscópicas levadas a cabo em telescópios à superfície da Terra, permitirão um cálculo muito detalhado da história migratória das estrelas e do passado da Via Láctea”, explica Friedrich Anders, autor do mesmo artigo e investigador do instituto alemão, citado pelo Público.

ZAP //

PARTILHAR

RESPONDER

Ciclone mortal deixou uma praia da Índia coberta de ouro

Centenas de pescadores, mulheres e crianças no distrito de East Godavari, no estado de Andhra Pradesh, no sul da Índia, passaram o fim de semana a vasculhar a praia local em busca de ouro. Após o …

O Flamengo de Jorge Jesus foi "um mero acidente de percurso"

2019 foi uma exceção para a equipa brasileira que, depois de ter vencido (quase) tudo, neste ano já foi afastado da Taça do Brasil e da Libertadores: "O português foi embora e com ele toda …

Concorrência condena MEO a pagar 84 milhões por combinar preços com a NOWO

A Autoridade da Concorrência (AdC) aplicou uma coima de 84 milhões de euros à MEO por combinar preços e repartir mercados com a operadora NOWO nos serviços de comunicações móveis e fixas. “A Autoridade da Concorrência …

PEV quer reverter privatização dos CTT. PS admite todos os cenários

O Partido Ecologista “Os Verdes” (PEV) defendeu hoje, no parlamento, a “reversão da nacionalização” dos CTT, e ouviu o PS admitir “todos os cenários”. Numa declaração política no parlamento, o deputado José Luís Ferreira afirmou que, …

Voltar à normalidade "não está longe, mas não é já", avisa Pfizer

O administrador executivo da Pfizer, Albert Bourla, apelou na quarta-feira para que os governos de todo o mundo não reabram as suas economias demasiado depressa devido ao otimismo gerado pelas vacinas de covid-19. Bourla, de 59 …

Biden quer retomar acordo nuclear com o Irão, embora reconheça que será "difícil"

O vencedor das eleições presidenciais norte-americanas, Joe Biden, pretende retomar o acordo nuclear com Irão antes mesmo de novas negociações, assumiu o democrata numa entrevista ao New York Times. Joe Biden afirmou, durante a campanha eleitoral, …

Processo de reprivaticação da Efacec atrasado devido à discussão do OE2021

Apesar de as avaliações no âmbito do processo de nacionalização e futura reprivatização da Efacec já estarem concluídas, o processo esteve condicionado pela discussão do Orçamento de Estado para 2021 (OE2021). De acordo com o Jornal …

Costa sobre vacinação: “Há uma luz ao fundo do túnel, mas o túnel é muito comprido e penoso”

O primeiro-ministro, António Costa, advertiu esta quinta-feira que o processo de vacinação terá imponderabilidades externas a Portugal, sendo também complexo ao nível interno, com as dificuldades a aumentarem quanto maior for o universo de cidadãos …

Alterações climáticas podem colapsar os sistemas de saúde, alertam especialistas

O quinto relatório anual da Lancet sobre saúde e clima revelou que todos os países enfrentam ameaças à saúde humana, "que se multiplicam e se intensificam" à medida que as alterações climáticas originam novas pandemias …

Obama, Bush e Clinton vão vacinar-se publicamente para encorajar os norte-americanos

Os ex-presidentes dos EUA Barack Obama, George W. Bush e Bill Clinton disseram que estão prontos para serem vacinados publicamente contra a covid-19, a fim de encorajar os seus concidadãos a fazer o mesmo. Obama disse …