Linha entre Porto e Vigo está eletrificada, mas comboios ainda trabalham a diesel

1

CP 592.2 do serviço “Celta”, que liga Porto e Vigo.

Embora o troço de linha férrea entre Porto e Vigo esteja totalmente eletrificado, os comboios do serviço internacional Celta, que liga duas vezes por dia as duas cidades, são movidos a gasóleo.

O Público contactou tanto a CP como a Renfe à procura de respostas relativamente a previsões para uma possível introdução de material elétrico naquele trajeto.

A empresa ferroviária portuguesa respondeu que “tem nos seus objetivos, logo que seja possível, a introdução de material elétrico”, sem, no entanto, apontar datas. Por outro lado, a operadora pública espanhola respondeu que “atualmente não há alterações sobre esse serviço”.

Ainda antes da eletrificação da linha do Minho até Valença, em 26 de abril de 2021, já os espanhóis tinham eletrificado o troço entre Guillarey e a fronteira de Tui. Isto fez com que a ligação entre Porto e Vigo ficasse totalmente eletrificada, embora o lado português tenha uma tensão de 25 mil volts com corrente alterna, enquanto o lado espanhol tem 3 mil volts em corrente contínua.

Apesar destas diferenças, seria possível circular eletricamente neste trajeto através de comboios bi-tensão, de que existem várias séries na frota da Renfe, realça o Público.

No entanto, a CP e a Renfe optaram por utilizar as automotoras UTD592, que, de acordo com o matutino, são atualmente o único material de passageiros a diesel que circula na linha do Minho.

As UTD592 são dos anos 80 e gastam 191 litros de gasóleo aos 100 quilómetros. Segundo contas da Associação Zero, o serviço Celta, feito através destas automotoras, consome 1.176 litros de gasóleo por dia e emite mais de mil toneladas de CO2 por ano.

Os passageiros queixam-se que estes comboios são desconfortáveis e têm elevados níveis de ruído e de vibração. Além disso, são mais lentos do que, por exemplo, o serviço de autocarros.

Dependendo das empresas, uma viagem de autocarro pode demorar entre 1 hora e 15 minutos e as 3 horas e meia. A viagem de comboio demora, por sua vez, 2 horas e 22 minutos.

Os preços dos autocarros variam entre os 10 e os 17 euros, mas por vezes é possível conseguir viagens a 5 euros. Os preços dos comboios são igualmente acessíveis: a viagem custa 11,95 euros, mas é possível conseguir bilhetes a 5,25 euros.

  ZAP //

1 Comment

  1. Eis senhores, em pleno século XXI, a única ligação de comboio para passageiros entre Portugal e Espanha. Uma lata velha com um serviço deplorável e uma velocidade ridícula, só para uns poucos nostálgicos da ferrovia de antenho.

Deixe o seu comentário

Your email address will not be published.