“E se te limitasses ao jogo?”: artigo sobre Cádiz-Valência origina protestos

A interrupção do duelo entre Cádiz e Valência foi analisada numa crónica muito contestada, no jornal Marca. Jornalista só escreveu uma linha sobre o jogo.

Desde a tarde de domingo que a imprensa desportiva em Espanha se centra no jogo de futebol entre Cádiz e Valência. Não propriamente no futebol jogado, mas na interrupção que se verificou, perto da meia hora da primeira parte.

O marcador apresentava um empate a um golo quando, após a disputa de uma bola pelo ar, Cala disse algo a Diakhaby e este começou logo a correr, protestando. Acabou por ver o cartão amarelo, explicando depois ao árbitro o que estava a acontecer – a acta do árbitro indica que Diakhaby contou que Cala lhe chamou “preto de m…”, mas nenhum elemento da equipa de arbitragem ouviu a conversa.

Valência abandona relvado em protesto contra insultos racistas a Diakhaby

Todos os elementos do Valência deixaram o relvado mas, cerca de 20 minutos depois, regressaram e o jogo sem continuou (com Cala mas sem Diakhaby em campo). O Valência informou em comunicado que o árbitro aconselhou os jogadores a regressarem, lembrando as sanções que poderiam ser aplicadas ao Valência, caso a partida terminasse ali: derrota por 6-0 e dedução de três pontos na classificação.

A “crónica”

«Ganha o Cádiz, perdemos todos» – este é o título da crónica do jogo, publicada no jornal Marca e assinada por Diego Picó.

O jornalista começa por escrever que só houve futebol durante 29 minutos. Tudo o resto “não importa”, lembrando que o Valência ainda decidiu voltar ao relvado mas a partir daí o futebol “se foi à m…”.

“O racismo é asqueroso”, escreve Diego Picó, que considera que foi “delirante” que o “agressor”, ou seja, Cala, tivesse continuado a jogar, enquanto o “agredido”, Diakhaby, saiu.

Falar do jogo é impossível. Além disso, não tenho vontade de o fazer”, acrescenta o jornalista espanhol, que classifica como “uma vergonha” o que aconteceu no recinto do Cádiz.

Um artigo com somente três parágrafos, todos dedicados à interrupção da partida e ao racismo. Numa nota final, num P.S., fica a indicação de que o Cádiz ganhou por 2-1, com o primeiro golo a ser apontado precisamente por Cala; Gameiro ainda igualou mas Mauro fechou o resultado.

Este resultado colocou o Cádiz no 13.º lugar do campeonato espanhol, com 32 pontos, menos um do que o Valência, que é 12.º classificado.

Os protestos

Qualquer artigo está sujeito a reações pouco simpáticas, sobretudo num jornal com a dimensão que o Marca tem. Mas esta crónica terá batido recordes, nos últimos anos. Poucas horas depois do jogo, já se contabilizavam cerca de 300 comentários – e a direção do jornal apagou vários, segundo os utilizadores.

“Isto é uma crónica ou um comentário de bar?”, questiona-se. Outro utilizador coloca esta crónica no top-10 dos piores artigos de sempre do jornal.

Há leitores que pedem que Diego Picó seja castigado, por ter publicado “do pior que já se viu” no Marca. Uma crónica “medíocre e ridícula”, uma “vergonha”, com tudo que está no “politicamente correto“.

Uma ideia generalizada é visível nos comentários: Diego Picó deveria ter dado prioridade à presunção de inocência, em vez de publicar este “linchamento”, utilizando a expressão de um leitor. “Ninguém sabe a verdade”, ou “não há provas”, recordam outros utilizadores.

Um artigo “para o lixo”, ou ainda “puro teatro”, escrevem outros. “Dizes que falar do jogo é impossível. Além disso, não tens vontade de o fazer – se dissesses isso ao teu chefe, noutro trabalho qualquer, serias logo despedido“, lê-se. “Este senhor Diego Picó não fez o seu trabalho: a crónica do jogo”.

Outros reagiram com humor: “Ele tomou a vacina ou o quê?”, pergunta um leitor, enquanto outro sugere que o Prémio Nobel da Paz seja entregue a Diego Picó. “Não me apetece trabalha, a Semana Santa foi muito dura”, lê-se noutro comentário.

Sem humor, um leitor deixou um aviso ao jornalista: “Se eu fosse o Cala, apresentaria uma denúncia contra ti por injúrias e para que, na próxima vez, penses bem antes de acusares sem saber”.

O mesmo Diego Picó foi o responsável pela manchete do jornal desta segunda-feira:

No site do diário espanhol, o artigo correspondente já ultrapassa os 700 comentários…

Nuno Teixeira Nuno Teixeira, ZAP //

PARTILHAR

RESPONDER

No funeral de Filipe, a família real não vai usar uniformes militares "para evitar envergonhar Harry"

No funeral do duque de Edimburgo os membros da família real não vão usar uniformes militares. A quebra na tradição é justificada como medida "para evitar envergonhar" o príncipe Harry. Segundo o The Sun, a decisão …

FBI diz que grupos radicais dos EUA têm fortes ligações com extrema-direita europeia

O diretor do FBI revela que os radicais norte-americanos são os que têm os laços internacionais mais vastos e que se têm deslocado para se encontrarem com outros ativistas. Os norte-americanos de extrema-direita e com motivações …

Nova espécie de pterossauro revela o polegar opositor mais antigo de sempre

Cientistas descobriram uma nova espécie de pterossauro que viveu durante o período Jurássico e que subia às árvores graças aos seus polegares opositores. Esta característica nunca tinha sido observada nestes animais. De acordo com a rede …

Devido ao sucesso da vacinação, Israel põe fim à obrigatoriedade de uso de máscara no exterior

As autoridades israelitas anunciaram hoje que a partir do próximo domingo acabará a obrigatoriedade de uso de máscara no exterior, medida no quadro do levantamento progressivo das restrições ligadas à pandemia de covid-19. Na primavera de …

A rainha Isabel de Castela ficou conhecida por cheirar mal (mas novos documentos põem fim aos mitos)

A famosa rainha Isabel I de Castela, em Espanha, era conhecida por lavar-se pouco e cheirar mal. Contudo, documentos recém-descobertos mostram que possuía uma quantidade enorme de perfumes de grande valor. Isabel I financiou a viagem …

Instagram testa opção que permite ocultar ou mostrar o número de likes

O Instagram vai começar a testar uma nova opção que dá aos seus utilizadores a possibilidade de esconder os likes recebidos nas publicações. Em 2019, a empresa começou por forçar esta mudança, aplicando-a a alguns utilizadores …

Atlético de Madrid: o que aconteceu a João Félix e companhia?

Equipa de Diego Simeone tinha vantagem confortável sobre os dois maiores rivais e, em pouco tempo, só ganhou metade dos pontos que poderia ter ganhado. Ainda lidera mas tem três adversários muito perto. Em Portugal, no …

EUA impõe novas sanções e expulsam dez diplomatas russos. Moscovo promete resposta “inevitável”

O Governo dos EUA anunciou hoje novas sanções financeiras contra a Rússia e a expulsão de 10 diplomatas russos, em resposta a recentes ataques cibernéticos e à interferência na eleição presidencial de 2020 atribuída a …

Rede 5G pode transmitir energia elétrica e substituir baterias

Os investigadores descobriram uma maneira inovadora de explorar a capacidade das redes 5G, transformando-as numa “rede elétrica sem fios” de modo a alimentar dispositivos de Internet das Coisas (IoT) que precisam de baterias para funcionar. Os …

Itália vai enviar réplica de David de Michelangelo para o Dubai

No final de abril, Itália vai enviar uma réplica em tamanho real do famoso David de Michelangelo, feita com impressoras 3D, para a Exposição Universal do Dubai, que se irá realizar de 1 de outubro …