Ligadura regenerativa cura rapidamente pequenas feridas sem medicamentos

(dr) Universidade de Northwestern

Agora, pequenas feridas ou arranhões, que para diabéticos podem ser um grave problema e até levar a amputação, podem ser tratados com uma ligadura regenerativa.

Desenvolvida pela Universidade Northwestern, de Evanston, no estado de Illinois, Estados Unidos, a ligadura cura rapidamente pequenas feridas que para pessoas diabéticas são muitas vezes dolorosas e difíceis de tratar sem o uso de medicamentos.

Testes realizados pelos cientistas mostraram que a ligadura curou feridas de diabéticos 33% mais rapidamente do que pensos existentes atualmente no mercado. “A novidade é que identificamos um segmento de uma proteína na pele que é importante na cicatrização das feridas”, explica Guillermo Ameer, da Universidade de Northwestern.

“Fabricámos o segmento e incorporámo-lo numa molécula antioxidante que se auto-agrega à temperatura do corpo para criar uma estrutura que facilita a capacidade do corpo de regenerar o tecido no sítio de uma ferida”, continuou o líder da investigação.

A ligadura não implica o uso de medicamentos nem fatores externos que aceleram a cura. Em vez disso, aproveita o poder de cura do próprio corpo humano. Os cientistas admitem assim que não usar medicamentos pode estar para muito em breve no mercado.

Segundo a investigação, cujos resultados foram publicados na Proceedings of the National Academy of Sciences, o método de tratamento é especialmente indicado para aplicação em diabéticos. Ainda assim, pode ser usado para tratar qualquer tipo de ferida aberta.

A diabetes pode provocar danos nos nervos que levam a dormências nas extremidades do corpo. Uma pequena ferida pode, por isso, passar despercebida porque a pessoa nem sabe que a tem. A circulação sanguínea também é mais lenta, o que dificulta a cicatrização das feridas.

A equipa considera que o “segredo” desta ligadura está na laminina, uma proteína encontrada na maioria dos tecidos do corpo humano. Os investigadores envolvidos no estudo identificaram um segmento de laminina que é fundamental no processo de cicatrização das feridas. Depois de identificado, os cientistas isolaram-no para o sintetizar em laboratório.

O passo seguinte foi incorporar a proteína numa ligadura de hidrogel antioxidante, também desenvolvida em laboratório. A natureza antioxidante da ligadura contraria a inflamação enquanto que o hidrogel é termicamente reativo, pelo que solidifica ao ficar exposto à temperatura do corpo, adaptando-se à forma exata da ferida.

Até agora, a equipa de Guillermo Ameer não encontrou nenhum efeito colateral adverso em modelos animais.

ZAP // NewAtlas / Lusa

PARTILHAR

RESPONDER

Primeiro-ministro da Arménia acusa militares de tentativa de golpe de Estado

O primeiro-ministro da Arménia referiu-se hoje a "tentativa de golpe de Estado" depois de o Estado Maior ter pedido o afastamento do governo num contexto de protestos por causa da derrota no último conflito com …

EUA condenam Coreia do Norte a indemnizar militares torturados em 1968

A Justiça dos Estados Unidos (EUA) condenou Pyongyang a indemnizar em 2,3 mil milhões de dólares (cerca de dois mil milhões de euros) os tripulantes de um navio da Marinha norte-americana, que foram capturados e …

Ex-gestores do Novo Banco seguem para Banco do Fomento e para CGD

Os gestores Vítor Fernandes e Jorge Freire Cardoso, que saíram do Novo Banco em divergência com a estratégia da Lone Star, vão desempenhar as funções de presidente do Banco de Fomento e de administrador na Caixa …

EUA acusado de prometer contrapartidas a Cabo Verde pela extradição de testa-de-ferro de Maduro

O antigo juiz espanhol Baltasar Garzón, que coordena a defesa de Alex Saab, detido em Cabo Verde e considerado testa-de-ferro do Presidente venezuelano Nicolás Maduro, acusou na quinta-feira os Estados Unidos (EUA) de prometerem contrapartidas …

Bispo italiano sugeriu a padre que pagasse 20 mil euros a vítima de pedofilia

O bispo católico de Como, em Itália, afirmou ter sugerido a um jovem padre suspeito de pedofilia que pagasse 20 mil euros à suposta vítima para encerrar uma investigação interna ao caso ocorrido numa residência …

Governo reforça financiamento de projetos LGBTI com 50 mil euros

O Governo vai reforçar em 50 mil euros o financiamento de projetos de organizações que atuem na defesa dos direitos das pessoas lésbicas, gays, bissexuais, trans e intersexo (LGBTI), anunciou o gabinete da secretária de …

CDS pede ao Governo "um plano de desconfinamento controlado, à inglesa"

Francisco Rodrigues dos Santos quer que o Executivo apresente um plano de desconfinamento que permita a retoma da atividade de alguns setores. Esta sexta-feira, o presidente do CDS-PP insistiu na necessidade de o Governo apresentar um …

Para os idosos que estão em lares, visitar a família sem isolamento poderá acontecer em maio

A CNIS estima que, com todos os idosos residentes em lares vacinados, maio possa ser o mês da libertação depois de mais de um ano de pandemia, confinamentos e restrições apertadas. DGS diz que orientações …

UE retalia e declara chefe da missão venezuelana "persona non grata"

A União Europeia (UE) decidiu, esta quinta-feira, declarar a chefe da missão venezuelana em Bruxelas persona non grata, respondendo ao anúncio feito por Caracas de dar 72 horas à embaixadora comunitária para abandonar o país. "Por …

Novo problema num Boeing 777 leva a aterragem de emergência na Rússia

Um Boeing 777 da companhia aérea russa Rossiya fez uma aterragem de emergência em Moscovo, esta sexta-feira, devido a um problema de motor, uma semana depois de um incidente semelhante com um aparelho do mesmo …