A ligação entre dormir mal e Alzheimer é ainda mais assustadora do que pensávamos

De acordo com uma pesquisa americana da Washington University School of Medicine, o sono fragmentado, marcado por despertares repetitivos durante a noite e uma necessidade de fazer sestas durante o dia, pode ser um sinal precoce da doença de Alzheimer.

No estudo publicado no JAMA Neurology no final de janeiro, adultos com memórias saudáveis que tinham ritmos circadianos – ciclos de sono – interrompidos tinham mais acumulações de proteína placa amiloide, sendo que essa acumulação é uma das características do Alzheimer.

Estudos anteriores já tinham mostrado uma ligação entre dormir mal e o desenvolvimento de Alzheimer ou demência. A nova evidência indica que essa ligação é mais complexa do que pensávamos e que a interrupção do sono pode ser um sinal de alerta do desenvolvimento da condição.

O dano que causa perda de memória associada ao Alzheimer pode começar 15 ou 20 anos antes dos sintomas se tornarem evidentes.

Os cientistas rastrearam os ciclos de sono de 189 adultos cognitivamente saudáveis com idade média de 66 anos. Também analisaram os cérebros para conferir a acumulação de proteínas e placas relacionadas com a doença de Alzheimer.

A maioria dos participantes tinha ciclos de sono relativamente normais, e 139 não apresentavam sinais de acumulação da proteína amiloide. Algumas dessas pessoas tinham problemas de sono, explicados principalmente por idade, apneia ou outras causas.

Porém, 50 sujeitos no estudo, cujos cérebros possuíam proteínas relacionadas com o Alzheimer, tinham interrupções nos seus ciclos circadianos.

“As pessoas no estudo não estavam privadas de sono. Mas o seu sono tinha tendência a ser fragmentado. Dormir oito horas à noite é muito diferente de ter oito horas de sono divididas em sestas diurnas”, explicou o principal autor do estudo, Erik Musiek, num comunicado de imprensa.

Os mesmos cientistas, num estudo anterior, interromperam os ritmos de sono de camundongos e descobriram que isso levou a uma acumulação de placa amiloide nos cérebros.

Outros grupos de pesquisa também chegaram a conclusões semelhantes, mostrando que pessoas que relatam dormir mal têm mais sinais da doença de Alzheimer e que mesmo uma noite mal dormida pode levar a um pico nas proteínas relacionadas com a doença.

Para deixar isso bem claro, dormir mal ocasionalmente não leva à doença de Alzheimer. Mas o sono parece estar relacionado com a condição de alguma forma, o que pode ser uma motivação para que as pessoas tentem consertar os maus hábitos.

A grande questão que ainda temos que responder é se dormir mal causa a acumulação da proteína ligada à doença de Alzheimer, ou se as pessoas cujos cérebros já estão a mudar por causa da doença têm mais problemas para dormir. É bem possível que ambas as hipóteses sejam verdadeiras.

Já sabemos que o sono tem uma função de limpeza no cérebro. Durante o sono profundo, o cérebro elimina algumas proteínas que se acumulam regularmente. Mas também sabemos que, uma vez que essas acumulações existem, as pessoas têm dificuldade em conseguir esse sono profundo de limpeza.

Por outras palavras, o mau sono regular pode levar a um ciclo vicioso que dificulta o descanso que o cérebro precisa.

O lado positivo de tudo isso é que intervir para corrigir problemas de sono precocemente pode, quem sabe, levar a uma melhor saúde cerebral. Enquanto novos estudos são necessários para confirmar essa hipótese, o que não falta são motivos para tentar ter boas noites de sono desde já.

PARTILHAR

3 COMENTÁRIOS

  1. E neste «país do CANECO»/REPÚBLICA DOS BANANAS, apesar de (só) em 2011 ter sido transcrita a legislação europeia sobre a prescrição de BENZODIAZEPINAS de 1994 (norma 055/2011 da Direção Geral de Saúde) estas continuam a ser prescritas E/A ser vendidas nas farmácias SEM RECEITA médica «para relaxar» e «para dormir» QUANDO ESTÁ CIENTIFICAMENTE DEMONSTRADO QUE PROVOCAM FRAGMENTAÇÃO DO SONO, DIMINUIÇÃO das %s de SONO REM E SONO LENTO PROFUNDO, de modo tão selvagem que PORTUGAL É O PAÍS que mais benzodiazepinas consopme per capita na U.E.! E Há muitos trabalhos científicos que comprovam encurtamento da duração da vida E precocidade+prevalência de DEMÊNCIAS «tipo Alzheimer» nos consumidores dessas drogas legais.
    Só mais uma «achega»: o efeito dessas drogas sobre a condução de veículos é TÃO NEFASTA QUANTO A DO DO ÁLCOOL!
    E tudo istp «à balda» no PAÍS DO CANECO!

RESPONDER

Há uma pequena galáxia a orbitar a Via Láctea (e ninguém sabe como foi lá parar)

Segue 1 é o nome da pequena galáxia que orbita muito perto da Via Láctea. O corpo celeste é fraco e de pequenas dimensões, tendo surpreendidos os cientistas - pois ninguém sabe ao certo como …

Morreu o virtuoso guitarrista português Phil Mendrix

Filipe Mendes, mais conhecido por Phil Mendrix, faleceu esta segunda-feira. A notícia foi confirmada pela página oficial do músico português no Facebook. Phil Mendrix, um dos mais virtuosos guitarristas nacionais, morre com apenas 70 anos. O …

Finalmente, a Matemática desvendou quem escreveu "In My Life" dos Beatles

Mais de 50 anos depois da criação da música "In My Life", um dos sucessos dos Beatles, a Matemática concluiu quem foi o autor da canção, depois de tanto John Lennon como Paul McCartney reclamarem …

Com 14 anos Ethan ainda não pode votar, mas já é candidato a governador nos EUA

Ethan Sonnebord ainda não pode votar, mas, aos 14 anos, é candidato do Partido Democrata ao cargo de governador do estado de Vermont, nos Estados Unidos. Ao contrário do que acontece na grande maioria dos estados …

China tenta travar divórcios com “período de reflexão”

Tribunais em toda a China estão a começar a impor aos casais que se querem divorciar um período de espera, de entre duas semanas e três meses, visando travar o aumento no número de separações. Segundo …

Descobertos novos geóglifos que podem reescrever história da Amazónia

Novos geóglifos descobertos no estado brasileiro do Acre reforçam a ideia de que havia uma numerosa população milenar e hierarquizada na Amazónia 2.500 anos antes da chegada dos europeus. Estes dados podem “reescrever” a história …

Ministro da Noruega demite-se após violar regras de segurança em viagem ao Irão

Per Sandberg foi obrigado a demitir-se por ter infringido as regras de segurança do Governo ao não informar sobre uma viagem privada ao Irão e por ter levado o telemóvel profissional. O ministro das Pescas norueguês, …

Bomba de 220 quilos da Segunda Guerra Mundial desativada em França

Uma bomba inglesa de 220 quilos, datada da Segunda Guerra Mundial, encontrada no fim de junho em Rouen, no noroeste de França, foi neutralizada neste domingo, anunciaram as autoridades locais. A operação foi realizada por agentes …

Agência do Ambiente pondera aplicar multas por ruído

A Agência Portuguesa do Ambiente (APA) está a analisar a aplicação de multas para o incumprimento das regras do ruído, obrigando as grandes cidades e infraestruturas de transportes a ter mapas e planos estratégicos para …

Pelo menos dois mortos e um milhão de pessoas afetadas por inundações nas Filipinas

Pelo menos duas pessoas morreram e uma desapareceu nas Filipinas devido a inundações que afetam mais de um milhão de pessoas após a passagem da tempestade tropical Yagi, informaram esta segunda-feira as autoridades. O centro e …