Procura-se: licenciados por 120 euros por mês para estágios

A Universidade de Aveiro está a anunciar, no seu portal de estágios e saídas profissionais, oportunidades de emprego para licenciados com uma remuneração mensal de 120 euros. Uma situação “inconcebível”, acusa o Bloco de Esquerda.

O Jornal de Negócios dá conta do desconforto dos bloquistas com este caso, divulgando o teor da pergunta que os deputados Moisés Ferreira e Luís Monteiro endereçaram ao Ministério da Ciência, Tecnologia e Ensino Superior a propósito da situação.

Em causa estão dois anúncios publicados no site do Gabinete de Estágios e Saídas Profissionais (GESP) da Universidade de Aveiro (UA), para estágios na área do Design Gráfico e da Comunicação que referem uma remuneração mensal de 120 euros.

O Negócios realça que os anúncios visam “recrutar bacharéis e licenciados na área de Design, ou indivíduos com Curso de Especialização Tecnológica na área do Design de Calçado e Marroquinaria, durante seis meses, com um vencimento de 120 euros mensais”.

Este anúncio é inconcebível“, salientam os deputados do Bloco de Esquerda (BE), considerando que “mais inconcebível ainda é o facto de um gabinete de uma universidade pública estar a divulgar tais anúncios”, como cita o Negócios.

“A remuneração de 120 euros por um estágio é um insulto a qualquer bacharel ou recém-licenciado”, acusam os bloquistas, frisando que “é a promoção da precariedade e exploração mais abjecta”.

A título de comparação, o Bloco lembra os valores pagos pelos estágios profissionais realizados ao abrigo do Instituto de Emprego e Formação Profissional (IEFP), designadamente de 600 euros mensais para quem tenha um Curso de Especialização Tecnológica, e de 707 euros mensais para os licenciados. A estas verbas acrescem ainda, os subsídios de refeição e o seguro de acidentes de trabalho.

Deste modo, o Bloco apela à retirada dos referidos anúncios e recomenda à UA que “defina critérios exigentes para a admissão e divulgação de ofertas de estágio e de emprego”, com o intuito de garantir a “protecção dos direitos laborais dos estudantes e ex-estudantes”.

ZAP //

PARTILHAR

5 COMENTÁRIOS

  1. devem-se ter esquecido de um “0” = 1200 € só pode, senão é melhor ir trabalhar/estagiar p/ caixa de supermercado, pelos menos ganha o salario mínimo…

  2. Não sei onde está o problema, um dos estágios em questão é estágio curricular, não é profissional (vi a oferta 7075) e estágios curriculares por norma não são remunerados e dependendo do plano curricular são obrigatórios ou facultativos.

    Quem me dera a mim no meu estágio curricular ter recebido 120EUR/mes nos 6 meses que trabalhei lá ao menos já ajudava nas despesas.

    Mais uma meia noticia em que não questionam, nem explicam o porque desse valor ser apresentado.

RESPONDER

Afinal comer um ovo por dia é mau outra vez

Afinal, comer um ovo por dia não é assim tão bom para a saúde como estudos recentes sugeriam. O maior consumo de ovos e colesterol pode aumentar o risco de doenças cardíacas e de morte …

Na Colômbia, há um "arco-íris líquido" que é descrito como a 8ª maravilha do mundo

Escondido nos confins da Serra da Macarena, na Colômbia, está o rio Caño Cristales. De dezembro a maio, o curso de água é como outro qualquer, apesar de estar rodeado de um dos ecossistemas mais …

Com uma nova interface neural, a telepatia já é possível

Uma equipa internacional de cientistas deu um passo adiante no desenvolvimento de interfaces neuronais para propor uma interface que envolve a transferência de informação entre as pessoas diretamente. As interfaces cérebro-computador podem melhorar as habilidades individuais …

Bombeiros profissionais ameaçam deixar de prestar serviço voluntário nas corporações

Os bombeiros voluntários das associações humanitárias admitem deixar de prestar serviço voluntário nas corporações, caso a Liga dos Bombeiros Portugueses continue por concluir o acordo coletivo de trabalho, que está em negociação há mais de …

Baleia encontrada morta nas Filipinas com 40 quilos de plástico no estômago

Uma baleia foi encontrada morta na sexta-feira, na costa sudeste das Filipinas, com 40 quilos de plástico no estômago, informou a imprensa local. O cetáceo, uma baleia-bicuda-de-cuvier, apareceu na sexta-feira à beira-mar no município de Mabini, …

Macron convoca reforços após novos confrontos de coletes amarelos

A nova manifestação de "coletes amarelos", no sábado, registou distúrbios violentos na capital francesa. Como resposta, o presidente francês Emmanuel Macron convocou um reforço das forças de segurança. O dia de sábado marcou mais um protesto …

Pedidos de nacionalidade portuguesa aumentaram 50% em dois anos

Nos últimos dois anos, o número de pedidos de nacionalidade portuguesa aumentou cerca de 50%, avança o jornal Público esta segunda-feira. Se em 2016 foram 117.629 os cidadãos estrangeiros que pediram a nacionalidade portuguesa, em 2018 …

Não há democracia na Coreia do Norte? "É uma opinião", diz Jerónimo

Jerónimo de Sousa evitou classificar o regime de Kim Jong-un em termos "de ser ou não ser" uma democracia. A Coreia do Norte é ou não uma democracia? "É uma opinião", respondeu Jerónimo de Sousa. Numa …

Afinal, o esparguete à bolonhesa não existe

Quando se trata de refeições italianas clássicas, a maioria das pessoas pensa em pratos simples como uma pizza Margherita, lasanha e esparguete à bolonhesa. Contudo, segundo Virginio Merola, presidente de Bolonha, em Itália, o esparguete à bolonhesa …

Javalis tomaram o lugar dos coelhos. "Muitos animais estão doentes"

Para já, não há perigo de saúde pública, mas os javalis carregam doenças que podem passar a outros animais. Se antes se matavam mil coelhos, abatem-se agora 10 javalis. Jacinto Amaro, presidente da Fencaça - Federação …