Letão faz primeiro salto de para-quedas a partir de um drone

Saltar de para-quedas poderá tornar-se em breve bastante mais acessível e económico – graças à ajuda dos drones.

É habitual associar os drones a pequenas máquinas frágeis, com dimensões reduzidas e autonomias que mal dão para que os utilizadores se divirtam. Mas nem todos os drones se enquadram nesta classificação.

A empresa letã Aerones, especializada na construção de drones para transporte de cargas com peso elevado, decidiu demonstrar a capacidade elevando um para-quedista a algumas centenas de metros no ar, para realizar o primeiro salto de para-quedas de um humano a partir de um drone.

A proeza foi conseguida pelo skydiver letão Ingus Augstkalns, que foi elevado a uma altitude de 330 metros pelo superdrone de 3.2 metros com 16 motores, capaz de transportar uma carga de até 200 kg e com uma autonomia de 10 minutos.

“Claro que havia algum risco em fazer isto pela primeira vez, mas foi tão divertido!”, disse Augstkalns à AFP. “Foi como brincar no recreio quando era criança”.

Para o CEO da Aerones, Janis Putrams, que assumiu o controlo remoto do drone, “agora já não precisamos de helicópteros para fazer skydive. Isto torna possível fazer saltos a partir de qualquer local – na cidade, em deserto ou na montanha”.

Este é mais um pequeno salto de para-quedas para um homem, mas um gigantesco passo na história do transporte de humanos em drones, depois de o ano passado a chinesa Ehang ter apresentado na CES o Ehang 184, o primeiro drone capaz de levar passageiros.

Embora haja aplicações óbvias desta abordagem, por exemplo no salvamento de pessoas em locais que sejam inacessíveis a outro tipo de veículos ou aeronaves, não é difícil imaginar que possamos estar perante um novo meio de transporte – possivelmente com um modelo tipo Uber, mas em versão “Mary Poppins”… pelo ar.

PARTILHAR

RESPONDER

Catarina Martins diz que Carlos Costa "não tem condições" para ser governador

Catarina Martins, líder do Bloco de Esquerda, disparou contra aqueles que considera serem "cúmplices" do "assalto ao povo angolano". Tanto a Justiça como o Governo português têm de agir, considera o Bloco de Esquerda, na sequência …

Pedro Sánchez vai reunir-se com líder do governo regional catalão

O primeiro-ministro espanhol e líder do Partido Socialista Operário Espanhol (PSOE), Pedro Sánchez, anunciou na segunda-feira que se reunirá com o líder do governo regional da Catalunha, Quim Torra, no início de fevereiro. Em entrevista à televisão …

Governo confirma que nunca avaliou impacto dos vistos gold. Só 5% foram recusados

O Ministério da Administração Interna (MAI) confirmou que não foram realizadas avaliações ao impacto dos vistos gold e que não cabe ao Serviço de Estrangeiros e Fronteiras (SEF) controlar as origens do capital investido em …

Conselho de Finanças Públicas alerta para "risco de desvio significativo" no ritmo de ajustamento estrutural

O Conselho das Finanças Públicas (CFP) alerta para um "risco de desvio significativo" do ritmo de ajustamento estrutural da economia portuguesa em 2020, avisando que a evolução programada da despesa no OE2020 "não cumpre o …

Carolina Salgado condenada a pena de quatro meses de prisão, substituída por multa de 600 euros

Carolina Salgado não cumpriu sentença do processo de difamação a Pinto da Costa. Além das 300 horas de trabalho comunitário devia ter publicado o texto da sentença no jornal e não o fez. Carolina Salgado foi …

Taiwan deteta primeiro paciente com pneumonia originária da China

A Agência Central de Notícias de Taiwan disse que uma mulher, que esteve recentemente na cidade chinesa de Wuhan, está a ser tratada e foi colocada sob quarentena, depois de se ter dirigido voluntariamente aos …

PSP investiga alegada agressão de um agente a uma mulher na Amadora

A Polícia de Segurança Pública (PSP) abriu um processo de averiguações sobre a atuação policial contra uma mulher que foi detida, no domingo, na Amadora, ocorrência que envolveu "agressões" e que resultou numa denúncia contra …

Ex-presidente da Interpol condenado a 13 anos e meio de prisão por suborno

O ex-presidente da Interpol Meng Hongwei foi condenado a 13 anos e meio de prisão por suborno, segundo uma declaração de um tribunal chinês divulgada esta terça-feira. Além da pena de prisão, foi multado em …

Condutor que atropelou mortalmente irmã de Djaló condenado a 16 anos de prisão

O Tribunal de Almada condenou, esta terça-feira, a 16 anos de prisão o condutor acusado do atropelamento mortal de uma jovem de 17 anos nas Festas da Moita, no distrito de Setúbal, em setembro de …

Tribunal Arbitral do Desporto mantém jogo à porta fechada na Luz

O Tribunal Arbitral do Desporto (TAD) considerou improcedente o recurso do Benfica ao castigo de disputar um jogo à porta fechada, uma decisão que vai ser alvo de recurso do clube. Fonte oficial do Benfica confirmou, …