/

No Jurássico, havia um réptil voador com a boca cheia de “dentes vampiro”

Paleontólogos da Universidade de Portsmouth descobriram os restos fossilizados de uma nova espécie de réptil voador do Jurássico.

A nova espécie, chamada Klobiodon rochei, pertence a uma antiga ordem de criaturas voadoras conhecidas como pterossauros. O réptil alado viveu há aproximadamente 167 milhões de anos e tinha uma envergadura de dois metros.

Os seus restos fossilizados vieram da Formação de Calcário Taynton de Stonesfield, Oxfordshire, em Inglaterra. “Klobiodon é-nos conhecido há séculos, arquivado numa gaveta de museu e visto por dezenas ou centenas de cientistas, mas o seu significado tem sido negligenciado porque foi confundido com outra espécie desde o século XIX”, disse o paleontólogo Michael O’Sullivan em comunicado.

“A mandíbula de Klobiodon rochei é conhecida, mas tem uma configuração dentária única que permite distingui-la de outros pterossauros”, afirmam os paleontologistas da Universidade de Portsmouth, Michael O’Sullivan e David Martill, que publicaram o seu estudo na revista Acta Palaeontologica Polonica.

Klobiodon rochei tinha presas enormes, semelhantes a dentes de vampiro, com até 2,6 centímetros de comprimento, quando poucos pterossauros tinham dentes.

“Provavelmente era uma criatura parecida com uma gaivota ou uma andorinha-do-mar – um animal costeiro que pescava peixes e lulas usando os seus enormes dentes e engolindo-os inteiros”, disseram os investigadores. “As suas grandes presas ter-se-iam unido para formar uma gaiola, da qual poucos conseguiria escapar assim que Klobiodon rochei os tivesse apanhado”.

Klobiodon rochei e outros pterossauros de Stonesfield viviam ao lado de um dos mais famosos e importantes dinossauros do mundo, o megalossauro predatório, o primeiro dinossauro já descrito cientificamente.

À época, como os níveis globais do mar eram mais altos e o mundo era muito mais quente, a Grã-Bretanha jurássica era uma série de grandes ilhas tropicais.

  ZAP // Live Science

Deixe o seu comentário

Your email address will not be published.