Jovem rastreou o jato particular de Musk. O homem forte da SpaceX terá oferecido 5 mil dólares para parar

Bret Hartman, TED / Flickr

Elon Musk, CEO da Tesla, SpaceX e Neuralink

Foi no Twitter que tudo aconteceu. Elon Musk enviou uma mensagem a Jack Sweeney, de 19 anos, sobre os registos dos movimentos do seu jato privado.

@ElonJet é uma das 15 contas de rastreio de voo que Jack Sweeney criou, geridas por bots que o estudante universitário de 19 anos programou que monitorizam dados de tráfego aéreo disponíveis publicamente.

O localizador de Elon Musk é o mais popular, com mais de 95 mil seguidores na rede social.

Segundo o site Protocol, o fundador da Tesla e da SpaceX terá enviado uma mensagem privada ao jovem, no outono passado, com uma oferta de 5 mil dólares para apagar a conta que publica todos os dados de rastreio do seu jato privado. “Não gosto da ideia de ser baleado por um maluco”, terá dito Musk.

Sweeney fez uma contraproposta, pedindo ao empresário para acrescentar um zero ao valor (50 mil dólares). “Há alguma hipótese de aumentar para $50.000? Seria um grande apoio na faculdade e possivelmente permitir-me-ia arranjar um carro talvez até um Model 3.”

De acordo com o portal, Elon Musk terá dito que ia pensar no assunto, mas, até agora, não pagou um cêntimo a Sweeney. A conta ainda está a funcionar.

Sweeney chegou a explicar a Musk onde encontrava os dados e o empresário ficou surpreendido com o quão acessível é toda a informação. “O controlo de tráfego aéreo é tão primitivo“, terá comentado o milionário.

Na semana passada, o jovem voltou a enviar uma mensagem a Musk, na qual dizia preferir um estágio em vez do pagamento monetário.

O empresário não abriu a mensagem, mas Sweeney não ficou ofendido: “Penso que ele está de férias no Havai”.

  ZAP //

Deixe o seu comentário

Your email address will not be published.

PUBLICIDADE
PUBLICIDADE