Jovem de 18 anos que matou dois homens em protestos contra racismo absolvido

Tannen Maury / EPA

O adolescente norte-americano Kyle Rittenhouse, que matou dois homens e feriu um terceiro em 2020, durante protestos anti-racismo e contra a violência policial em Kenosha, no Estado norte-americano do Wisconsin, foi hoje absolvido de todas as acusações.

O veredito foi anunciado ao final da tarde desta sexta-feira, depois 26 horas de deliberações por parte dos 12 jurados selecionados. Segundo os jurados, o argumento de Rittenhouse, que alegou legítima defesa, prevaleceu sobre a acusação.

Os jurados decidiram ainda que o jovem não poderá ser considerado culpado das outras quatro acusações – homicídio e tentativa de homicídio.

Rittenhouse, de 18 anos, poderia ter sido condenado a prisão perpétua, pena pedida pela acusação, se tivesse sido considerado culpado da mais grave acusação de que era alvo: homicídio qualificado.

Era ainda acusado de homicídio, tentativa de homicídio e de colocar em risco a segurança pública, por matar dois homens e ferir um terceiro com uma arma semiautomática, durante uma noite de protestos antirraciais no tumultuoso verão de 2020.

  // Lusa

Deixe o seu comentário

Your email address will not be published.