Jovem de 17 anos agredida na escola por três menores institucionalizadas

Uma aluna de 17 anos foi alegadamente agredida por outras três estudantes, também menores, no interior da Escola Tecnológica Artística e Profissional (ETAP) de Viana do Castelo que já abriu um inquérito ao caso.

“A escola abriu um procedimento disciplinar para apurar o que se passou e tomará as medidas adequadas à situação”, refere à Lusa o diretor da ETAP, Paulo Alves.

“A Escola Segura, com quem temos uma colaboração estreita, tomou conta da ocorrência e levou a identificação de todas as jovens envolvidas neste caso”, acrescenta o responsável.

Paulo Alves, que se escusou a especificar o número de jovens relacionada com a alegada agressão, ocorrida durante a manhã de terça-feira, dentro das instalações da ETAP, no Campo da Agonia, em Viana do Castelo, adiantou que “são todas menores”.

Logo após o sucedido, “a escola prestou o auxílio devido à jovem que foi acompanhada ao hospital por uma funcionária do estabelecimento de ensino”, acrescenta o director da ETAP.

“Não eram visíveis sinais exteriores de agressão, mas a jovem estava emocionalmente alterada e achamos por bem que recebesse assistência hospitalar”, explica.

A jovem já recebeu alta hospitalar e chegou a ir às aulas na tarde de terça-feira. Mas nesta quarta-feira, irá permanecer em casa e, na quinta-feira, regressará à escola para ser ouvida.

“Vamos conduzir este processo com toda a tranquilidade”, especifica Paulo Alves.

O segundo comandante da PSP, Raul Curva, referiu que o caso vai ser participado ao Tribunal de Família e Menores e à Comissão de Proteção de Crianças e Jovens em Risco, tratando-se de um caso em que as agressoras são “três raparigas que estão institucionalizadas”.

Contactada pela agência Lusa, a administração da Unidade Local de Saúde do Alto Minho escusou-se a prestar esclarecimentos sobre o caso.

ZAP // Lusa

PARTILHAR

2 COMENTÁRIOS

  1. Portugal está cada vez mais seguro e depois esta história de menor idade para jovens com esta idade a cometerem por vezes crimes horríveis é de facto uma liberdade de se lhe tirar o chapéu.

  2. “três raparigas que estão institucionalizadas”… Viu-se bem o resultado de estarem “institucionalizadas”. Nem quero imaginar o que fariam se não estivessem! De que adianta institucionalizar se não se vigia?

RESPONDER

Japão declara guerra aos fax (e quer acabar com o tradicional carimbo Hanko)

Depois de ser escolhido como ministro da reforma administrativa, o primeiro-ministro Taro Kono não perdeu muito tempo a travar uma guerra contra os emblemas da burocracia japonesa. De acordo com o Japan Times, na sexta-feira passada, …

2020 regista descida de acidentes rodoviários, mortos e feridos durante os primeiros 8 meses

O número de acidentes rodoviários, de vítimas mortais e de feridos diminuiu nos primeiros oito meses deste ano, em relação ao período homólogo de 2019, indica um relatório da Segurança Rodoviária. A Autoridade Nacional de Segurança …

Suspeito do ataque junto ao Charlie Hebdo acusado de tentativa de homicídio

O suspeito de ferir gravemente duas pessoas, na passada sexta-feira, à porta da antiga redação do semanário Charlie Hebdo, em Paris, foi acusado de "tentativa de homicídio relacionada com motivação terrorista", segundo a AFP. A informação …

SNS24 encaminhada crianças para a urgência "sem critério clínico", diz Ordem dos Médicos do Centro

A Ordem dos Médicos do Centro lamentou hoje que a linha SNS 24 esteja a encaminhar crianças "sem critério clínico" para as urgências hospitalares e pediu a definição urgente de "um plano seguro e com …

13 de outubro em Fátima com lotação reduzida a 6.000 fiéis

O Santuário de Fátima estima a presença de seis mil pessoas no recinto durante a peregrinação de 12 e 13 de outubro, estando prevista a colocação de círculos no chão, que reforçará a distância entre …

Jovem de 22 anos detido por suspeitas de burla de milhares de euros no MB Way

A Polícia Judiciária (PJ) deteve um indivíduo, de 22 anos, suspeito de diversos crimes de burla informática, falsidade informática, acesso ilegítimo e branqueamento de capitais, estando em causa um montante de dezenas de milhares de …

Nagorno-Karabakh. Alta Comissária da ONU insta a um "cessar-fogo imediato"

A Alta Comissária da ONU para os Direitos Humanos manifestou, esta terça-feira, a sua preocupação face ao aumento das hostilidades entre o Azerbaijão e os separatistas arménios no enclave de Nagorno-Karabakh, instando as partes a …

Rio duvida que país consiga investir verba prevista para setor público

O presidente do PSD, Rui Rio, manifestou esta quarta-feira dúvidas de que o país consiga investir toda a verba prevista pelo Governo no plano de recuperação para a administração pública, prometendo que o documento social-democrata …

MP acusa três inspetores do SEF de homicídio de imigrante ucraniano

O Ministério Público acusou esta quarta-feira três inspetores do SEF do homicídio qualificado de um cidadão ucraniano, ocorrido a 12 de março no Centro de Instalação Temporária do Aeroporto de Lisboa. Segundo uma nota da Procuradoria …

UE prepara lei que obriga gigantes tecnológicas a partilhar dados

A União Europeia (UE) está a preparar-se para forçar as gigantes tecnológicas a partilharem os dados que têm dos consumidores com empresas rivais menores, de acordo com uma nova lei que a Comissão Europeia está …