John Oliver compra dívidas de saúde e perdoa 15 milhões a 9 mil pessoas

John Oliver, apresentador do programa “Last Week Tonight”, fez este fim de semana a maior oferta na história da televisão: perdoou dívidas de saúde avaliadas em 14,9 milhões de dólares a nove mil norte-americanos.

O apresentador da HBO expôs no seu programa deste domingo as práticas imorais da indústria de recuperação de crédito malparado, explicando como as empresas de recuperação de crédito malparado compram pacotes de dívida por uma percentagem pequena do seu valor total.

O “Last Week Tonight” mostrou uma reportagem sobre as dívidas dos norte-americanos, destacando casos em que doentes em estado grave foram confrontados com contas hospitalares astronómicas não cobertas pelos seguros.

A gestão de crédito malparado passa pelas mãos de várias empresas sem que a informação sobre a dívida seja verificada, chegando a ameaças aos devedores, às suas famílias ou até aos animais de companhia.

John Oliver explica que criou uma empresa de recuperação de dívidas, com sede no Mississipi, e comprou por 60 mil dólares um pacote de dívidas de saúde de 9 mil pessoas do Texas, avaliadas em 15 milhões de dólares.

Mas ao contrário de uma empresa normal de recuperação de crédito, Oliver decidiu simplesmente não cobrar as dívidas adquiridas.

Em vez de cobrarmos este dinheiro, porque não perdoá-lo?“, perguntou Oliver, antes de anunciar que ia perdoar estas dívidas, batendo o recorde de Oprah Winfrey da maior oferta na história da televisão.

Dito e feito. 9 mil norte-americanos estão 15 milhões menos pobres, e tire-se o chapéu a John Oliver!

ZAP

PARTILHAR

5 COMENTÁRIOS

  1. Ainda existe seres humanos c/ coração e compaixão. Bem hajam. Era muito bom que fossem muitos mais. Quem tem muito não custa assim tanto ajudar a quem tem tão pouco.

  2. Já denunciei esta situação há 2 anos, uma empresa de gestão de activos comprou crédito de cobrança difícil a um banco (1,2 milhões de Euros) por 10 % do seu valor, ou seja 120.000 euros. Tinha uma divida com esse banco de 55.000 euros e propus pagar 33%, o banco não aceitou mas vendeu a minha divida por 10% do seu valor.
    Quem me explica isto?…….

  3. Senhores jornalistas: José Rodrigues dos Santos, José Alberto Carvalho, Judite Sousa, Rodrigo Guedes de Carvalho, etc,etc, e até mesmo Senhores políticos da Nação: António Costa, Passos Coelho, Jerónimo Sousa, Catarina Martins, Assunção Cristas, etc, etc…
    Aqui têm um EXEMPLO explícito de como podem ajudar Portugueses e dar o exemplo! Basta copiar e fazerem o mesmo, com dinheiro do vosso bolso. Demonstrem com actos o que defendem com palavras.

  4. Propaganda.
    A unica coisa de informativo que aqui se denota é o facto de andarem a vender divida ao disbarato em todo o lado.
    Amanhã senhoras e senhores todos vós estarão na rua a pedir pão novamente á elite.
    vergonha de país e que vergonha de mundo que é necessário ver “programação” falaciosa do conglomerado judeu para se encantar emocionalmente e nada fazer em sua casa e na sua comunidade a mudança..

RESPONDER

Pandemia ameaça agricultura portuguesa. Cereais e setor do vinho em risco

Não é surpresa que alguns setores vão ser fortemente prejudicados pela pandemia de covid-19. A agricultura é um deles. Um grupo de trabalho criado pelo Governo - o Grupo de Acompanhamento e Avaliação das Condições de …

Governo dos Açores impõe cercas sanitárias em todos os concelhos de São Miguel

O Governo dos Açores decidiu fixar cercas sanitárias nos seis concelhos da ilha de São Miguel, para fazer face à pandemia de covid-19 na região, anunciou esta quinta-feira o líder do executivo. Ficam interditadas, segundo Vasco …

Espanha vai rastear mais de 40 milhões de telemóveis para enfrentar pandemia

Mais de 40 milhões de telemóveis vão ser rastreados em Espanha num estudo de mobilidade anónima que permitirá conhecer os movimentos da população entre territórios e contribuir para tomar decisões para enfrentar a pandemia causada …

Assistência a filho paga a 100% deixa de fora funcionários públicos inscritos na CGA

O pagamento a 100% do subsídio de assistência a filho que entrou em vigor este mês não abrange os funcionários públicos inscritos na Caixa Geral de Aposentações (CGA), revelou fonte oficial do Ministério da Administração …

Câmara do Porto quer isentar rendas de 257 estabelecimentos até junho

A Câmara do Porto vai propor a isenção total das rendas de 257 estabelecimentos situados em prédios municipais, no período de 18 de março a 30 de junho, no valor global de cerca de 112 …

Deslocações na Páscoa limitadas ao concelho de residência

O Governo vai limitar as deslocações dos portugueses durante o período de Páscoa aos concelhos de residência de permanência. De acordo com o Jornal de Notícias, que avança a notícia esta quinta-feira, entre a sexta-feira Santa …

"Dos mais novos no mundo a morrer." Bebé de seis semanas morre de covid-19 nos EUA

Morreu, nos Estados Unidos, um bebé de seis semanas, que estava hospitalizado desde o fim de semana, na sequência de uma infeção provocada pela covid-19. Um bebé de seis semanas, que estava hospitalizado desde o fim …

Reyes seguia a 187 km/h quando sofreu acidente mortal

O futebolista José Antonio Reyes conduzia a 187 km/h quando rebentou um pneu do carro, provocando o acidente que causou a morte ao antigo jogador do Benfica, indica o relatório pericial da Guarda Civil. A investigação …

OMS está "muito preocupada com o rápido aumento da infeção"

A OMS mostra-se preocupada com a evolução do número de infetados pelo novo coronavírus e pede o perdão da dívida para os países mais vulneráveis. O diretor-geral da Organização Mundial da Saúde (OMS) diz estar muito …

Cerco sanitário prolongado em Ovar. "Situação ainda não está controlada"

A Direção-Geral de Saúde decidiu prolongar a cerca sanitária no concelho de Ovar por mais 15 dias, avança o Jornal de Notícias esta quinta-feira. De acordo com o matutino, as autoridades de saúde vão permitir …