Jogos Olímpicos podem passar a ser organizados por várias cidades ou países

USAF / Wikimedia

O Comité Olímpico Internacional (COI) aprovou alterações à Carta Olímpica que passam a permitir a candidatura de um grupo de cidades, uma região ou país à organização dos Jogos Olímpicos.

Ao abrigo das alterações esta quarta-feira aprovadas na 134.ª assembleia do COI, que decorreu em Lausana, na Suíça, cai a obrigatoriedade de designar a cidade sede dos Jogos Olímpicos sete anos antes do evento.

O COI pretende dar prioridade a candidaturas que já tenham instalações desportivas e infraestruturas construídas e exige “um plano de legado sustentável” para todas as construções olímpicas.

As alterações à Carta Olímpica foram aprovadas por unanimidade numa altura em que o movimento vive uma crise em relação às candidaturas à organização de Jogos Olímpicos, sobretudo devido aos elevados custos que o evento acarreta.

Em 2017, só se apresentaram à organização dos Jogos Olímpicos de 2024 as cidades de Paris e Los Angeles, o que levou o COI a entregar essa edição à capital francesa e a oferecer à cidade norte-americana a edição de 2028.

Thomas Bach, presidente do COI, classificou as alterações como “uma evolução da revolução”, da Agenda 2020, um pacote elaborado pelo COI em 2014, que, entre outros aspetos, visa reduzir custos na organização dos Jogos Olímpicos.

Até 2028, os Jogos Olímpicos terão sido disputados em 44 cidades em 23 países, mas por cidades fora da Europa e América do Norte em apenas oito ocasiões. Os primeiros Jogos Olímpicos sediados fora dessas regiões foram em Melbourne 1956 e os primeiros em solo latino-americano foram as Jogos Olímpicos da Cidade do México.

Desde os Jogos Olímpicos de Seul, na Coreia do Sul, os jogos foram realizados na Ásia ou na Oceânia quatro vezes, um forte aumento em relação aos anteriores 92 anos de história olímpica moderna. Os Jogos de 2016 no Rio de Janeiro foram os primeiros em um país sul-americano. Até o momento nenhuma candidatura da África foi eleita, no entanto uma edição dos Jogos Olímpicos de Verão da Juventude está prevista para acontecer em Dakar, no Senegal, em 2022.

Os EUA já sediaram quatro Jogos Olímpicos de verão e quatro de inverno, mais que qualquer outra nação. Entre as nações sede dos Jogos Olímpicos de Verão, o Reino Unido, foi o anfitrião de três jogos, tornando Londres a primeira cidade a sediar por três vezes. Alemanha, Austrália, França e Grécia sediaram os Jogos Olímpicos de Verão por duas vezes até o momento.

Tóquio foi eleita sede dos Jogos de 2020, quando o Japão também sediará os Jogos Olímpicos de Verão pela segunda vez. Paris será a segunda cidade na história a sediar os Jogos por três vezes, após ser escolhido sede dos Jogos de 2024, sendo a sexta edição olímpica a ser sediada na França. Após ser escolhida como sede dos Jogos de 2028, a cidade de Los Angeles será mais uma a sediar os Jogos por três vezes.

Quanto às Jogos Olímpicos de Inverno, a França já sediou três jogos, enquanto Suíça, Áustria, Noruega, Japão, Itália e Canadá sediaram duas vezes cada um. Os jogos mais recentes foram realizados em PyeongChang, na Coreia do Sul em 2018, sendo a primeira vez que este país sediou os Jogos Olímpicos de Inverno. Com a eleição de Pequim como sede dos Jogos de 2022, tornar-se-á a primeira cidade a receber tanto Jogos Olímpicos de verão como de inverno.

ZAP // Lusa

PARTILHAR

1 COMENTÁRIO

  1. Nosso planeta Terra vem abrigando criaturas da era das cavernas. Enquanto a tecnologia avança quem tem olhos de ver obseva que o período paleolítico vem praticando a Tsantsa um ritual de encolher a cabeca dos mortos, que hoje nota-se que a pratica vem sendo aplicada no cérebro já de quase um todo da população!

RESPONDER

Detetado surto de covid-19 em lar do Barreiro. Há pelo menos 47 infetados

Um surto de covid-19 no Lar São José, no Barreiro, contabiliza 47 casos positivos e dois internamentos de idosos, mas a "situação está controlada", disse, este domingo, o delegado de saúde adjunto regional de Lisboa …

Índia regista recorde diário de mortes. Reino Unido atinge marca negra

O novo coronavírus continua a alastrar-se um pouco por todo o mundo. Enquanto alguns países estão a conseguir lidar com a pandemia de covid-19, outros estão a fracassar nessa tarefa. Este domingo, no total, registaram-se 6.106 …

"Um disparate". Presidente nega envolvimento na vinda de Juan Carlos para Cascais

O Presidente da República afirmou que “qualquer pessoa minimamente inteligente e sensata” perceberia que o chefe de Estado não se poderia envolver na questão do rei emérito de Espanha, classificando essa ideia como um "disparate". Em …

Plano do hidrogénio vai sair "muito caro" aos portugueses

Os fundadores da Tertúlia Energia defendem que o plano do hidrogénio do Governo tem várias lacunas e vai custar "muito caro" aos consumidores portugueses. Num artigo publicado no jonal ECO, os fundadores da Tertúlia Energia, Abel …

Governo vai lançar plano para salvar empresas viáveis em dificuldades (e perdoar juros ao Fisco)

O Governo vai lançar um plano para salvar empresas viáveis que será um novo mecanismo temporário para ajudar empresas que se encontrem em situação económica difícil ou em insolvência devido à pandemia. O plano, que se …

Fábio Silva a prazo no Dragão. Avançado deverá sair por 40 milhões

Fábio Silva deverá abandonar o FC Porto dentro dos próximos dias. O jovem avançado permitirá um encaixe de 40 milhões de euros para os cofres portistas. A saída de Fábio Silva do FC Porto parece praticamente …

"Há filhos e enteados?". Marques Mendes arrasa decisão "inacreditável" de realizar festa do Avante

Luís Marques Mendes criticou este domingo a realização da festa do Avante, considerando "inacreditável" que a habitual festa comunista seja realizada no atual contexto da pandemia de covid-19 em Portugal. No seu habitual espaço de …

Varandas só tem espaço para 24 jogadores. Metade será de Alcochete

Com o intuito de reduzir custos, o presidente sportinguista, Frederico Varandas, diz que quer um plantel com 24 jogadores para a próxima época. Cerca de metade são produtos de Alcochete. Frederico Varandas pretende encurtar o plantel …

Duas demissões no Governo do Líbano. Beirute ficou com cratera de 43 metros de profundidade

Duas demissões no Governo do Líbano foram anunciadas nas últimas horas depois da explosão no porto de Beirute que provocou pelo menos pelo menos 158 mortos, 6.000 feridos e dezenas de desaparecidos. A ministra da …

Benfica na corrida por Jan Vertonghen

A SAD encarnada está disposta a fazer alguns esforços pela contratação do futebolista belga que, neste momento, se encontra sem clube e a passar férias em Portugal. De acordo com o jornal Record, depois de a …