Jogos Olímpicos vão poder ter até 10 mil japoneses nas bancadas

Kimimasa Mayama / EPA

Tóquio 2020, medalhas dos Jogos Olímpicos no Japão

As autoridades japonesas decidiram permitir que até 10 mil espetadores possam assistir aos eventos dos Jogos Olímpicos Tóquio 2020 nas bancadas, mesmo reservando o direito de reverter a decisão.

Segundo o anúncio dos organizadores, as autoridades nipónicas manterão o direito de realizar as competições, espalhadas por diversos locais na capital, à porta fechada no caso de um novo surto de covid-19.

Os locais de competição poderão ter até 10 mil espetadores admitidos ou até 50% da sua lotação máxima.

De acordo com a BBC, os adeptos que estiverem nas bancadas não vão poder gritar ou falar alto e têm de usar sempre máscara.

A decisão, tomada ‘à revelia’ dos avisos de vários especialistas que defendiam bancadas vazias, foi tomada após uma reunião que juntou o Governo japonês, o Comité Organizador, o governo da cidade de Tóquio e responsáveis do Comité Olímpico Internacional (COI) e do Comité Paralímpico Internacional (CPI).

De resto, só público do Japão poderá assistir às provas em pavilhões e estádios, uma vez que já tinha sido tomada a decisão de não deixar entrar qualquer adepto no país durante o evento, que arranca no dia 23 de julho.

Na semana passada, o primeiro-ministro japonês, Yoshihide Suga, encorajou o público a assistir aos Jogos através da televisão.

O anúncio da presença de público acontece no dia em que é levantado o estado de emergência em Tóquio e outras regiões metropolitanas daquele país, passado um período mais complicado na gestão pandémica.

Ainda assim, mantêm-se em vigor restrições para prevenir contágios, sobretudo nas regras relativas a bares e restaurantes, num país com uma taxa de vacinação lenta e um número total de infeções relativamente baixo.

A população japonesa, e a da zona metropolitana de Tóquio, tem-se manifestado largamente contra a realização dos Jogos Olímpicos, de 23 de julho a 8 de agosto, com vários apelos também da comunidade médica, com Governo e COI determinados em manter o evento, adiado para este ano, como planeado.

Apesar de o cancelamento ou novo adiamento ainda reunir uma maioria, uma nova sondagem, realizada pelo diário Asahi Shimbun e revelada esta segunda-feira, mostra que o número de japoneses que aceitam a realização dos Jogos subiu.

Um terço dos inquiridos apoia Tóquio 2020 já este verão, comparado com 14% na mesma sondagem em maio.

Ainda segundo a BBC, no sábado, um atleta do Uganda foi o primeiro a testar positivo à covid-19 na chegada ao Japão.

Há uns dias, os organizadores dos Jogos Olímpicos e Paralímpicos de Tóquio 2020 estimaram que haverá cerca de sete casos por dia entre as pessoas envolvidas no evento.

ZAP // Lusa

PARTILHAR

RESPONDER

Novo Banco podia ter ganho 150 milhões a executar empresas de Vieira

O Novo Banco podia ter encaixado 150 milhões de euros ao executar as garantias das empresas de Luís Filipe Vieira, mas teria perdas e riscos significativos. A auditoria pedida pelo Fundo de Resolução chegou esta segunda-feira …

Tribunal Arbitral Internacional afasta Isabel dos Santos da Galp

A Sonangol foi declarada como única proprietária do investimento feito na Galp, segundo a sentença do Tribunal Arbitral Internacional. O Tribunal Arbitral Internacional afastou Isabel dos Santos da Galp. A posição indireta na petrolífera portuguesa era …

Criada ferramenta para ajudar a prever aumentos de covid-19 em países africanos

Uma equipa de investigadores criou uma ferramenta para ajudar a prever aumentos de casos de covid-19 em países africanos. Um dos obstáculos se estiver a tentar orientar as políticas e proteger as pessoas da covid-19 é …

Costa e Marcelo concordam em não fazer luto nacional por Otelo

Tanto o primeiro-ministro como Marcelo Rebelo de Sousa concordam em não abrir o precedente de fazer luto nacional de figuras militares. Dos militares de Abril, apenas Spínola teve direito por ter sido Presidente da República. O …

Lista de destinos a "evitar". Estados Unidos desaconselham viagens para Portugal

O Centro de Controlo e Prevenção de Doenças (CDC) dos Estados Unidos desaconselha os cidadãos norte-americanos a viajarem para Portugal. Os Estados Unidos incluíram novamente Portugal na lista de países em que recomenda a "evitar viajar", …

Tudo alinhado para a reunião no Infarmed. A ordem é para desconfinar

Governo, Presidente da República, partidos e especialistas voltam a sentar-se na sede do Infarmed para decidirem os passos seguintes. Atualização da matriz de risco, alívio no uso de máscara e fim das medidas e horários …

As camas têm tantos germes que são basicamente uma placa de Petri

Apesar de serem confortáveis e nos fazerem sentir relaxados, as camas não são muito diferentes de uma placa de Petri: há bactérias, fungos, vírus e até pequenos insetos. A combinação de suor, saliva, caspa, células mortas …

Astrónomo amador descobre mais uma lua de Júpiter

Kai Ly revisitou dados captados em 2003 pelo Telescópio Canadá-França-Havai (CFHT) e descobriu uma nova lua na órbita de Júpiter, que ganhou o nome provisório de EJc0061. Segundo a União Astronómica Internacional (IAU), Júpiter tem 79 …

Nova tecnologia microondas permite "ver" através das paredes

Investigadores do US National Institute of Standards and Technology (NIST), nos Estados Unidos, desenvolveram um novo sistema de radar que pode produzir imagens em tempo real de objetos que se encontram atrás de paredes ou …

Pizza para Itália e salmão para a Noruega. Emissora pede desculpa por imagens usadas nos Jogos Olímpicos

O canal de televisão sul-coreano MBC pediu desculpa publicamente após usar imagens para representar países durante a cerimónia de abertura dos Jogos Olímpicos de Tóquio. Fotos de pizza para a comitiva italiana, de salmão para a …