A representação de Jesus como um homem branco e europeu passou por um exame minucioso durante este período de introspeção sobre o legado de racismo na sociedade.

Enquanto os manifestantes pediam a remoção das estátuas de Confederados nos EUA, o ativista Shaun King foi mais além, sugerindo que murais e obras de arte que representassem “Jesus branco” deveriam ser retiradas.

As suas preocupações sobre a representação de Cristo e como ela é usada para sustentar noções de supremacia branca não são isoladas. Eruditos proeminentes e o arcebispo de Canterbury pediram para reconsiderar o retrato de Jesus como um homem branco, conta Anna Swartwood House, professora de História da Arte na Universidade da Carolina do Sul, num texto publicado pelo The Conversation.

Warner Sallmans

“Head of Christ” (1940), de Warner Sallmans

Algumas das representações mais conhecidas de Cristo, da “Última Ceia” de Leonardo da Vinci ao “Último Julgamento” de Miguel Ângelo na Capela Sistina, foram produzidas durante entre 1350 e 1600.

Mas a imagem mais reproduzida de todos os tempos de Jesus vem de outro período. É a “Cabeça de Cristo” de Warner Sallman, de 1940. Sallman, um antigo artista comercial que criou arte para campanhas publicitárias, vendeu com sucesso essa imagem no mundo inteiro.

Através de parcerias de Sallman com duas editoras cristãs, uma protestante e uma católica, a “Cabeça de Cristo” passou a ser incluída em tudo, desde cartões de oração a vitrais, pinturas a óleo falsas e calendários.

A pintura de Sallman culmina uma longa tradição de europeus brancos a criar e divulgar figuras de Cristo feitas à sua própria imagem.

À procura do rosto sagrado

Jesus provavelmente tinha os olhos castanhos e a pele de outros judeus do primeiro século da Galileia. Mas ninguém sabe exatamente como era Jesus. Não há imagens conhecidas de Jesus e, embora os reis Saúl e David do Antigo Testamento sejam explicitamente chamados altos e bonitos na Bíblia, há pouca indicação da aparência de Jesus no Antigo ou Novo Testamento.

Até esses textos são contraditórios: O profeta do Antigo Testamento Isaías lê que o futuro salvador “não tinha beleza nem majestade”, enquanto o Livro dos Salmos afirma que ele era “mais belo do que os filhos dos homens”.

As primeiras imagens de Jesus Cristo surgiram no primeiro ao terceiro século d.C., entre preocupações com a idolatria. Eles estavam menos interessados em capturar a aparência real de Cristo do que em esclarecer o seu papel como salvador.

Para indicar claramente esses papéis, os primeiros artistas cristãos costumavam confiar no sincretismo, o que significa que combinavam formatos visuais de outras culturas.

Jesus branco no estrangeiro

Enquanto os europeus colonizavam terras cada vez mais distantes, eles trouxeram um Jesus europeu com eles. Os missionários jesuítas estabeleceram escolas de pintura que ensinavam aos cristãos convertidos arte cristã no jeito europeu.

Um pequeno retábulo feito na escola de Giovanni Niccolò, o jesuíta italiano que fundou o “Seminário de Pintores” em Kumamoto, Japão, por volta de 1590, combina um santuário tradicional japonês em ouro e madrepérola com uma pintura de uma distintamente branca e europeia madona e o seu filho.

Na América Latina colonial, as imagens de um Jesus branco reforçavam um sistema de classes em que europeus cristãos brancos ocupavam o nível superior, enquanto aqueles com pele mais escura de mistura com populações nativas, eram consideravelmente inferiores.

PARTILHAR

24 COMENTÁRIOS

  1. Falta encaixar nesta narrativa a história das Virgens Negras que se encontram entre Portugal e a Polónia, para além de terem aparecido também no Novo Mundo.

  2. A esquerda radical não descansará enquanto não reduzir a civilização ocidental a destroços.
    Mas antes disso, a maioria silenciosa fará ouvir-se.

      • Científico?! Desde quando a existência de Jesus Cristo é científica se, naquele tempo, o nome de Jesus era comum entre as tribos judaicas e outros povos semitas. Não há dúvida, você desta vez carregou-lhe… era branco ou tinto?

        • Raul Vinagre, esqueça o branco e o tinto, isso faz-lhe mal.
          A existência de Jesus Cristo é um facto cientificamente comprovado. Informe-se melhor.

          • Não, Joana, não é um “facto cientificamente comprovado” – antes pelo contrário!!
            Já sabemos que “o ignorante é pouco tolerante”, mas tu exageras!…
            Praticamente todos os historiadores concordam que há uma grande probabilidade de Cristo nunca ter existido…
            .
            De qualquer modo, tal como eu referi, Cristo como o conhecemos foi uma invenção europeia!

            • Rasteja para debaixo do pequeno calhau donde saíste e fica lá tu mais a tua “sabedoria” que ainda sobra espaço… Já a tua arrogância e inaptidão social são estratosféricas, um gigante buraco do ozono.

            • Vc tem referências de todos esses historiadores ? Qual o material que eles geraram? Voce mesmo usou o termo probabilidade, logo há margem para outras probabilidades :). E se é um consenso que ele é tão insignificante e inexpressivo para a história da humanidade, porque não… substituir o ANO DOMINI?

      • O profeta Jesus existiu como homem. O ser filho de Deus é uma invenção, assim como todos os deuses são invenções dos homens.

  3. Antigamente na Europa só havia europeus por isso é normal que tenham desenhado o retrato de Jesus europeu não tem nada haver com o racismo, quem vê diferenças nos diferencias nos vários povos que existem eque é racista.

  4. https://pt.wikipedia.org/wiki/Nossa_Senhora_da_Concei%C3%A7%C3%A3o_Aparecida
    Não se preocupem, existem imagens sagradas da mãe de Jesus Cristo com a pele de várias cores.
    O espírito santo de Jesus Cristo falou com os seus apóstolos através de outros humanos. Sendo a família de Jesus originária da Galileia, Nazaré, não será dificil concluir que Jesus de Nazaré o Cristo provavelmente teria cor e feições características daquele povo. A cor das imagens não deveria ser alvo de discórdia pois existem várias representações diferentes. Aqueles que se dedicam a semear essa discórdia em torno desse assunto, não fiquem presos no passado, se são realmente seguidores de Jesus de Nazaré o Cristo, façam o que ele nos pediu, “amem-se uns aos outros como ELE nos amou.” Pois é, isso parecendo tão simples e pedido por ELE, poucos fazem. Discutir cores e ódios dá mais pica e muitas vezes mais protagonismo sem fazer bem a ninguém. Também podemos ficar a fazer acusações uns aos outros com base na história e erros passados, embora ELE tenha prevenido e ensinado que “assim como julgares, assim sereis julgados”.

    • “Jesus de Nazaré o Cristo provavelmente teria cor e feições características daquele povo.”

      Sendo a cor e feições caraterísticas daquele povo as caucasianas. O que os ignorantes modernos desconhecem é que não só os povos atuais do médio oriente são muito mais parecidos com europeus do que julgam, mas são até mais escuros do que seriam antes das invasões muçulmanas que provocaram migrações e mistura de povos do médio oriente e de áfrica.

      Temos todos os motivos para crer (de relatos da época a amostras de ADN) que os povos antigos do levante eram, pela nomenclatura moderna, brancos.

  5. A velha celeuma de novo. Que a nada levará.
    Pintem-no com as cores que vos aprouver, que ele não se importará. Até porque a cor que utilizardes será apenas a vossa cor!
    Quanto à sua origem longínqua, a cepa, em princípio, é a nossa e a dos restantes povos. Já as suas características físicas e mentais terão resultado da terra, da época, do clima e da cultura em que se fez como criatura pensante.

  6. Amai ao próximo como a ti mesmo.
    É isso que interessa na vida de Cristo, a mensagem.
    O resto é falta do que fazer na vida.

  7. Outra vez na berra a velha questão da tenez de pele de Cristo Jesus como se isso fizesse pura ou alguma diferença. A doutrina e os ensinamentos postos ao lado contudo querem re-batizar o enviado de “negro” “pele negra” .. Nem que para isso se trave a mais dura das batalhas .. Querem queimar a história, as estátuas, a doutrina e dar_lhe um novo aspecto .. Espera !!! Isso faz_me lembrar qualquer coisa ??? O que será?? Em que sonho passado despertei eu agora ??

    Não será melhor lutar contra a covid_19 e deixar simplesmente a vida viver para o presente virar passado e o futuro vir a acontecer ?? Ou vamos todas a voltar a trás e voltar a cometer os erros do passado com essa “apagar da história”

  8. A histeria dos racistas novamente à baila… Um “activista” (nome com que genericamente se auto-intitulam pessoas altamente fracassadas e frustradas que acham que os seus males são culpa dos outros) quer que a representação de Jesus branco seja retirada… Será certamente um iluminado, pois pelos vistos é a única pessoa do planeta que sabe como era Jesus… Mas existe alguma evidência que Jesus não possa ter sido, na verdade, branco? A zona do Médio Oriente é e sempre foi uma autêntica placa giratória onde confluem movimentos migratórios da Europa, Ásia e África, como uma grande praça por onde toda a gente passa. Ninguém pode saber o aspecto de quem por lá andava há 2 milénios atrás, e muito menos de uma pessoa em particular.

  9. A caracterização de imagética de Jesus na tradição europeia é de uma descriminação abominável. Aliás, como qualquer outra representação religiosa de caracteristicas raciais tendenciosas. Além das representações cristãs europeizadas, estes snowflakes deveriam abespinhar-se contra os budas orientais, os shiddarthas hindus. Reclamo o direito a um buda arborigine, um siddharta esquimó ou um lutero mongol.
    Ou há diversidade, ou comem todos!

  10. Apesar de não ser importante, saber a descrição física de Jesus, acho que ele não era branco. E, creio que era uma pessoa de gestos simples bem comum aos menos favorecidos da época e região.

  11. A cor das imagens não deveria ser alvo de discórdia pois existem várias representações diferentes em que Jesus aparece desde caucasiano de cabelos loiros e olhos azuis, passando por feições asiáticas e olhos alongados, até ao preto com olhos escuros e feições centro Africanas.
    Aqueles que se dedicam a semear a discórdia em torno desse assunto, não fiquem presos no passado, o mais importante são os ensinamentos e as mensagens que Jesus de Nazaré o Cristo, deixou.
    De todas as escrituras até agora encontradas, ninguém fez questão de o descrever fisicamente. Todos se concentraram em relatar como nasceu, como viveu, o que ensinou ou transmitiu, e como actuou perante a realidade, as dificuldades e as alegrias e até perante a morte. Acho que pode ter sido porque essa parte sim foi a que mais interessou registar. Mas realmente o que acham? É mais importante chegarmos a saber a sua cor de pele, altura, peso, cor dos olhos, comprimento do cabelo e da barba, ou Ler e Ouvir os seus ensinamentos de maneira a vivermos melhor com todos os Homens?
    Podemos começar por fazer o que ele nos pediu, “amem-se uns aos outros como ELE nos amou.”

  12. as pessoas que vivem no médio oriente são caucasianas, tem tons de pele um pouco mais escuros que os europeus, mas não deixam se caucasianos. quanto à representação de cristo sendo loiro e de olhos azuis tem como base o rosto do filho do papa borgia.

RESPONDER

Polícias voltam aos protestos por causa do subsídio de risco em dia de nova reunião com o Governo

Elementos da PSP e da GNR voltam esta quarta-feira aos protestos por causa do subsídio de risco, uma concentração que vai decorrer enquanto os sindicatos e associações socioprofissionais estão reunidos no Ministério da Administração Interna …

Vieira continua em domiciliária. MP vai pedir reforço de garantias de caução

O Ministério Público (MP) vai pedir reforço de garantias de caução por entender que o uso das ações da SAD do Benfica não é a forma apropriada. O Correio da Manhã avança, esta manhã, que o …

Investigadores suecos pagam 23 dólares a quem se vacinar contra a covid-19

Recompensa surge no âmbito de uma pesquisa que pretende avaliar o nível de eficácia de diferentes incentivos à vacinação contra a Covid-19. O estudo conta com a participação de 8.200 voluntários com menos de 60 …

Costa diz que Estado se curva "perante a memória" de Otelo. Mas BE condena ausência de luto nacional

O primeiro ministro, António Costa, e o presidente da República, Marcelo Rebelo de Sousa, decidiram não declarar luto nacional pela morte de Otelo Saraiva de Carvalho, Capitão de Abril. A líder do BE e o …

Catarina Martins volta a bater o pé e Jerónimo sublinha: "Ainda não há Orçamento"

Marcelo Rebelo de Sousa recebeu, esta terça-feira, o Bloco de Esquerda, o PCP e o CDS, em mais uma ronda de reuniões com os partidos com assento parlamentar. Se o objetivo do Presidente da República era …

Simone Biles, Jogos Olímpicos de Tóquio 2020

Simone Biles. O ouro olímpico não é sinónimo de paz, muito menos interior

Na sequência do escândalo Nassar, a opinião pública dos EUA concordou que não valia tudo no caminho até ao ouro olímpico — principalmente quando está em causa a dignidade humana. Com a sua principal estrela …

"Sinto que desci ao inferno". Polícias recordam ataque ao Capitólio

"É assim que vou morrer", "sinto que desci ao inferno" e "corri o risco de ser morto" são alguns dos relatos de polícias que presenciaram a invasão ao Capitólio. Começaram as audiências na comissão da Câmara …

Pandemia aumentou o preço dos carros usados. Venda de veículos novos caiu a pique

A procura por usados aumentou com a pandemia. Com menos carros novos a saírem dos concessionários, também por causa da crise dos chips, a oferta de usados é escassa, levando os preços a subirem. Um choque …

Jogos Olímpicos: três polémicas de arbitragem em 24 horas

Depois da pontuação controversa no surf, uma decisão que quase ninguém entendeu, no basquetebol, e uma revisão discutível no judo. A arbitragem não é, ou não é suposto ser, o foco de qualquer edição dos Jogos …

Rui Vitória quer levar Manafá para o Spartak Moscovo

O Spartak Moscovo, treinado por Rui Vitória, desistiu da contratação de Gabriel e apresentou agora uma proposta por Wilson Manafá. Desde que chegou a Moscovo para treinar o Spartak, Rui Vitória tem sondado alguns jogadores que …