James Cameron acredita que encontrou as “portas” de Atlântida

Gage Skidmore / Flickr

O realizador James Cameron.

O realizador James Cameron.

James Cameron, o famoso realizador do filme “Titanic”, acredita que encontrou vestígios da lendária Atlântida. O cineasta está envolvido num documentário que pretende desvendar o mistério em torno da mítica ilha que se terá afundado no mar.

O mito de Atlântida continua a intrigar arqueólogos por todo o mundo e se não há provas de que a ilha existiu mesmo fora da obra do filósofo grego Platão, há muitas teorias sobre o assunto.

Este lendário pedaço de terra que ficaria situado no meio do Oceano Atlântico, em frente ao Estreito de Gibraltar, ter-se-á afundado por causa da ira dos Deuses, segundo Platão. Mas os cientistas que exploram o assunto acreditam que, se Atlântida existiu de facto, pode ter desaparecido por causa de um tsunami, de um vulcão ou de um qualquer outro desastre natural.

O certo é que ninguém encontrou, até agora, quaisquer vestígios que deem forma ao mito. Mas James Cameron, o realizador de Hollywood conhecido por ser o responsável por filmes como “Avatar”, “Titanic” e “Aliens, o resgate”, acredita que tropeçou nas portas de Atlântida.

O realizador, que já venceu três Óscares, embrenhou-se nas investigações sobre o assunto no âmbito de uma série documental intitulada “Atlantis Rising” (O levantar de Atlântida) que começou a ser transmitida, nos EUA, pelo canal The National Geographic, neste domingo, 29 de Janeiro.

Cameron assume o papel de produtor executivo e reúne forças com o também premiado realizador de documentários Simcha Jacobovici, que esteve envolvido no controverso “O túmulo perdido de Jesus”, uma investigação na qual se alega a descoberta das ossadas do Messias (o que contraria a fé na ressurreição de Jesus).

Os dois cineastas fazem parceria com um grupo de arqueólogos, cientistas e historiadores numa investigação que recorre a tecnologia de ponta com o intuito de provar a existência de Atlântida.

E uma das provas que dá a Cameron e seus pares a certeza de que essa mítica ilha foi real é um conjunto de seis âncoras, datadas de há cerca de quatro mil anos, que foram descobertas mesmo às portas do Mediterrâneo, no Estreito de Gibraltar.

O realizador diz na revista People que “as âncoras são algo nunca visto antes” e um dado “muito intrigante”, por serem “uma prova física” da hipótese de Atlântida ter de facto existido.

Uma descoberta “muito grande”

“Na rota da procura por Atlântida e explorando os possíveis locais, chegamos a algumas provas muito boas de que houve, realmente, uma cultura de comércio baseada em navios fora dos chamados Pilares de Hércules, que é o Estreito de Gibraltar, ao largo da costa de Espanha. Ora, isto é muito grande”, nota ainda Cameron na People.

O realizador assume que esta procura por Atlântida implica “uma espécie de ideia Disney” e diz que “Platão pode ter apenas, feito o equivalente do Antigo Grego para a ficção científica”. “Mas não seria fantástico se pudéssemos descobrir que há, de facto, alguma substância por trás do mito”, pergunta.

A equipa envolvida nesta expedição recorreu às mais inovadoras técnicas actuais para explorar um “mapa virtual” elaborado a partir dos antigos escritos de Platão.

Entre as várias pesquisas elaboradas, exploram a ideia de que alguns habitantes de Atlântida podem ter conseguido fugir e instalar-se no Sul de Espanha, onde terão deixado gravuras rupestres na pedra, lembrando a sua terra perdida.

Procedendo a análises com a técnica de imagem multi-espectral, detectaram várias figuras que terão sido desenhadas como se estivessem debaixo de água, o que parece ir no sentido de que Atlântida se afundou no mar e, logo, de que existiu de facto.

SV, ZAP //

PARTILHAR

6 COMENTÁRIOS

  1. Ainda ontem encontrei uma linda e bela espanhola que me afirmou ser descendente dessa ilha quando a interroguei de onde vinha tanta beleza!.

  2. Quanto é que o governo espanhol lhe pagou? E que tal investigar uma pirâmide submersa com km de base encontrada ao largo do Algarve. Este realizador não leu Blake&Mortimer.

  3. Ele descobriu foi as portas de casa dele após uma noite de excessos. E com a camada que levava em cima pensou que eram as portas da Atlântida. Descansa Cameron… que bem precisas

RESPONDER

"Covid persistente" atinge cerca de 20% dos curados (mas não recuperados)

Um novo estudo britânico indica que vários pacientes podem apresentar sintomas e sequelas durante vários meses, mesmo depois de testarem negativo. Os casos de “covid persistente” afetam maioritariamente mulheres e idosos. Há ainda muito por descobrir …

Acuña já é destaque em Espanha: "Não é bom nos 100 metros, mas..."

O ex-jogador do Sporting será uma referência para Lopetegui e já demonstrou um grande nível no jogo da Liga dos Campeões contra o Rennes. Marcos Acuña chegou a Sevilha há um mês e meio mas começa …

Portagens devem manter preços em 2021

Os preços das portagens nas autoestradas deverão voltar a manter-se em 2021, a confirmar-se a estimativa da taxa de inflação homóloga, sem habitação, de -0,18% em outubro, divulgada pelo Instituto Nacional de Estatística (INE). A fórmula …

Governo estuda novo confinamento total nas duas primeiras semanas de dezembro

O Governo está a ponderar decretar um novo confinamento total da população portuguesa nas duas primeiras semanas de dezembro. A notícia foi avançada esta sexta-feira pela TVI e, entretanto, confirmada por outros órgãos de informação. O …

Pelo menos 140 pessoas afogam-se no naufrágio mais mortal de 2020

Pelo menos 140 migrantes morreram afogados ao largo da costa senegalesa depois de a embarcação em que seguiam se ter incendiado e naufragado, avançou a Organização Internacional para as Migrações (OIM). O barco transportava 200 pessoas …

Nélson Évora terminou contrato com o Sporting

Nelson Évora, campeão olímpico do triplo salto nos Jogos Olímpicos Pequim2008, vai deixar o Sporting após o fim do contrato com o clube, no sábado, confirmou à "Lusa" fonte oficial do Sporting, esta sexta-feira. O atleta, …

Nova Zelândia aprova eutanásia. Mas rejeita legalização da marijuana

Os neozelandeses aprovaram a eutanásia voluntária, mas rejeitaram a legalização da marijuana para uso recreativo, em dois referendos realizados em 17 de outubro, anunciou esta sexta-feira a Comissão Eleitoral. Cerca de 65,2% dos neozelandeses votaram a …

Governo pondera novas medidas de apoio ao emprego e empresas

O Governo está a ponderar novas medidas de apoio ao emprego e às empresas em resposta ao agravamento da pandemia de covid-19, disse hoje o ministro de Estado, da Economia e da Transição Digital, Pedro …

Cova da Piedade não joga: "Prefiro perder três pontos do que alguém perder a vida"

O jogo entre Estoril e Cova da Piedade, como se esperava, não vai ser realizado e deverão ser atribuídos três pontos ao Estoril. Diretor do Cova da Piedade não poupa nas críticas. Mais uma partida da …

Investigadores descobrem porque há pessoas infetadas sem sintomas de covid-19

Investigadores do hospital universitário de Aarhus, na Dinamarca, descobriram que algumas pessoas infetadas com o novo coronavírus não desenvolvem sintomas porque este poder ocultar o seu genoma para não ser reconhecido. Como noticiou esta sexta-feira o …