Jake Peacock nasceu só com uma mão, mas é um prodígio do muay thai

(dr) Lion Fight

Jake Peacock num combate da Lion Fight.

Filho de um ex-futebolista do Chelsea, Jake Peacock é um talento em ascensão de muay thai, embora tenha nascido sem a mão e o antebraço direito.

Jake Peacock nasceu sem a mão e sem o antebraço direito devido a um defeito no cordão umbilical. No entanto, isto não foi impedimento para que o britânico cumprisse o seu sonho e se tornasse um lutador profissional de muay thai, uma arte marcial também conhecida popularmente como boxe tailandês.

Jake é filho de Gavin Peacock, ex-futebolista que representou o Chelsea entre 1993 e 1996. Acabou por não seguir as pisadas do pai no futebol e aventurou-se nas Artes Marciais Mistas, ou Mixed Martial Arts (MMA).



“As pessoas pensavam que eu não conseguia fazer certas coisas. As pessoas pensavam que eu precisava de ajuda para tudo e para nada”, disse o lutador citado pela CBS Sports. “Obviamente, às vezes, os olhares e o bullying vieram junto com isso. Mas isso realmente moldou quem eu sou hoje”.

No seu primeiro combate oficial, Peacock derrotou Mike Taylor com um knockout nos segundos iniciais do primeiro round. Na sua estreia na Lion Fight, a principal liga de Muay Thai na América do Norte, Peacock voltou a vencer, desta feita após desferir um pontapé certeiro, novamente no primeiro round.

Desde sempre, Jake Peacock lidou com insultos devido à sua deficiência física. O próprio relata que havia quem ligasse para casa dos seus pais e deixasse mensagens de voz sobre o seu braço. Quando ainda jogava futebol, havia até pais que gritavam insultos para dentro do campo. “Eu ficava furioso o tempo todo. Só queria lutar contra o mundo”, disse.

Peacock confessa que entrou para as artes marciais numa tentativa de encontra a sua identidade e impressionar as pessoas. Apesar de muitos o desencorajarem, nunca desistiu da ideia de se tornar lutador profissional.

Com apenas sete anos entrou para o karaté, incentivado pela sua mãe. Três anos mais tarde já participava em competições a nível nacional e internacional.

Agora, no Muay Thai, Peacock diz que, independentemente do adversário com quem vá lutar, treina sempre como se tratasse do melhor do mundo.

“Eu gostava que as pessoas dissessem que eu sou um bom lutador, porque sou um bom lutador e não porque só tenho uma mão“, atirou.

https://www.instagram.com/p/CE3-tVNIBNQ/

DC, ZAP //

PARTILHAR

RESPONDER

Em apenas três anos, a Austrália perdeu um terço dos seus coalas

A seca, os incêndios florestais e a desflorestação na Austrália levaram o país a perder um terço dos seus coalas nos últimos três anos. A Austrália perdeu cerca de 30% dos seus coalas nos últimos …

Há modelos matemáticos que preveem se uma música vai ser viral — os mesmos utilizados com a covid-19

O uso de modelos matemáticos para antecipar o nível de sucesso de uma música pode começar a ser usado, a partir da publicação do presente estudo, por artistas e editoras para melhorar o desempenho dos …

Alemanha. Funcionário de posto de combustível abatido a tiro por cliente que se recusou a usar máscara

Um homem de 49 anos matou um funcionário de um posto de combustível na Alemanha, após tentar comprar cerveja sem utilizar a máscara. No país, o uso deste equipamento de proteção é obrigatório para entrar …

Um violino gigante flutuou no Grande Canal de Veneza (ao som de Vivaldi)

No passado fim de semana, um violino gigante, com quase 12 metros de comprimento, desceu o Grande Canal de Veneza. A bordo estava um quarteto de cordas, que tocou Four Seasons de Vivaldi. O Noah's Violin …

Assembleia de credores aprova recuperação da Groundforce

Esta quarta-feira, os credores da Groundforce aprovaram a recuperação da empresa. Em causa está uma dívida de 154 milhões de euros. Os credores da Groundforce, reunidos esta quarta-feira em assembleia de credores, no tribunal de Monsanto, …

Europeus acreditam numa "guerra fria" entre os EUA e a China e Rússia

A maioria dos cidadãos da União Europeia (UE), 62%, considera que os Estados Unidos (EUA), com apoio das instituições comunitárias, estão numa nova "guerra fria" com a China, mas recusam envolvimento nacional, revelou um inquérito …

Desenho de Van Gogh esteve guardado mais de 100 anos. Agora, é exibido pela primeira vez

O Museu de Amesterdão, nos Países Baixos, ganhou um novo inquilino: Study for 'Worn Out', um desenho recém-descoberto de Vincent van Gogh. O holandês Vincent van Gogh ainda continua a impressionar o mundo inteiro com a …

No Afeganistão, as professoras estão prontas para desafiar o regime talibã

No Afeganistão, as professoras estão prontas para desafiar o regime talibã, com receio de que os avanços dos últimos 20 anos tenham sido conquistados em vão. A Vice falou com algumas professoras afegãs que garantem continuar …

Apenas um terço das crianças em 91 países tem acesso a uma alimentação adequada, alerta UNICEF

Apenas um terço das crianças com menos de dois anos em 91 países em desenvolvimento têm acesso aos alimentos que necessitam para um crescimento saudável, revelou um relatório da UNICEF, apontando que nenhum progresso foi …

Preços das casas voltaram a aumentar no segundo trimestre

Entre abril e junho, o índice de Preços da Habitação (IPHab) cresceu 6,6% em termos homólogos. A revelação foi feita esta quarta-feira pelo Instituto Nacional de Estatística (INE). O Índice de Preços da Habitação (IPHab) cresceu …