Já é possível ouvir a Via Láctea. NASA transforma dados de corpos celestes em música

A NASA converteu dados de astronomia em sons, permitindo ouvir composições musicais derivadas da própria estrutura do Universo.

Especialistas da NASA transformaram dados da Via Láctea em sons graças a um processo conhecido como sonificação. O resultado é uma música peculiar que nos permite “ouvir” a nossa galáxia.

Segundo o New Atlas, o processo parte de pontos-chave de dados em imagens – como galáxias, estrelas ou nuvens de gás cósmico – e atribui sons a estes corpos celestes que variam dependendo da sua localização, brilho, bem como de outros fatores.

A luz de objetos localizados no topo da imagem é ouvida em tons mais altos, enquanto a intensidade da luz controla o volume. Estrelas e fontes compactas são convertidas em notas individuais, enquanto nuvens extensas de gás e poeira produzem um zumbido em evolução.

Os dados usados para fazer a sonificação do Bullet Cluster, por exemplo, foram recolhidos pelo Chandra X-ray Observatory e pelo Hubble Space Telescope. Esta vasta estrutura cósmica é famosa por ser a primeira prova direta da matéria escura.

Apesar de as observações do Hubble serem capturadas na secção ótica do espetro, o que significa que são visíveis a olho nu, o Chandra foi especialmente projetado para capturar a luz que existe na parte do espetro de raios-X, que seria invisível para os seres humanos.

Nestes vídeos, a NASA atribuiu à luz normalmente invisível uma cor. Neste caso, os dados do Chandra aparecem a cor-de-rosa, o que permite não só visualizar os dados através de uma imagem estática, como também ouvi-los.

Os dados que indicam as propriedades da matéria escura dos dois aglomerados de galáxias em colisão que compõem a imagem são representados com os tons de frequência mais baixa, enquanto os raios-X são representados com frequências mais altas.

Para adicionar variedade à sinfonia cósmica, o tom dos sons aumenta dependendo da posição dos dados: os pontos próximos ao topo são mais altos do que aqueles próximos à parte inferior da imagem.

No coração da Nebulosa do Caranguejo está uma estrela de neutrões a girar, que é tudo o que resta de um corpo estelar outrora massivo. Dados do Hubble, do Chandra e do Spitzer foram combinados para criar esta imagem. Para a sonificação, foi atribuído um grupo diferente de instrumentos a cada um dos diferentes comprimentos de onda.

Assim, os instrumentos de corda foram aplicados aos dados de luz ótica roxa do Hubble, enquanto instrumentos de latão foram aplicados aos dados de raios-X do Chandra, que aparecem a branco e azul. A contribuição do infravermelho do Spitzer, observada a rosa, pode ser ouvida como instrumentos de sopro.

A sonificação final é uma representação de áudio em time-lapse de uma onda de choque que se formou através de uma massa de material rejeitado na sequência de outra explosão violenta de supernova, conhecida como 1987A.

Além de impressionante, este processo também é inclusivo, já que permite que pessoas com deficiência visual explorem o Espaço através do som.

ZAP //

PARTILHAR

RESPONDER

Um ano após o confinamento de Wuhan o mundo continua em crise devido à covid-19

Quase um ano depois da imposição do confinamento na cidade de Wuhan para travar o vírus SARS-CoV-2, que se assinala este sábado, o mundo continua em luta contra a pandemia, apesar do aparecimento de vacinas. A …

Pessoas com certas características podem ser mais suscetíveis a "ouvir" os mortos

Uma equipa de cientistas identificou certas características que podem tornar as pessoas mais suscetíveis a alegar que “ouvem” os mortos. Um novo estudo sugere que as pessoas que se descrevem como "clariaudientes" - em oposição a …

Sporting 1 - 0 SC Braga | Leões conquistam Taça da Liga com golo de Porro (e algum sofrimento)

O Sporting reconquistou hoje a Taça da Liga de futebol, ao vencer na final o Sporting de Braga, por 1-0, em Leiria, com um golo de Pedro Porro e enorme resistência durante a segunda parte. O …

Estados Unidos querem rever o acordo com rebeldes talibãs no Afeganistão

Os Estados Unidos indicaram hoje às autoridades afegãs o seu desejo de rever o acordo entre o Governo norte-americano e os talibãs, assinado em fevereiro de 2020, particularmente para "avaliar" o respeito dos rebeldes pelos …

"Excedeu todas as expetativas". Implante de córnea artificial devolve visão a homem cego

Um homem de 78 anos que estava cego dos dois olhos há 10 anos recuperou a visão após receber o primeiro implante de uma córnea artificial desenvolvida pela startup israelita CorNeat Vision. O implante CorNeat KPro …

Tenista João Sousa falha Open da Austrália após ter estado infetado

João Sousa vai falhar o Open da Austrália depois de ter estado infetado com o novo coronavírus, por determinação das autoridades australianas, anunciou hoje o tenista português. "É com muita tristeza que vos dou a conhecer …

Cientistas criam nova forma de produzir carne em laboratório (e prometem manter o sabor e a textura)

Uma equipa da McMaster desenvolveu uma nova forma de carne cultivada, através do uso de um método que promete manter o sabor e a textura mais naturais do que as outras alternativas à carne tradicional. Os …

Papa pede "jornalismo corajoso" e controlo de notícias falsas na Internet

O papa Francisco pediu hoje um "jornalismo corajoso" que venha ao encontro das pessoas e histórias, propondo ainda o controlo das notícias falsas na Internet, especialmente neste período de pandemia da covid-19. “Opiniões atentas lamentam, há …

A cidade mais antiga das Américas está sob ameaça de invasão (e a culpa é da pandemia)

Tendo sobrevivido durante cinco mil anos, o sítio arqueológico mais antigo das Américas está sob a ameaça de invasores que afirmam que a pandemia de covid-19 os deixou sem outra opção a não ser ocupar …

Suspeito do homicídio de Bruno Candé nega ter agido impulsionado por racismo

Evaristo Marinho disparou vários insultos racistas contra Bruno Candé: “Vai para a tua terra, preto, tens a família toda na sanzala e também devias lá estar”, foi um deles. Três dias depois acabou por matá-lo, …