Irão. Líder Supremo pede punição pela morte de cientista que liderou programa nuclear

Sajed.ir / Wikimedia

Ayatollah Ali Khamenei, Líder Supremo iraniano

O líder supremo do Irão, o Ayatollah Ali Khamenei, exigiu no sábado punição pela morte do cientista Mohsen Fakhrizadeh, que liderou o programa nuclear de Teerão, enquanto a República Islâmica culpa Israel pelo assassinato.

Israel, há muito suspeito de assassinar cientistas iranianos, ainda não comentou sobre a morte de Mohsen Fakhrizadeh, que ocorreu na sexta-feira. O ataque, contudo, tem as características de uma emboscada militar cuidadosamente planeada, do tipo que aquele país já foi acusado de conduzir antes, noticiou no domingo a Time.

O ataque renovou os receios de um ataque iraniano aos Estados Unidos (EUA), o aliado mais próximo de Israel na região.

Khamenei – que considerou Fakhrizadeh “o cientista nuclear mais proeminente e distinto do país” -, a quem pertence a palavra final em todas as questões de Estado, disse que a primeira prioridade do Irão é “a punição definitiva dos perpetradores e daqueles que ordenaram” o assassinato, sem entrar em detalhes.

Já o Presidente do Irão, Hassan Rouhani, culpou Israel pelo ocorrido. “Responderemos ao assassinato do mártir Fakhrizadeh no momento adequado”, indicou. “A nação iraniana é mais inteligente do que cair na armadilha dos sionistas. Eles estão a tentar criar o caos”, acrescentou ainda.

Tanto Rouhani quanto Khamenei afirmaram que a morte de Fakhrizadeh não interromperia o programa nuclear. Neste, o Irão tem vindo a enriquecer um estoque crescente de urânio, com pureza de 4,5%, após o acordo nuclear do qual fazia parte ter colapsado com a saída dos EUA, em 2018.

rouhani.ir

O presidente do Irão, Hassan Rohani (Rouhani)

Embora esse nível esteja muito abaixo dos 90% necessários para construir armas, os especialistas avisam que o Irão tem agora urânio suficiente para, pelo menos, duas bombas atómicas.

Fakhrizadeh liderou o programa iraniano AMAD, que Israel e o Ocidente alegaram ser uma operação militar que buscava a viabilizar a construção de uma arma nuclear. A Agência Internacional de Energia Atómica afirma que o programa terminou em 2003, com o país a afirmar que este é pacífico.

O ataque de sexta-feira aconteceu em Absard, uma vila a leste da capital, considerada um refúgio para a elite do país. A televisão estatal iraniana noticiou que um camião com explosivos escondidos sob um carregamento de madeira explodiu perto do veículo que transportava Fakhrizadeh.

Quando o veículo de Fakhrizadeh parou, cinco homens armados apareceram no local e dispararam, avançou a agência de notícias semi-oficial Tasnim. A precisão do ataque levou à suspeita de envolvimento do Mossad, o serviço de inteligência de Israel.

A media estatal apenas relatou a morte de Fakhrizadeh, mas uma declaração da União Europeia, divulgada no sábado, apontou para a morte de “um funcionário do governo iraniano e de vários civis”.

Em Teerão, um pequeno grupo de manifestantes queimou imagens de Donald Trump e do Presidente eleito Joe Biden. Este último disse que vai considerar voltar para o acordo nuclear com Teerão.

  ZAP //

PARTILHAR

RESPONDER

Combustíveis: governantes "não fizeram o trabalho de casa"

A presidente executiva da OZ Energia, Micaela Silva, defendeu que o “Governo devia intervir menos” no mercado dos combustíveis, porque é liberalizado e não tem margens excessivas de comercialização, mas é “muito penalizado” pela quantidade …

Implante cerebral permite que paciente totalmente cega consiga ver formas e letras

Os cientistas da Universidade Miguel Hernández de Elche (UMH), em Espanha, fizeram com que uma mulher completamente cega conseguisse ver formas simples e letras, através da colocação de um implante no seu córtex visual. Os investigadores …

Teoria dos primatas pedrados. Podem os cogumelos mágicos ter sido a chave para a nossa evolução?

A teoria já era conhecida desde os anos 90, mas um novo estudo veio trazê-la à baila novamente. O argumento é de que os cogumelos com efeitos psicadélicos podem ter ajudado a tornar os nossos …

Ainda sem fumo branco para o OE, Bloco e PCP reúnem órgãos máximos

O PCP e o Bloco de Esquerda reúnem hoje os respetivos órgãos máximos entre congressos com a proposta orçamental para 2022 no centro do debate. As conclusões da reunião da Mesa Nacional do BE serão apresentadas …

Sismo de 4,9 em La Palma e novo colapso do cone do Cumbre Vieja

A ilha espanhola de La Palma registou hoje um sismo de 4,8 de magnitude, no dia em que o vulcão voltou a sofrer um colapso no cone principal, causando grandes derrames de lava. O sismo foi …

Algas vivas sensíveis à luz (um tipo de cianobactérias chamado Synechocystis) injetadas num girino

Podia ser ficção científica, mas não é. Injetar algas no sangue dos sapos pode ajudá-los a respirar

Os sapos adotam várias técnicas de respiração ao longo da sua vida. Agora, uma equipa de cientistas alemães desenvolveu um novo método que permite que os girinos "respirem" graças à introdução de algas na sua …

As misteriosas auroras de Úrano foram finalmente detalhadas ao pormenor pelos cientistas

Auroras de Úrano foram captadas pela primeira vez em 2011 através do telescópio Hubble Space, mas as suas origens representam ainda mistérios que os cientistas não conseguem esclarecer. Pela primeira vez, os cientistas conseguiram moldar a …

Domingo invulgar: 17 grandes jogos para ver, em poucas horas

A ementa começa em França, ao meio-dia, e acaba no Chile, já depois das oito da noite. Não estamos perto do Carnaval mas vem aí um "domingo gordo" no futebol. Vários jogos grandes, uns mais mediáticos …

Sporting 1-0 Moreirense | Capitão Coates embala leão

O Sporting igualou hoje o FC Porto na liderança provisória da I Liga portuguesa de futebol, ao vencer em casa o Moreirense, por 1-0, em jogo da nona jornada. O capitão Sebastián Coates marcou, aos …

Relatório médico indica que jovem chinês morreu após beber uma garrafa de Coca-Cola em dez minutos

Um homem chinês morreu depois de beber uma garrafa de 1,5 litros de Coca-Cola em dez minutos, informaram os médicos num relatório. O jovem de 22 anos, que não tinha doenças subjacentes, dirigiu às urgências do …