Irão critica Trump e diz que “não é o momento de construir muros”

World Economic Forum / Flickr

Hassan Rohani, presidente iraniano

Hassan Rohani, presidente iraniano

O presidente iraniano, Hassan Rouhani, criticou hoje o seu homólogo norte-americano, Donald Trump, dizendo que “agora não é o momento de construir muros entre as nações”.

“Eles esqueceram-se de que o Muro de Berlim caiu há muitos anos atrás. Mesmo que existam muros entre as nações, eles devem ser removidos”, disse Rouhani, numa convenção de turismo, em Teerão.

As declarações do presidente iraniano seguem-se à decisão de Trump de construção de um muro ao longo da fronteira EUA-México e impor o controlo rígido dos viajantes de sete países muçulmanos, entre eles o Irão.

Hassan Rouhani não comentou diretamente a proibição de vistos dos EUA, mas recordou que o Irão “abriu as suas portas” aos turistas estrangeiros desde a assinatura de um acordo nuclear com as potências mundiais, em 2015.

Numa altura em que mais de um milhão de iranianos vivem nos Estados Unidos, muitas famílias estão profundamente preocupadas com as implicações da proibição de vistos de Donald Trump, que também afeta cidadãos do Iraque, Líbia, Somália, Sudão, Síria e Iémen.

Não serão emitidos vistos para migrantes ou visitantes desses países durante pelo menos 90 dias, restrição que pode ser estendida se os países em questão não fornecerem amplas informações sobre os indivíduos que procuram entrar nos Estados Unidos.

Teerão e Washington não têm laços diplomáticos desde que estudantes e militantes islâmicos invadiram a embaixada dos EUA em Teerão em 1980, após uma revolução islâmica que derrubou o Xá Mohammad Reza Pahlavi, e mantiveram 52 norte-americanos reféns durante 444 dias.

Irão reage a decisão “insultuosa” e proíbe entrada de norte-americanos

O Irão vai proibir a entrada de norte-americanos, reagindo à decisão “insultuosa” do Presidente dos EUA de restringir chegadas com origem em território iraniano e mais seis Estados muçulmanos, disse hoje o ministro dos Negócios Estrangeiros.

O Irão optou responder à letra “depois da decisão insultuosa dos EUA respeitante aos cidadãos iranianos”, disse o ministro Mohamad Javad Zarif numa intervenção transmitida pela televisão pública.

Na sexta-feira, Donald Trump assinou uma ordem para suspender a chegada de refugiados e impor controlos aos passageiros vindos do Irão, Iraque, Líbia, Somália, Sudão, Síria e Iémen.

O ministro dos Negócios Estrangeiros iraniano considerou a decisão “ilegal, ilógica e contrária às regras internacionais”, e acrescentou que a sua decisão vai manter-se enquanto a medida dos EUA estiver em vigor.

O governante ordenou aos serviços diplomáticos iranianos que ajudem os cidadãos do Irão que foram “impedidos de regressar às suas casas e aos seus locais de trabalho e de estudo” nos EUA.

Os agentes de viagens em Teerão disseram que as companhias aéreas estrangeiras começaram a vedar o acesso dos iranianos aos voos para os EUA.

ZAP // Lusa

PARTILHAR

RESPONDER

Vídeo de criança vítima de bullying gera onda de apoio global

Internautas de todo o mundo, inclusive celebridades, uniram-se para dar apoio ao menino australiano, de nove anos, que sofre de bullying por causa da sua aparência. De acordo com a BBC, Yarraka Bayles partilhou o vídeo …

Descoberta nova quasipartícula: o π-ton

Foi descoberta uma nova quasipartícula no Instituto de Tecnologia de Viena. Os cientistas batizaram-na de π-ton, uma quasipartícula que contém dois eletrões e duas lacunas. Existem diferentes tipos de partículas. Um deles, as quasipartículas, são excitações …

É oficial. Friends está de volta para um episódio especial

As preces dos fãs foram finalmente ouvidas. O elenco de Friends vai reunir-se para um episódio especial exclusivo na HBO Max. Jennifer Aniston, Courteney Cox, Lisa Kudrow, Matt LeBlanc, Matthew Perry e David Schwimmer voltarão ao …

Dieta ocidental está a deixar as pessoas menos inteligentes

Uma dieta pouco saudável, à base de hambúrgueres e doces está literalmente a deixar as pessoas menos inteligentes apenas no espaço de uma semana. Esta foi a conclusão de um estudo de investigadores da Universidade …

Pedro Proença: Sociedade deve atuar no combate ao racismo

O presidente da Liga Portuguesa de Futebol Profissional (LPFP) disse, esta sexta-feira, que a sociedade portuguesa deve atuar no combate ao racismo, violência, xenofobia e intolerância. A Liga vai lançar, durante este fim-de-semana, uma campanha com …

Na última década, Coreia do Norte gastou mais de meio milhão de dólares em cavalos russos

A Coreia do Norte gastou recentemente dezenas de milhares de dólares na aquisição de 12 cavalos provenientes da Rússia, de acordo com os dados alfandegários. A Coreia do Norte gastou quase meio milhão de dólares (584.302 …

O caranguejo "supervilão" do Canadá vai ser transformado em plástico biodegradável

Uma equipa de cientistas no Canadá desenvolveu um plano para transformar uma espécie invasora de crustáceo - conhecida como como caranguejo supervilão - em copos e talheres  de "plástico", usando as suas carapaças para criar …

Covid-19. Tripulante de navio japonês pode ser o primeiro português infetado

Um português que é tripulante do navio Princess Cruises, atracado no porto de Yokohama, no Japão, pode ter sido diagnosticado "positivo" com o novo coronavírus. Contactada pela agência Lusa, a diretora-geral de Saúde, Graça Freitas, afirma …

Harry e Meghan vão deixar de poder usar a marca Sussex Royal

O duque e a duquesa de Sussex vão deixar de poder usar a marca Sussex Royal, anunciou, esta sexta-feira, um porta-voz da casa real. "Estando o duque e a duquesa focados nos seus planos de estabelecer …

Messi marca quatro e embala Barcelona para o topo da La Liga

Um póquer de Lionel Messi embalou o FC Barcelona, este sábado, para a liderança da Liga espanhola, com uma "mão cheia" de golos na receção ao Eibar (5-0). Os catalães subiram ao topo de La Liga …