Investigador da UAlg produz filme em que espectador é o protagonista

bruno.m.silva.908 / Facebook

-

Um investigador da Universidade do Algarve (UAlg) está a produzir uma curta-metragem interativa em que o espetador se torna protagonista ao escolher o sentido que quer dar à narrativa, contou à Lusa o mentor do projeto.

Através de uma aplicação interativa, a narrativa do filme experimental “Neblina” poderá ser visualizada em três fluxos de imagens, em diferentes dispositivos, sendo que cada fluxo representará uma maneira diferente de contar a mesma história, explicou Bruno Mendes da Silva, que espera ter o filme pronto em junho.

bruno.m.silva.908 / Facebook

Bruno Mendes da Silva

Bruno Mendes da Silva

“Trata-se de tentar trabalhar a ideia de manipulação do tempo no cinema e tornar o espetador, que normalmente não tem intervenção na narrativa, no protagonista”, acrescentou o investigador, sublinhando que o filme pode ser visto em salas de cinema, no computador, em ‘tablets’ ou em ‘smart phones’.

O filme, inspirado no conto “Se numa noite de Inverno um viajante“, de Italo Calvino, integra-se na investigação de pós-doutoramento de Bruno Mendes da Silva, que quer fazer uma trilogia de filmes interativos ligados à ideia de tempo e em que o espetador possa mergulhar dentro da narrativa.

No conto daquele escritor italiano do século XX, o leitor, que é também o protagonista, começa dez vezes a ler um livro, sem nunca o conseguir acabar.

Segundo o investigador do Centro de Investigação em Artes e Comunicação (CIAC) da UAlg, as filmagens estão quase a terminar e envolveram 13 atores, já que há mais do que uma versão da mesma personagem, mas a edição será mesmo a fase mais complicada.

“A edição vai ser muito complexa, um quebra-cabeças gigante, porque as imagens têm que estar todas sincronizadas e a passagem de um fluxo para o outro tem que ser suave”, observou, sublinhando que cada plano tem, pelo menos, três versões.

No segundo filme, o investigador quer ir ainda mais longe e tentar chegar “muito perto da ideia de videojogo, em que o espetador possa manipular a personagem como se estivesse mesmo a jogar a um videojogo”.

O projeto é a continuação da pesquisa iniciada na tese de doutoramento do investigador, intitulada “Eterno Presente, o tempo na contemporaneidade”, que resultou na publicação, em 2010, do livro “A máquina encravada, a questão do tempo nas relações entre cinema, banda desenhada e contemporaneidade”.

A obra ficará depois sediada no servidor da Escola Superior de Educação e Comunicação (ESEC), onde Bruno Mendes da Silva leciona e onde desempenha as funções de diretor do curso de Ciências da Comunicação.

/Lusa

PARTILHAR

RESPONDER

Descobertas filmagens inéditas de um centro de espionagem da II Guerra Mundial

Foi descoberta uma rara filmagem da instalação militar secreta Bletchley Park, no Reino Unido. Este centro de espionagem atuou durante a II Guerra Mundial e foi responsável por decifrar códigos alemães durante o período nazi. O …

Montezemolo revelou o sonho que Ayrton Senna não cumpriu

O antigo presidente da equipa da Ferrari, Luca di Montezemolo, revelou que o seu maior arrependimento foi não ter conseguido levar Ayrto Senna para a equipa. Em 1994, Ayrton Senna morreu de forma trágica quando perdeu o …

Friends: atores já terminaram as gravações do episódio especial

Ainda antes de os talk shows serem suspensos devido à COVID-19, Matt LeBlanc foi um dos convidados do The Kelly Clarkson Show, onde confirmou que as gravações do episódio especial de FRIENDS estavam concluídas. O programa …

YouTube remove vídeos com teoria da conspiração que liga covid-19 ao 5G

A onda de teorias falsas que ligam a pandemia da COVID-19 ao 5G levou a uma série de incidentes, incluindo ameaças a funcionários de operadoras e ataques a antenas de telecomunicações. Agora, o YouTube está …

Engenheiros construiram um ventilador caseiro. Pode servir como "último recurso"

Uma equipa de engenheiros da Universidade de Vanderbilt, nos Estados Unidos, construiu um ventilador caseiro que pode ser usado como último recurso. A pandemia de covid-19 continua a desafiar as comunidades médicas e uma das ameaças …

Sepultura de genocídio encontrada no Ruanda pode conter 30 mil corpos

No Ruanda, foi encontrada uma sepultura que pode conter 30 mil vítimas do genocídio no país em 1994. Cerca de 800 mil tutsis e hutus moderados foram assassinados. Mais de 25 anos depois de um genocídio …

Belenenses SAD entra parcialmente em lay-off

"A indústria do futebol está entre as mais atingidas pelos efeitos da pandemia", que provocou a suspensão de praticamente todas as provas futebolísticas, destaca o Belenenses SAD. O Belenenses SAD, da I Liga de futebol, entrou …

Dois milhões de máscaras furtadas em Espanha podem ter sido vendidas em Portugal

O equipamento médico e sanitário furtado está avaliado em cinco milhões de euros e terá sido adquirido por uma empresa portuguesa que conhecia a proveniência do material. Um empresário de Santiago de Compostela foi detido por, …

Facebook terá tentado comprar um software de espionagem em 2017

O Facebook tem estado envolvido em vários escândalos e o mais recente está relacionado com a alegada compra da ferramenta Pegasus, usada para hackear iPhones. A empresa de segurança informática NSO Group, responsável pela Pegasus, alega …

Primeiro-ministro espanhol diz que coronavírus desafia o futuro da UE. E fá-lo em sete idiomas

O primeiro-ministro espanhol Pedro Sánchez publicou no domingo um artigo em sete idiomas europeus, argumentando que o coronavírus pode ser a ruína da União europeia (UE) caso não sejam tomadas medidas mais drásticas para lidar …