Investigação às agressões na Academia do Sporting foi contra a Lei

Mário Cruz / Lusa

Academia de Alcochete

A investigação ao caso das agressões na Academia do Sporting “contrariou” a Lei de Organização da Investigação Criminal, acusam investigadores da Polícia Judiciária, defendendo que o processo devia ter sido entregue a esta força policial e não à GNR.

A entrega da investigação às agressões na Academia do Sporting, em Alcochete, à GNR “contrariou” a Lei de Organização da Investigação Criminal, denuncia o presidente da Associação Sindical dos Funcionários de Investigação Criminal (ASFIC) da Polícia Judiciária (PJ) em declarações à TSF.

Ricardo Valadas refere que “não se compreende muito bem” a decisão da procuradora Cândida Vilar, que é responsável pelo processo de inquérito que corre no Ministério Público (MP), de ter entregue os procedimentos de investigação à GNR.

Este responsável constata que a “investigação devia ter sido entregue a quem tem meios e conhecimentos para o crime”, designadamente para o crime de terrorismo que está incluído na acusação. Segundo a lei, este crime de terrorismo é “da competência reservada” da PJ, por se encontrar no rol do que é considerada a “criminalidade grave e complexa”.

O único órgão competente para investigar este crime é a Unidade Nacional Contra-Terrorismo da PJ, conforme defende Ricardo Valadas, salientando que o facto de ser a GNR a investigar o caso pode por “em causa a qualidade da investigação”.

Na acusação do MP, a procuradora Cândida Vilar deixa alguns reparos que podem ser entendidos como uma alegada falta de colaboração da PJ no processo, nomeadamente frisando que a investigação não foi “totalmente concluída” por faltarem dados sobre as chamadas telefónicas de André Geraldes, ex-braço-direito de Bruno de Carvalho, suspeito de ser o autor moral do ataque.

Cândida Vilar sublinha que, “apesar das insistências verbais e por escrito“, “a PJ não transmitiu qualquer informação sobre o conteúdo dos telefonemas e mensagens”.

ZAP //

PARTILHAR

1 COMENTÁRIO

  1. Chamem o IVOOOOOO!
    Estão todos inocentes a investigação não poderia ser efectuada.
    Já hoje vimos na comunicação social outro caso de insucesso do ministério público.
    Vamos ser nós, o Povo, a Pagar as indemnizações que o criminoso, condenado e preso, Pedro Dias teria que pagar, porque o ministério público não teve competência e falhou.
    Como o MP falhou, o criminoso já não paga a indemnização que teria que pagar.
    Quem têm direito à indemnização também não a perde.
    Pagamos nós, porquê??? alguém consegue explicar isto de forma compreensiva???
    Apenas tivemos conhecimento deste caso através da comunicação social, porque a defesa fez questão de divulgar a incompetência do MP.
    A defesa aproveitou e muito bem, a incompetência do MP, que não têm qualquer responsabilidade do que fez e vamos nós pagar a indemnização pelos actos praticados pelo criminoso.
    Se não vivemos num mundo louco o que é isto???

RESPONDER

O primeiro protótipo em tamanho real da Starship explodiu durante um teste

O primeiro protótipo completo em aço inoxidável da nave Starship da empresa norte-americana Space X explodiu durante um teste levado a cabo na passada quarta-feira, 20 de novembro, nos Estados Unidos. O incidente ocorreu nas …

Ex-governador brasileiro condenado a mais de 10 anos de prisão

O ex-governador do estado brasileiro de Minas Gerais foi condenado, esta quinta-feira, a uma pena de 10 anos e seis meses de prisão pela Justiça Eleitoral do país. Fernando Pimentel foi considerado culpado dos crimes de …

Áudio das viagens na Uber vai poder ser gravado

A partir de dezembro, a Uber vai passar a oferecer aos utilizadores no Brasil e no México a possibilidade de gravar o áudio da viagem com o objetivo de melhorar a segurança do motorista e …

Mourinho quer ser campeão no próximo ano (e não precisa de reforços)

O treinador português foi oficialmente apresentado como técnico do Tottenham, esta quinta-feira, e diz que já tem em vista a conquista do campeonato na próxima época. José Mourinho admitiu hoje que o título de campeão inglês …

Casal homossexual de pinguins "roubou" um ovo para poder ter a sua família

Um casal homossexual de pinguins de um jardim zoológico na Holanda estava tão ansioso por ter as suas crias que não resistiu à tentação e acabou por roubar um ovo de outro par. De acordo com …

Gabriel renova contrato com o Benfica até 2024

O médio brasileiro renovou contrato por mais uma época com o Benfica, até 2024, anunciou, esta quinta-feira, o clube no seu site oficial. "Estou muito feliz com esta renovação por mais um ano, é uma forma …

Malta Files permitiu ao Fisco recuperar milhões. Rui Pinto diz que foi um dos denunciantes

O pirata informático assumiu, esta quinta-feira, ter sido um dos denunciantes dos Malta Files, que permitiu ao Fisco identificar cidadãos e empresas portugueses que se aproveitaram do regime fiscal maltês para pagar menos impostos. "De acordo …

Há 5 anos que aparecem maços de notas nas ruas de uma aldeia inglesa (e ninguém sabe porquê)

Os residentes de uma aldeia inglesa andam a descobrir maços de notas nas ruas desde 2014. Um mistério que, até agora, ninguém conseguiu explicar. Mas há várias teorias e uma envolve o Pai Natal! O dinheiro …

Em 2018, só nove crianças foram colocadas em famílias de acolhimento

Apenas nove crianças tiveram uma medida de proteção em regime de acolhimento familiar em 2018, sendo que quase todas as crianças sinalizadas pelas comissões de menores ficaram na família, a maioria junto dos pais. De acordo …

Militar da GNR diz que droga apreendida na "casinha" era da Juve Leo

Decorreu, esta quinta-feira, a terceira sessão do julgamento da invasão à academia do Sporting, que decorre no tribunal de Monsanto, em Lisboa. O militar da GNR João Oliveira admitiu hoje, em tribunal, que a posse da …