Internamentos evitáveis aumentaram na última década

ABr

foto: ABr

foto: ABr

Os internamentos em hospitais portugueses motivados por casos que podiam ser controlados nos centros de saúde aumentaram mais de 7% na última década, o que aponta para alguma incapacidade dos cuidados primários, indica um estudo português.

O estudo sobre o impacto do internamento dos doentes crónicos no Serviço Nacional de Saúde (SNS), elaborado por cinco especialistas, refere que “aumentou consideravelmente” o volume de casos clínicos por patologias que podiam ser tratadas nos cuidados primários, um acréscimo tanto em valor absoluto, como face à população residente em Portugal.

Em 2004 havia 1.475 internamentos evitáveis por 100 mil habitantes, quando, em 2012, eram quase 1.600, ano em que representaram 18% de todos os internamentos no SNS.

No estudo, que é hoje apresentado pela empresa IASIST e a que a Lusa teve acesso, foram analisados casos referentes a seis patologias e que poderiam não ter sido encaminhados para cuidados hospitalares, que são mais complexos, mais dispendiosos e com riscos acrescidos para o doente.

Apesar disso, os autores referem que não foi seu objetivo analisar o impacto económico desta procura hospitalar potencialmente evitável.

O aumento destas situações, no entanto, num quadro em que os internamentos globais diminuíram, leva os autores a considerar que os cuidados de saúde primários poderão não ter conseguido “ser suficientemente resolutivos (…), manifestando uma incapacidade crescente para travar uma procura inadequada de internamento hospitalar”.

Dentro das seis doenças analisadas, o estudo faz uma distinção entre os internamentos que podiam ter sido evitados, mesmo no momento da procura hospitalar, e aqueles em que o internamento é necessário mas que podiam ter sido evitados através de controlo dos cuidados primários.

Do total de internamentos potencialmente evitáveis, o estudo refere que 60% dizem respeito a internamentos necessários no momento em que se dá a procura hospitalar.

Para os autores, este dado é “particularmente preocupante”, pois estes internamentos implicam situações clínicas que não foram acompanhadas de forma continuada e preventiva, “provocando o agravamento da doença e a necessidade objetiva do internamento”.

“Embora se verifique, globalmente, uma diminuição dos internamentos nos hospitais, parece haver uma clara tendência para o aumento dos internamentos potencialmente evitáveis mediante a intervenção dos cuidados de saúde primários, principalmente daqueles em que o internamento se justifica no momento da manifestação de procura”, resume o estudo.

Das doenças abordadas, os dados da diabetes, da hipertensão e das patologias cerebrovasculares mostram que diminuiu, entre 2004 e 2012, o número de internamentos de doentes que podiam ter tido controlo nos centros de saúde.

Pelo contrário, no caso da doença pulmonar obstrutiva crónica e da insuficiência cardíaca, estes internamentos potencialmente evitáveis têm aumentado.

Relativamente à asma, a situação manteve-se praticamente inalterada, “o que poderá indicar uma evolução pouco positiva no controlo do doente asmático”, nomeadamente no que diz respeito à prevenção de episódios agudos.

Numa análise às regiões do país, a de Lisboa e Vale do Tejo foi a que demonstrou piores resultados no conjunto das seis doenças estudadas, enquanto a zona Norte foi a que apresentou os melhores, exceto no caso da doença pulmonar obstrutiva crónica.

/Lusa

PARTILHAR

RESPONDER

Segunda vaga da covid-19 aumenta fosso entre ricos e os pobres em Madrid

A capital de Espanha foi a mais atingida da Europa ao nível de contágios e mortes por covid-19, situação que levou a presidente da Comunidade de Madrid, Isabel Díaz Ayuso, a decretar o bloqueio parcial …

Sobrinho de Pablo Escobar terá encontrado 18 milhões escondidos na parede do apartamento do traficante

Um sobrinho do traficante colombiano Pablo Escobar disse que encontrou 18 milhões de dólares em dinheiro escondidos dentro de uma parede de um dos apartamento do seu tio. De acordo com o jornal britânico The Independent, …

Bebé nasce durante voo (e companhia aérea oferece-lhe "passagem vitalícia")

Foi durante uma viagem de avião que uma menina resolveu vir ao mundo A mãe da bebé viajava num voo da Egyptair quando entrou em trabalho de parto e teve direito a um presente inesperado. …

Pelo menos 22 mortos em queda de avião militar na Ucrânia

Pelo menos 22 pessoas morreram, esta sexta-feira, na queda de um avião militar no este da Ucrânia, entre as quais estudantes de uma escola militar, havendo ainda registo de dois feridos graves. "Vinte mortos e dois …

Empresas espanholas terão de pagar despesas dos funcionários em teletrabalho

A lei não se aplicará se o teletrabalho tiver sido forçado pela pandemia de covid-19, mas a empresa terá de assumir, porém, as despesas dos funcionários que estejam a trabalhar à distância. De acordo com o …

Benfica: empresário de Everton já fala sobre futuro

"Não sei se vai sair daqui a um ano ou dois anos". Márcio Cruz confessa que o brasileiro ficou "muito chateado" quando o Benfica ficou fora da Liga dos Campeões. Everton é um dos reforços mais …

Direita religiosa está a "sabotar" a luta contra a covid-19 na Coreia do Sul

A relutância da direita religiosa sul-coreana em obedecer às regras sanitárias está a deixar o Governo preocupado. Teme-se uma segunda vaga do novo coronavírus no país. O facto de a Coreia do Sul ter suspendido os …

Greve climática no Ártico. Em protesto, Mya-Rose sentou-se num bloco de gelo durante 5 horas

Na greve climática mais a norte do mundo, Mya-Rose Craig, ornitóloga e defensora da natureza, clima e igualdade de direitos, foi fotografada a protestar em cima de um bloco de gelo no Ártico, a norte …

Detidas mais 5 pessoas após ataque junto à antiga redação do Charlie Hebdo

As autoridades antiterroristas de França detiveram mais cinco pessoas, com idades compreendidas entre os 24 e os 37 anos, na sequência da investigação ao ataque junto às antigas instalações do jornal satírico Charlie Hebdo. Os cinco …

Infinite Office. Facebook cria escritório virtual para auxiliar no teletrabalho

Para melhorar a experiência do teletrabalho, impulsionada pela pandemia de covid-19, o Facebook anunciou o novo escritório virtual Infinite Office. Há uns anos, o Facebook lançou o Oculus for Business, um pacote de software de realidade …