Infanta Cristina planeia exilar-se em Lisboa

OEA - OAS / Flickr

A infanta Cristina de Borbón,  filha do Rei Juan Carlos de Espanha

A infanta Cristina de Borbón, filha do Rei Juan Carlos de Espanha

A segunda filha do rei emérito de Espanha planeia estabelecer o seu domicílio em Lisboa, abandonando a Suíça, país que escolheu para viver há vários anos desde que enfrenta problemas com a justiça espanhola.

A mudança de Cristina e Iñaki Urdangarin, que se encontra desempregado, para a capital portuguesa terá que ver com a opção do príncipe Aga Khan – atual chefe da Infanta e amigo íntimo do Rei Juan Carlos – de mudar a sede da sua fundação de Genebra para Portugal.

A irmã do rei de Espanha e o marido estão implicados no caso Nóos, um caso que continua a arrastar-se em tribunal em que a fundação com o mesmo nome terá sido utilizada para desvios de dinheiros públicos por parte do marido da Infanta Cristina.

A íntenção do príncipe Aga Khan, líder da comunidade Ismaili, de se estabelecer no nosso país não é novidade, mas a mesma começa a acontecer ao poucos.

A 11 de maio, Aga Khan adquiriu em hasta pública o palácio Henrique Mendonça por um valor de doze milhões de euros.

Segundo publicações internacionais, acredita-se que o local, onde já se iniciaram obras de restauro, será o escolhido para albergar os novos escritórios onde Cristina desempenhará funções.

A acontecer, a mudança para Lisboa poderá estar para breve e servirá de fuga à polémica que o casal enfrenta em Espanha, país que raramente visita para não causar transtornos ao reinado do seu irmão, Felipe.

Também o rei Juan Carlos passou uma temporada de mais de trinta anos de exílio em Portugal, no Estoril.

Move

PARTILHAR

6 COMENTÁRIOS

  1. Não vai faltar companhia à Sr.ª Dona Infanta Cristina. Existem em Portugal muitos (mais do que seria razoável) amigos com as mesmas “skills” que ela e marido. Poderão partilhar experiências e know-how num país de impunidade… e de regime fiscal muito favorável às fortunas!

  2. Minha querida infanta Cristina: espero e desejo que sejas bem vinda a Lisboa. Aqui, terás o sossego que precisas e tempo para mostrar que jamais incorreste em actos ilícitos. Os teus olhos não mentem, por mais que te queiram enredar. Só espero que fiques entre nós até ao fim dos teus dias, mas que jamais deixes de visitar a Espanha, mesmo que te recebam com quatro pedras na mão. Não esqueças, a tua mãe, senhora nossa, gosta de ti. Sempre que possas, visita-a e oferece-lhe um ramo de flores. E quando, finalmente, a tormenta estiver completamente extinta, avalia bem se o teu marido é quem tu julgas que é. Isso será muito importante para a tua vida social, sentimental e afectiva.

Itália volta a disputar a fronteira do Monte Branco com França

Depois das autoridades francesas imporem medidas restritivas que afetaram o território italiano, o país reacendeu uma disputa antiga com França. Em causa estão os direitos de fronteira do Monte Branco. Luigi Di Maio, ministro das Relações …

Maior queda do mês no preço dos combustíveis. Gasóleo atinge mínimos de 4 meses

A partir de hoje os preços dos combustíveis irão baixar, e esta será a maior queda do mês. No que diz respeito ao preço da gasolina, esta deverá cair um cêntimo para 1,387€ por litro. …

Mais de 500 detidos nos protestos contra Lukashenko. Segue-se a greve geral

A greve geral anunciada pela líder da oposição bielorrussa no exílio para exigir a saída do Presidente começou, esta segunda-feira, com protestos tímidos e detenções em todo o país. "O prazo para cumprir as exigências do …

Polacos protestam contra acórdão que torna o aborto quase impossível

Milhares de polacos têm-se manifestado, nos últimos dias, contra a proibição quase total do aborto, quando as leis do país estavam já entre as mais restritivas da União Europeia. Na última quinta-feira, o Tribunal Constitucional polaco …

Japão promete "uma sociedade neutra em termos de carbono" até 2050

O Japão quer alcançar a neutralidade de carbono até 2050, disse hoje o primeiro-ministro japonês Yoshihide Suga, um caminho que se afigura complicado, devido à dependência do país do carvão. Numa altura em que cada vez …

"Nada nos vai fazer recuar". Macron desperta a raiva do mundo muçulmano (e enfurece Erdogan)

Emmanuel Macron, presidente de França, assumiu posições muito claras na defesa da liberdade de exibir as caricaturas de Maomé, no âmbito da homenagem ao professor decapitado na semana passada, suscitando protestos em vários países muçulmanos. "Nada …

Merkel avisa Alemanha que os próximos meses vão ser “muito difíceis”

A chanceler alemã, Angela Merkel, avisou a Alemanha de que os próximos meses vão ser "muito difíceis", já que o número de infeções por covid-19 continua a crescer diariamente, tendo-se registado 8.685 nas últimas …

Portugal acusado de bloquear lei europeia contra evasão fiscal pelas multinacionais

Os governos português e sueco estão a ser acusados de bloquear, no Conselho da União Europeia (UE), a deliberação de uma lei contra a evasão fiscal por parte de grandes empresas multinacionais digitais. Segundo anunciou esta …

Consumo de antibióticos desce 22% durante a pandemia. Menos 1,1 milhões de embalagens vendidas

O consumo de antibióticos registou uma descida na ordem dos 22% nos primeiros oito meses deste ano. Venderam-se menos 1,1 milhões de embalagens, quando comparado com igual período do ano passado. Entre janeiro e agosto deste …

Portugal regista mais 2.447 casos e 27 mortes por covid-19

Nas últimas 24 horas, Portugal registou mais 2.447 casos positivos e 27 mortes por covid-19. A informação foi divulgada, esta segunda-feira, no boletim epidemiológico da Direção-Geral da Saúde (DGS). O boletim epidemiológico divulgado hoje revela que …