INE confirma crescimento de 2,8%, o mais positivo dos últimos 10 anos

O Instituto Nacional de Estatística confirmou, esta quarta-feira, que a economia portuguesa cresceu 2,8% em termos homólogos e 1% em cadeia no primeiro trimestre deste ano, mantendo os números divulgados na estimativa rápida.

Desta forma, o INE confirmou que o desempenho homólogo do Produto Interno Bruto (PIB) no primeiro trimestre foi o mais positivo dos últimos dez anos, já que iguala o crescimento verificado no último trimestre de 2007, período em que a economia portuguesa cresceu também 2,8%.

Estes números confirmam também uma aceleração da economia portuguesa, que tinha crescido 2% em termos homólogos no primeiro trimestre de 2016 e 0,7% no último trimestre de 2016.

O INE explica que a aceleração do PIB no primeiro trimestre deste ano, em termos homólogos, “resultou do aumento do contributo da procura externa líquida“, devido a uma subida mais acentuada das exportações (+9,7%) do que a observada nas importações (+8%).

“As exportações de bens e serviços em volume registaram um crescimento mais intenso no primeiro trimestre, passando de uma variação homóloga de 6,6% no quarto trimestre para 9,7%, com ambas as componentes, bens e serviços, a contribuírem no mesmo sentido”, destaca o INE, salientando que as exportações de bens aumentaram 9,2% no primeiro trimestre e as de serviços apresentaram uma variação homóloga de 10,9%.

Também as importações de bens e serviços em volume aceleraram ligeiramente, aumentando 8% em termos homólogos, após um crescimento de 7,7% no trimestre anterior.

A procura externa líquida (as exportações subtraídas as importações) contribuiu com 0,5 pontos percentuais para o crescimento homólogo do PIB no primeiro trimestre deste ano, quando no trimestre anterior subtraía ao PIB 0,6 pontos percentuais, o que, segundo o INE, “traduziu a aceleração mais pronunciada das exportações de Bens e Serviços que a observada nas importações”.

Por outro lado, embora o contributo da procura interna para o PIB continue elevado (2,3 pontos percentuais) diminuiu no primeiro trimestre (eram 2,6 pontos no trimestre precedente).

A desaceleração da procura interna foi justificada sobretudo com o consumo privado, que registou uma variação homóloga de 2,2% no primeiro trimestre (abaixo da variação de 3% registada no trimestre anterior).

Em sentido oposto, verificou-se uma aceleração do investimento, que passou de um crescimento de 3,6% no quarto trimestre para 5,5% no primeiro trimestre.

O INE destaca que a Formação Bruta de Capital Fixo (FBCF) acelerou de 5,2% no quarto trimestre para 8,9%, sendo que o investimento em construção foi a componente que mais contribui para o crescimento da FBCF no primeiro trimestre, registando um aumento homólogo de 8,5% em termos reais (1,5% no trimestre anterior).

O consumo público apresentou uma taxa de variação homóloga de -0,4%, o que compara com uma variação nula no trimestre anterior. O INE recorda que a evolução do consumo público a partir do segundo semestre de 2016 foi influenciada pela alteração do período normal de trabalho na Administração Pública de 40 para 35 horas semanais, “com o consequente aumento do deflator da componente de remunerações e efeito negativo em volume”.

O INE dá conta também de que o emprego (corrigido de sazonalidade) aumentou 3,2% no primeiro trimestre, acima da subida de 2,4% registada no quarto trimestre.

// Lusa

PARTILHAR

3 COMENTÁRIOS

  1. Não sei se é o caso, mas por vezes, certas estatísticas que o INE divulga faz-me lembrar aquele ministro iraquiano que dizia que estava tudo bem e que os norte americanos ainda estavam longe….lol

  2. As duas meninas na foto devem fazer parte dos 25% de jovens à procura de um emprego, neste país em enorme crescimento e com níveis baixíssimos de desemprego. (?!)
    Há engenharia financeira, mas também há indicadores económicos cozinhados.
    Turismo à parte, o que sobra neste país de crescimento ?!

RESPONDER

Lisboa aumenta seis vezes IMI de prédios devolutos nos centros

A Câmara de Lisboa vai aumentar, em 2020, seis vezes a taxa do Imposto Municipal sobre Imóveis (IMI) para os prédios devolutos nas zonas de maior pressão urbanística, anunciou esta quarta-feira o vereador das Finanças, …

Polícia entrou na federação de futebol da Bulgária e deteve cinco pessoas

Já depois de Borislav Mihailov se ter demitido da presidência da federação da Bulgária, uma unidade da estrutura policial que luta contra o crime organizado no país entrou esta terça-feira na sede da federação, em …

Família holandesa vivia há 9 anos numa cave à espera “do fim dos tempos”

A policia holandesa encontrou uma família de seis pessoas na cave de uma quinta no nordeste do país, onde viviam em isolamento há nove anos e, segundo a imprensa, esperavam “o fim dos tempos”. A polícia …

Kim Jong-un subiu montanha sagrada a cavalo (e deixou a Coreia à espera de um grande anúncio)

O líder norte-coreano, Kim Jong-un, foi ao monte Paektu, a montanha considerada sagrada pelos norte-coreanos, dar um passeio a cavalo. As imagens foram divulgadas pela agência estatal KCNA, tendo surgido especulações de que virá aí …

Uma questão de físico. Já se sabe porque o Manchester United desistiu de João Félix

Foi a "falta de físico" que afastou João Félix do Manchester United. O clube inglês ponderou contratar a jovem estrela do Benfica, antes da sua mudança para o Atlético de Madrid, mas acabou por desistir …

Reino Unido e UE retomam negociações. Londres vai pedir adiamento se não houver acordo até sábado

O Reino Unido e a União Europeia (UE) retomam esta quarta-feira as negociações sobre o 'Brexit', depois de na véspera se ter anunciado que um acordo estaria iminente. "Ainda há trabalho a fazer", referiu o …

Filho de Biden quebra o silêncio. "Sei que não fiz nada errado"

O filho do ex-vice-Presidente norte-americano, que tem estado no centro do inquérito para a destituição de Donald Trump, admitiu que o seu percurso profissional na Ucrânia foi uma má decisão, rejeitando, porém, ter feito algo …

Já se sabe onde se vão sentar os novos partidos no Parlamento

A deputada do Livre vai sentar-se entre PCP e PS, o deputado da Iniciativa Liberal entre PSD e CDS-PP e o deputado do Chega o mais à direita, todos na segunda fila. A conferência de líderes …

Rota do Cabo: Funcionária emitiu 15 mil números de contribuinte fraudulentos em três anos

Funcionários das Finanças, da Segurança Social, do Serviço de Estrangeiros e Fronteiras e advogados estão entre os principais suspeitos desta rede criminosa de auxílio à imigração ilegal. A Polícia Judiciária (PJ) desmantelou, esta terça-feira, uma organização …

"É desonesto eu pagar". Paulo Maló revoltado por causa das dívidas do império que criou

O empresário e médico dentista Paulo Maló, fundador do grupo Malo Clinic, está revoltado com a possibilidade de ter que responder financeiramente no âmbito das dívidas de 70 milhões de euros que a empresa acumulou. O …