Nova imagem pode ajudar a explicar o estranho centro “cremoso” da Via Láctea

NASA / SOFIA / JPL-Caltech / ESA / Herschel

Luz infravermelha proveniente de redemoinhos de gás e poeira no centro da Via Láctea

Uma nova imagem incrivelmente detalhada do centro da Via Láctea pode ajudar a explicar um dos mistérios mais duradouros da nossa galáxia: o motivo pelo qual o seu “coração” está a perder estrelas.

Graças ao Stratospheric Observatory for Infrared Astronomy (SOFIA) temos agora uma nova imagem ainda mais nítida e detalhada do centro da nossa galáxia. A NASA divulgou a imagem tirada no espectro infravermelho, abrangendo uma distância de mais de 600 anos-luz e mostrando, em alta resolução, mais detalhes dos redemoinhos de gás e poeira que existem no coração da Via Láctea.

Esta imagem abre portas a pesquisas futuras sobre o processo de formação de estrelas massivas, assim como sobre o que alimenta o buraco negro supermassivo Sagittarius A*.

O SOFIA é o maior observatório aéreo do mundo, que voa no alto da atmosfera num Boeing 747 modificado. O observatório conta conta com uma a câmara infravermelha FORCAST, a responsável por esta nova imagem.

Esta câmara é capaz de observar a galáxia em comprimentos de onda de luz que outros tipos de telescópios não são capazes, justamente por analisar a parte infravermelha do espectro eletromagnético – ou seja, o observatório consegue “ver” através das nuvens de gás e poeira.

As densas nuvens de gás e poeira no centro da galáxia são áreas onde nascem novas estrelas. No entanto, no centro da Via Láctea, há 10 vezes menos estrelas do que o esperado. Por esse motivo é que se torna tão importante entender o que acontece no centro da galáxia – e a observação infravermelha é uma mais-valia.

De acordo com o CanalTech, estes novos dados podem ajudar a compreender como se formaram algumas das estrelas mais massivas da nossa galáxia, uma vez que estão demasiado próximas umas das outras naquela que é uma região relativamente pequena.

Além disso, compreender como acontece o nascimento destas estrelas fornece-nos informações que podem ajudar os cientistas a aprender mais sobre outras galáxias distantes, esclareceu ainda Matthew Hankins, investigador no Instituto de Tecnologia da Califórnia.

Em relação a esta nova imagem, os investigadores têm agora em mãos ainda mais informações sobre o material que alimenta o anel em torno do buraco negro supermassivo Sagittarius A*. Este anel tem cerca de 10 anos-luz e tem um papel fundamental na aproximação da matéria ao buraco negro, onde é, por fim, devorada.

ZAP //

PARTILHAR

RESPONDER

Mulan a preço premium estreia na Disney+ em setembro

A adaptação live-action de Mulan tem nova data de estreia. O anúncio foi feito pela Disney nesta terça-feira (4). O filme chega à plataforma de streaming Disney+ no dia 4 de setembro, estando disponível em …

Belgas trocam as voltas à pandemia e passam férias nas árvores

Enquanto uns passam o verão em casa, outros atrevem-se a ter uma experiência diferente. Alguns belgas estão a passar as noites de verão pendurados em árvores, em tendas em forma de lágrima. A pandemia de covid-19 …

Máscara inteligente traduz até oito línguas (mas não protege do coronavírus)

Esta máscara inteligente, criada por uma empresa japonesa, consegue traduzir o discurso do seu utilizador em várias línguas (mas, por si só, não o protege do novo coronavírus). Quando a pandemia de covid-19 transformou as máscaras …

Empresa fica com excedente de 40 mil quilos de frutos secos devido à covid-19

A GNS Foods, a empresa que nos últimos 30 anos forneceu os frutos secos à American Airlines, ficou com um excedente de 40 mil quilos por causa de restrições impostas devido à covid-19. Servir frutos secos …

Astronautas da NASA fizeram partidas por telefone para "matar" tempo durante o regresso à Terra

Os astronautas da NASA Bob Behnken e Doug Hurley fizeram algumas partidas por telefone durante o regresso à Terra a bordo cápsula Dragon, da empresa SpaceX de Elon Musk, num voo que foi duplamente histórico. …

Em plena pandemia, há um venezuelano que assegura os funerais no Peru

Ronald Marín é a última esperança para os habitantes de Comas, em Lima. O venezuelano é o único que realiza funerais católicos num cemitério longe do centro da capital, em plena pandemia. Vestido com uma túnica …

Covid-19 pôs mais de um milhão de portugueses em teletrabalho no 2.º trimestre

Um milhão de pessoas esteve em teletrabalho no segundo trimestre, sobretudo devido à covid-19, o equivalente a 23,1% da população empregada, enquanto mais de 600 mil não trabalharam nem no emprego nem em casa. De acordo …

Dia da Defesa Nacional regressa ao formato presencial a 2 de setembro

O Dia da Defesa Nacional, que está suspenso desde o dia 9 de março devido à pandemia de covid-19, irá regressar ao formato presencial a 2 de setembro, anunciou o Governo esta quarta-feira. Em comunicado, o …

Norte-americano detido depois de usar fundos da covid-19 para comprar um Lamborghini

As autoridades dos Estados Unidos detiveram um empresário que comprou um carro de luxo da marca Lamborghini com dinheiro que recebeu de programas federais para ajudar os afetados pelo novo coronavírus (covid-19). A notícia é …

FC Porto e Benfica disputam Supertaça a 23 de dezembro

O jogo da Supertaça, que vai opor o FC Porto ao Benfica e que deveria a abrir a temporada 2020/21, vai disputar-se a 23 de dezembro, anunciou, esta quarta-feira, a Federação Portuguesa de Futebol (FPF). Em …