Ilhas gregas em greve contra campos de refugiados sobrelotados

Anna Pantelia / Médicos Sem Fronteiras

A maioria das lojas e serviços públicos das ilhas gregas Lesbos, Samos e Chios estiveram fechados na quarta-feira, em protesto contra a forma como o Governo está a gerir a distribuição de migrantes pelo país.

De acordo com o Observador, habitantes, donos de negócios e funcionários públicos daquelas ilhas gregas decretaram 24 horas de protesto, na quarta-feira, contra o agravamento das condições nos campos de migrantes e refugiados, exigindo que o Governo alivie a pressão sofrida por estas ilhas.

Nalgumas instalações, o número de pessoas acolhidas ultrapassa em dez vezes a capacidade dos espaços. O campo de Moria, em Lesbos, foi desenhado para acolher cerca de 2800 pessoas e abriga mais de 19 mil.

Segundo testemunhos recolhidos pela AFP, nas praças centrais das três ilhas, centenas de pessoas exigiam que os requerentes de asilo sejam “partilhados por toda a Grécia”, defendendo que “a Europa deve assumir as suas responsabilidades” e deve acolher “mais migrantes”.

Os governadores regionais e presidentes de câmara dos três locais planeiam viajar para Atenas esta quinta-feira para apresentar as suas queixas ao Governo. Defendem um aumento do número de transferências de migrantes para instalações do continente e pedem esclarecimentos sobre os planos de construção de novos campos.

Recentemente, 17 organizações não governamentais alertaram para um crescente “clima de discriminação e xenofobia” para com os requerentes de asilo, que enfrentam “sérias ameaças ao seu bem-estar” e que colocam em risco a saúde pública.

De acordo com a Organização das Nações Unidas (ONU), em 2019, mais de 60 mil migrantes e refugiados entraram ilegalmente nas ilhas gregas, vindos da Turquia. Uma pequena parte foi transferida para instalações no continente mas a maioria aguarda uma resposta ao pedido de asilo, ficando durante meses nos campos das ilhas gregas.

ZAP //

PARTILHAR

RESPONDER

Mulan a preço premium estreia na Disney+ em setembro

A adaptação live-action de Mulan tem nova data de estreia. O anúncio foi feito pela Disney nesta terça-feira (4). O filme chega à plataforma de streaming Disney+ no dia 4 de setembro, estando disponível em …

Belgas trocam as voltas à pandemia e passam férias nas árvores

Enquanto uns passam o verão em casa, outros atrevem-se a ter uma experiência diferente. Alguns belgas estão a passar as noites de verão pendurados em árvores, em tendas em forma de lágrima. A pandemia de covid-19 …

Máscara inteligente traduz até oito línguas (mas não protege do coronavírus)

Esta máscara inteligente, criada por uma empresa japonesa, consegue traduzir o discurso do seu utilizador em várias línguas (mas, por si só, não o protege do novo coronavírus). Quando a pandemia de covid-19 transformou as máscaras …

Empresa fica com excedente de 40 mil quilos de frutos secos devido à covid-19

A GNS Foods, a empresa que nos últimos 30 anos forneceu os frutos secos à American Airlines, ficou com um excedente de 40 mil quilos por causa de restrições impostas devido à covid-19. Servir frutos secos …

Astronautas da NASA fizeram partidas por telefone para "matar" tempo durante o regresso à Terra

Os astronautas da NASA Bob Behnken e Doug Hurley fizeram algumas partidas por telefone durante o regresso à Terra a bordo cápsula Dragon, da empresa SpaceX de Elon Musk, num voo que foi duplamente histórico. …

Em plena pandemia, há um venezuelano que assegura os funerais no Peru

Ronald Marín é a última esperança para os habitantes de Comas, em Lima. O venezuelano é o único que realiza funerais católicos num cemitério longe do centro da capital, em plena pandemia. Vestido com uma túnica …

Covid-19 pôs mais de um milhão de portugueses em teletrabalho no 2.º trimestre

Um milhão de pessoas esteve em teletrabalho no segundo trimestre, sobretudo devido à covid-19, o equivalente a 23,1% da população empregada, enquanto mais de 600 mil não trabalharam nem no emprego nem em casa. De acordo …

Dia da Defesa Nacional regressa ao formato presencial a 2 de setembro

O Dia da Defesa Nacional, que está suspenso desde o dia 9 de março devido à pandemia de covid-19, irá regressar ao formato presencial a 2 de setembro, anunciou o Governo esta quarta-feira. Em comunicado, o …

Norte-americano detido depois de usar fundos da covid-19 para comprar um Lamborghini

As autoridades dos Estados Unidos detiveram um empresário que comprou um carro de luxo da marca Lamborghini com dinheiro que recebeu de programas federais para ajudar os afetados pelo novo coronavírus (covid-19). A notícia é …

FC Porto e Benfica disputam Supertaça a 23 de dezembro

O jogo da Supertaça, que vai opor o FC Porto ao Benfica e que deveria a abrir a temporada 2020/21, vai disputar-se a 23 de dezembro, anunciou, esta quarta-feira, a Federação Portuguesa de Futebol (FPF). Em …