Ilha japonesa vai testar estrutura flutuante para eliminar resíduos plásticos

The Ocean Cleanup

Detalhe do sistema de recolha de plástico de Boyan Slat

Detalhe do sistema de recolha de plástico de Boyan Slat

A ilha de Tsushima, no sul do Japão, deverá começar a testar até final deste mês, a viabilidade de uma barreira flutuante no mar para eliminar garrafas, sacos e outros resíduos plásticos presentes nas costas do arquipélago.

De acordo com um funcionário local, a decisão final deverá ser tomada em fevereiro, depois de as autoridades obterem a “luz verde” de pescadores e habitantes.

A experiência-piloto conta com a participação da Ocean Cleanup Foundation, organização holandesa fundada por Boyan Slat, que em 2011, com 16 anos, inventou um sistema de recolha de plásticos para salvar os oceanos dos plásticos flutuantes“.

A Ocean Cleanup Foundation espera conseguir instalar em Tsushima a sua plataforma, constituída um sistema de barreira flutuantes, no segundo trimestre de 2016.

O número plásticos que poluem os oceanos foi avaliado em 5.250 milhões de detritos .

A ideia é instalar uma plataforma e barreiras flutuantes ao largo da ilha de Tsushima, situada entre o Japão e a Coreia do Sul, e recuperar os detritos graças às correntes marinhas.

O sistema está construído para ser instalado a dois quilómetros de distância, sendo a maior estrutura flutuante alguma vez instalada no mar, afirmou a fundação holandesa no seu ‘site’.

A instalação das barreiras ao largo de Tsushima vai permitir à Ocean Cleanup Foundation estudar a sua “eficácia e durabilidade”.

The Ocean Cleanup

Em 2011, com 16 anos, Boyan Slat inventou o sistema de barreiras flutuantes que vai ser usado em Tsushima para limpar os plásticos do mar

Em 2011, com 16 anos, Boyan Slat inventou o sistema de barreiras flutuantes que vai ser usado em Tsushima para limpar os plásticos das costas ilha

Se o teste for um êxito, vai constituir uma importante etapa para o projeto de limpeza do oceano Pacífico, através da colocação de uma estrutura semelhante – com 100 quilómetros de comprimento – entre o Havai e a Califórnia (costa oriental dos Estados Unidos).

Constituída por barreiras – e não redes -, sob as quais podem circular peixes, o dispositivo não representa qualquer ameaça para a fauna marinha, de acordo com a fundação.

Tal como outras ilhas do arquipélago japonês, Tsushima recebe toneladas de lixo de toda a espécie nas suas costas e gasta, todos os anos, milhares de euros em limpezas.

“Conseguimos apanhar o lixo em zonas de pesca, em locais turísticos e nas praias, mas nem todos os sítios têm acesso fácil. Era preferível conseguir travar e apanhar o lixo no mar”, disse Takahito Abiru, um funcionário do departamento de ambiente de Tsushima.

/Lusa

PARTILHAR

RESPONDER

Arranca hoje a "contra-cimeira" contra "hipocrisia dos governos"

Enquanto na chamada "zona verde" se prepara a semana das negociações de alto nível da COP25, começa este sábado em Madrid uma contra-cimeira em que os movimentos ativistas procuram um contraponto ao que chamam a …

A maior parte dos produtos de maquilhagem está contaminada com superbactérias perigosas

Nove em cada 10 produtos cosméticos atualmente em uso estão contaminados com superbactérias potencialmente prejudiciais, incluindo E. coli e Staphylococci. Beauty blender, rímel e brilho labial são os produtos que contêm os mais altos níveis …

NASA gravou acidentalmente a explosão de um cometa a aproximar-se do Sol

Astrónomos usaram dados do telescópio espacial TESS para estudar a explosão de um cometa durante a sua aproximação ao Sol. A investigação resultou num artigo publicado em novembro na revista científica Astrophysical Journal Letters. Foi a …

Objeto de Hoag é uma galáxia dentro de uma galáxia (que está dentro de outra galáxia)

Se observar atentamente a Constelação da Serpente poderá ver uma galáxia dentro de uma galáxia que, por sua vez, está dentro de outra galáxia. Este grande mistério do Universo é conhecido como Objeto de Hoag. Descoberto …

Parker Solar Probe lança nova luz sobre o Sol

Em agosto de 2018, a Parker Solar Probe da NASA foi lançada para o espaço, tornando-se pouco tempo depois a sonda mais próxima do Sol. Com instrumentos científicos de ponta para medir o ambiente em …

Encontrado no mar das Malvinas navio alemão da I Guerra Mundial 105 anos depois de naufragar

O naufrágio de um cruzador alemão da I Guerra Mundial foi identificado nas Ilhas Malvinas, onde foi afundado pela Marinha britânica há 105 anos. O SMS Scharnhorst foi o principal ativo da esquadra alemã na Ásia …

Boavista 1-4 Benfica | Águia goleia no xadrez do Bessa

O Benfica deu o pontapé de saída da 13ª jornada com uma vitória competente na visita ao Boavista, por 4-1. Num jogo potencialmente perigoso para as aspirações “encarnadas”, frente a um adversário com somente uma derrota …

Cientistas desenvolvem técnica para determinar o humor através da caligrafia

Uma equipa de cientistas estudou a biomecânica dos movimentos das mãos a escrever e a desenhar, e desenvolveu um método para avaliar as propriedades individuais da velocidade de escrita e da pressão do lápis no …

Quase seis mil denúncias de agressões sexuais em viagens da Uber nos EUA

A plataforma de transporte de passageiros Uber divulgou na quinta-feira um relatório, revelando quase seis mil denúncias de agressões sexuais a utilizadores, motoristas e terceiros nos Estados Unidos (EUA), em 2017 e 2018. No relatório de …

Polícia de Los Angeles vai usar dispositivo "ao estilo Batman" para prender suspeitos

A polícia de Los Angeles, nos Estados Unidos, vai adotar, no início do próximo ano, um novo dispositivo, conhecido como BolaWrap 100, que dispara um cinto de fibra sintética a uma velocidade de 200 metros …