IKEA vai pagar 41 milhões a família de criança que morreu debaixo de móvel

O grupo sueco IKEA chegou a acordo para o pagamento de 46 milhões de dólares (cerca de 41 milhões de euros) aos pais de uma criança norte-americana que morreu em maio de 2017, após um móvel com gavetas da marca de mobiliário ter caído sobre o seu corpo.

Segundo noticiou o Público, citando o New York Times, Jozef, de dois anos, morreu sufocado. O modelo de cómodas Malm – um dos artigos mais populares da fabricante sueca -, já esteve envolvido na morte de pelo menos seis outras crianças.

A informação do acordo entre o advogado de Joleen e Craig Dudek, pais do menino, e a empresa foi avançada por um porta-voz da IKEA. A empresa foi processada em 2017 num tribunal da Pensilvânia, nos Estados Unidos (EUA), onde fica a sede norte-americana.

O advogado do casal argumentou que o grupo sabia que o design da sua linha de móveis era instável e que a cómoda tinha tendência para cair, tendo a família acusado-o também de não avisar os seus clientes sobre essa possibilidade.

Em maio de 2017, quando o pai foi verificar se estava tudo bem com Jozef no quarto onde este dormia, encontrou-o preso debaixo do móvel que tinha caído sobre ele. O menino morreu horas mais tarde por asfixia causada pela compressão mecânica do pescoço.

“Apesar de nenhum acordo alterar os eventos trágicos que nos trouxeram aqui, pelo bem da família e de todos envolvidos, estamos gratos que este caso tenha tido uma resolução. Continuamos comprometidos a trabalhar para resolver questões de segurança que são muito importantes para nós”, disse o porta-voz da IKEA, citado pela BBC.

Em 2016, a IKEA pagou 50 milhões de dólares (44 milhões de euros) a outras três famílias cujos filhos morreram depois do móvel com cerca de 32 quilos cair em cima das crianças.

Em 2015, a empresa lançou uma campanha nos EUA e no Canadá para convencer os donos das cómodas Malm a fixarem-nas às paredes. No ano seguinte, anunciou que iria recolher as cómodas Malm nos dois países depois de seis crianças terem morrido por causa da queda de móveis daquele modelo. De acordo com o New York Times, outras 91 crianças terão ficado feridas pelo mesmo motivo.

ZAP //

PARTILHAR

RESPONDER

PJ acredita ter detido homem que ateou fogo que matou animais em canil de Santo Tirso

A Polícia Judiciária (PJ) está "convencida" de que o autor do fogo que teve origem em Valongo e se estendeu a Santo Tirso, onde dezenas de animais morreram, é um eletricista que foi esta quarta-feira …

O nosso cabelo sabe o que comemos, onde moramos e quanto custou o corte

Milímetro a milímetro, o cabelo constrói um registo da nossa dieta. Como os fios de cabelo são construídos a partir de aminoácidos, preservam os traços químicos da proteína da comida que ingerimos. Os fios de cabelo …

Não foram meteoros. Uma forte atividade vulcânica arrefeceu a Terra há 13 mil anos

Porque é que a Terra arrefeceu repentinamente há 13 mil anos? Sedimentos antigos encontrados numa caverna no Texas, nos Estados Unidos, parecem ter resolvido este grande mistério. Alguns cientistas acreditam que o fenómeno que arrefeceu repentinamente …

Novo método prevê erupções solares com algumas horas de antecedência

Um novo método capaz de prever explosões solares poderia ajudar a Humanidade a preparar-se contra possíveis desastres causados por este fenómeno explosivo da nossa estrela. As erupções solares são explosões que ocorrem na superfície do Sol …

Mulan a preço premium estreia na Disney+ em setembro

A adaptação live-action de Mulan tem nova data de estreia. O anúncio foi feito pela Disney nesta terça-feira (4). O filme chega à plataforma de streaming Disney+ no dia 4 de setembro, estando disponível em …

Belgas trocam as voltas à pandemia e passam férias nas árvores

Enquanto uns passam o verão em casa, outros atrevem-se a ter uma experiência diferente. Alguns belgas estão a passar as noites de verão pendurados em árvores, em tendas em forma de lágrima. A pandemia de covid-19 …

Máscara inteligente traduz até oito línguas (mas não protege do coronavírus)

Esta máscara inteligente, criada por uma empresa japonesa, consegue traduzir o discurso do seu utilizador em várias línguas (mas, por si só, não o protege do novo coronavírus). Quando a pandemia de covid-19 transformou as máscaras …

Empresa fica com excedente de 40 mil quilos de frutos secos devido à covid-19

A GNS Foods, a empresa que nos últimos 30 anos forneceu os frutos secos à American Airlines, ficou com um excedente de 40 mil quilos por causa de restrições impostas devido à covid-19. Servir frutos secos …

Astronautas da NASA fizeram partidas por telefone para "matar" tempo durante o regresso à Terra

Os astronautas da NASA Bob Behnken e Doug Hurley fizeram algumas partidas por telefone durante o regresso à Terra a bordo cápsula Dragon, da empresa SpaceX de Elon Musk, num voo que foi duplamente histórico. …

Em plena pandemia, há um venezuelano que assegura os funerais no Peru

Ronald Marín é a última esperança para os habitantes de Comas, em Lima. O venezuelano é o único que realiza funerais católicos num cemitério longe do centro da capital, em plena pandemia. Vestido com uma túnica …