Igreja Católica abre porta a padres casados na Amazónia

catholicism / Flickr

O papa Francisco

O Vaticano vai debater a possibilidade de homens casados se tornarem padres nas áreas remotas da Amazónia, região sul-americana que sofre com a escassez de religiosos, avança a agência noticiosa AP.

A proposta, precisa a agência, é mencionada num documento publicadao para uma reunião de bispos da Bolívia, Brasil, Colômbia, Equador, Guiana Francesa, Guiana, Peru, Suriname e Venezuela, que decorrerá entre 6 e 27 de outubro.

“Afirmando que o celibato é uma dádiva para a Igreja, solicita-se que, para as áreas mais remotas da região seja estudada a possibilidade de ordenação sacerdotal para anciãos, preferencialmente indígenas, respeitados e aceites pela sua comunidade, mesmo que já tenham família constituída e estável”, pode ler-se no documento.

O celibato divide os altos círculos católicos, tendo sido implementando a partir do século XI pelo Papa Gregório VII. Como o celibato é uma disciplina e não uma doutrina, este poderia ser modificado se assim fosse decidido.

Em declarações ao Diário de Notícias, o padre Anselmo Borges considera que ser “absolutamente claro” que vai ser decidido neste sínodo a possibilidade de a Igreja universal ordenar homens casados.

Para sustentar estas palavras, recorre às declarações “muito significativas” do cardeal Walter Kasper, um teólogo de relevância que o Papa escuta com muita atenção. “Se os bispos concordassem em ordenar homens casados, o Papa, na minha opinião, aceitaria essa posição. O celibato não é um dogma, não é uma prática inalterável”, disse numa entrevista ao jornal alemão Frankfurter Rundschau.

“A questão do celibato só aparece no segundo milénio do cristianismo. Jesus não impôs essa lei, não se pode impor aquilo que Jesus entregou como opção“, afirma ainda o padre Anselmo Borges, que é também professor de Filosofia. “Hoje sabemos que o celibato não é cumprido por quantos?”, indaga.

Questionado sobre se o eventual fim do celibato trará mais gente à Igreja, o sarcedote é claro: “A Igreja não tem que viver em função de trazer mais gente ou não, tem de viver em função do Evangelho. Jesus instituiu a Eucaristia, mas há muitas comunidades onde não há padres, portanto não há celebração”, rematou.

No caso específico do Brasil, o fim do celibato é já um problema antigo: os bispos brasileiros pressionam há muito a Igreja para colocar a medida em prática, sustentando que para cada 10.000 católicos há apenas um sacerdote.

Os mesmos bispos apontaram já também a possibilidade de ordenar mulheres como diáconos, bem com outras medidas para enfrentar os problemas da comunidade indígena na Amazónia, como a desflorestação, a exploração industrial e a competição com igrejas pentecostais, que têm uma presença notória entre as comunidades da região.

No que respeita à ordenação de mulheres, Anselmo Borges reconhece, citado pelo diário, que há ainda um longo caminho a percorrer. “A Igreja é machista e misógina e é das últimas monarquias absolutas”. Apesar de reconhecer que a Igreja poderá sofrer pressões nesse sentido, o sacerdote não acredita nesta mudança.

Ainda assim defende que devia ser dada às mulheres uma oportunidade quanto ao sacerdócio, tanto mais que “Jesus queria que fossem constituídas comunidades de discípulos e discípulas”, concluiu em declarações ao diário.

ZAP //

PARTILHAR

RESPONDER

Programa da SIC Notícias comentou eleições em dia de reflexão. CNE deixou aviso

O "Programa Cujo Nome Estamos Legalmente Impedidos de Dizer", da SIC Notícias, falou sobre as eleições em dia de reflexão, porque "comentário não é propaganda eleitoral". As eleições autárquicas estão marcadas para este domingo e, como …

Os dentes das formigas-cortadeiras são tão resistentes como facas

Um novo estudo indica que as formigas-cortadeiras têm uma teia de átomos de zinco entrelaçados na estrutura biológica das mandíbulas, o que lhes dá a durabilidade de um conjunto de facas de aço inoxidável. De acordo …

Francisco George defende vacinação de crianças com menos de 5 anos contra a covid-19

As crianças maiores de cinco anos devem ser vacinadas contra a covid-19, desde que a segurança e a eficácia da vacina estejam comprovadas cientificamente nestas idades, defende o médico especialista em saúde pública Francisco George. A …

Cientistas imprimiram, pela primeira vez, células cerebrais vivas em 3D

Uma equipa de cientistas usou uma nova técnica laser e conseguiu imprimir em 3D células cerebrais vivas. A maioria dos neurónios sobreviveram durante mais de dois dias após terem sido impressos em 3D, o que significa …

Descoberto antídoto contra agentes nervosos tipo Sarin e Novichok

Uma equipa do Laboratório Nacional Lawrence Livermore (LLNL), nos Estados Unidos, desenvolveu um antídoto que neutraliza a exposição ao envenenamento por agente nervoso. O estudo, que foi publicado na revista Scientific Reports, foi o resultado de …

Marte sobreviveu a super-erupções (que libertaram "oceanos" de poeira e gases tóxicos)

A região de Arabia Terra, situada no norte de Marte, já foi palco de erupções suficientemente potentes para libertar "oceanos" de poeira e gases tóxicos no ar.  A NASA confirmou, recentemente, que uma região do norte …

Vulcão, La Palma

O Cumbre Vieja também tem negacionistas. "É tudo orquestrado"

Nos últimos dias, as redes sociais têm-se tornado o palco dos "negacionistas dos vulcões" que defendem que, por trás da erupção do Cumbre Vieja, há mão humana. Nas redes sociais já há negacionistas do vulcão Cumbre …

Selecção da Lituânia falhou os Mundiais porque...chegou atrasada

Per Strand venceu, António Morgado ficou em sexto, mas os ciclistas da Lituânia acabaram por marcar a prova de estrada de juniores, nos Mundiais em Flandres. Per Strand Hagenes é o novo campeão mundial júnior de …

Gil Vicente 1-2 Porto | Dragão canta de galo com dois golaços

Foi sofrer até ao fim. Sérgio Conceição tinha alertado que não seria fácil bater o Gil Vicente e foi isso que ocorreu na noite desta sexta-feira em Barcelos. O FC Porto apenas a um minuto dos …

Na II Guerra Mundial, um erro "humilhante" destruiu dois imponentes navios de guerra da Marinha Real

No dia 10 de dezembro de 1941, os japoneses afundaram os imponentes Prince of Wales e Repulse. A culpa foi do almirante Thomas Phillips que, na sequência de um "erro humilhante", acabou também por falecer. Winston …