Idade da reforma sobe em 2018 para 66 anos e quatro meses

A idade normal de acesso à reforma vai aumentar um mês em 2018, para os 66 anos e quatro meses, fruto da evolução da esperança média de vida, de acordo com a portaria publicada esta terça-feira em Diário da República.

A idade normal de acesso à pensão de velhice varia em função da evolução da esperança média de vida aos 65 anos verificada entre o segundo e o terceiro ano anteriores ao ano de início da pensão, em conformidade com a fórmula em vigor e é calculado tendo por base os dados da esperança média de vida publicados pelo Instituto Nacional de Estatística no final de novembro.

De acordo com o documento, “a idade normal de acesso à pensão de velhice do regime geral de Segurança Social, em 2018, nos termos do disposto no n.º 3, do artigo 20.º, do Decreto -Lei n.º 187/2007, de 10 de maio, na redação dada pelo Decreto –Lei n.º 167 -E/2013, de 31 de dezembro, é 66 anos e quatro meses“.

A portaria refere ainda que “o fator de sustentabilidade aplicável ao montante estatutário das pensões de velhice do regime geral de Segurança Social atribuídas em 2017, dos beneficiários que acedam à pensão antes da idade normal de acesso à pensão em vigor nesse ano, é de 0,8612”.

Isto significa que, à luz da fórmula de cálculo atualmente em vigor, os trabalhadores que se reformem depois de janeiro 2017 e antes da idade legal terão de contar com um corte de 13,88% devido ao fator de sustentabilidade, que acresce à penalização de 0,5% aplicável por cada mês de antecipação face à idade legal para a reforma.

Os pedidos de reforma antecipada feitos em 2016 tiveram um corte de 13,34%, resultado do aumento da esperança média de vida, por via da introdução do fator de sustentabilidade. Em 2015, este valor era de 13,02% e em 2014 era de 12,34%.

O documento hoje publicado estabelece ainda que “o fator de sustentabilidade aplicável ao montante regulamentar das pensões de invalidez relativa e de invalidez absoluta atribuídas por um período igual ou inferior a 20 anos, convoladas em pensão de velhice em 2017, é de 0,9291”.

O Governo tem vindo a prometer “para breve” medidas alternativas para evitar a penalização das pessoas que se queiram reformar e tenham carreiras contributivas de, pelo menos, 40 anos, mas não tenham atingido a idade para o fazer sem sanção.

“O ministro do Trabalho [Solidariedade e Segurança Social, Vieira da Silva] está a concluir esse trabalho e irá apresentar uma proposta. Há essa necessidade de justiça que é muito reclamada por uma geração que começou a trabalhar muito mais cedo do que hoje se começa a trabalhar”, afirmou António Costa, desafiado pelo líder comunista, Jerónimo de Sousa, no debate quinzenal no parlamento de 22 de fevereiro.

O chefe do Governo garantiu ao secretário-geral do PCP que o executivo vai “avançar” nesta matéria porque se trata de um universo de pessoas com “carreiras contributivas mais longas do que qualquer cidadão irá ter”.

Jerónimo de Sousa falava da “dupla penalização” das reformas e do benefício devido aos trabalhadores, do setor público e do setor privado, que tenham contribuído quatro décadas para o sistema da Segurança Social.

O regime transitório levado a cabo pelo Governo PSD/CDS-PP aplica uma redução de 0,5% por cada mês de antecipação em relação à idade normal de acesso à pensão de velhice, além do fator de sustentabilidade, introduzido pelo atual ministro do PS, Vieira da Silva, anteriormente em funções.

// Lusa

PARTILHAR

RESPONDER

Venezuela. Oposição anuncia nova fase de mais pressão contra o regime

O presidente do parlamento venezuelano, Juan Guaidó, disse na quarta-feira que a oposição tem mantido conversações com o governo dos Estados Unidos (EUA) e anunciou que chegou o momento de pressionar mais o regime liderado …

Sobrelotação dos canis leva a aumento de ataques de cães abandonados

A sobrelotação dos canis tem feito aumentar o número de ataques de cães abandonados registados pela GNR. Só os casos registados neste semestre quase superam os valores do ano passado inteiro. Os canis sobrelotados é um …

Nova Zelândia. Enquanto preside a debate parlamentar, presidente dá biberão a bebé

O presidente do parlamento da Nova Zelândia partilhou nas redes sociais, na terça-feira, uma imagem onde aparece a dar biberão ao filho de um colega de partido enquanto presidia ao debate. Trevor Mallard, presidente do Parlamento …

Trump é "narcisista" e "absurdo", dizem governantes. "Não falam assim comigo", responde Presidente dos EUA

O Presidente dos Estados Unidos (EUA) criticou na quarta-feira o tom "horrível" das declarações da primeira-ministra da Dinamarca, que considerou que a intenção de Donald Trump de comprar a Gronelândia era um "absurdo". "Achei que a …

Se o FC Porto perder na Luz, "adeptos vão pedir a cabeça de Conceição"

Ljubinko Drulovic, antigo jogador do SL Benfica e do FC Porto, disse que caso o FC Porto perca na Luz, os adeptos vão pedir a cabeça de Sérgio Conceição. Em entrevista à Rádio Renascença, o antigo …

"Variações" estreia-se hoje nas salas de cinema portuguesas

O filme de João Maia sobre o músico António Variações, que morreu em 1984, aos 39 anos, protagonizado pelo ator Sérgio Praia, estreia-se esta quinta-feira em cerca de 60 salas de cinema portuguesas. O filme é …

Mais videovigilância e segurança reforçada em bares e discotecas

A nova lei, que entra em vigor esta quinta-feira, alarga a instalação de videovigilância, obriga à contratação de um responsável pela segurança e a um segurança-porteiro em certos pontos dos bares. A partir desta quinta-feira, os bares …

Ordem queixa-se de falta de nutricionistas nas escolas públicas

A Ordem dos Nutricionistas tirou o chapéu à medida de restrição da publicidade em certos alimentos dirigida a crianças, dizendo que é um "passo importante". Contudo, afirma que "o caminho a percorrer ainda é longo". A …

Líder dos vinhos da Bacalhôa deixa grupo de Joe Berardo

Nomeado há um ano administrador delegado na Sociedade da Bacalhôa, Frederico Falcão deixou o grupo de Joe Berardo, investidor e empresário que está no centro da polémica devido às dívidas à banca de mais de …

PSP alerta: cuidado com as burlas com falsos acidentes em Lisboa

A Polícia de Segurança Pública (PSP) alertou esta quinta-feira a população da cidade de Lisboa para um esquema de falsos danos provocados em viaturas com o intuito de burlar os automobilistas. Em comunicado, a PSP explica …