Iceberg em possível rota de colisão com Geórgia do Sul está a partir-se e a mudar de forma

O iceberg gigante A-68A, a caminho da ilha Geórgia do Sul, partiu-se em vários pedaços e está a derreter numa média de 2,5 centímetros por dia, mudando continuamente de forma, mostram os dados de satélite.

A grande massa de gelo separou-se em 2017 da plataforma de gelo Larsen, na Antártida, e desde então tem sido monitorizada por satélites como o Sentinel-1, do programa Copernicus, e o Cryosat, ambos da Agência Espacial Europeia (ESA), além do Modis, da NASA, agência espacial dos Estados Unidos.

Desde que se separou a taxa média de fusão tem sido de 2,5 centímetros por dia e agora descarrega 767 metros cúbicos de água doce por segundo no oceano à sua volta, o que equivale a 12 vezes o caudal do rio Tamisa, o rio que banha Londres.

Na parte mais grossa o iceberg tem atualmente uma quilha de 206 metros de profundidade, pelo que os especialistas consideram ser “pouco provável” que se aproxime muito mais da ilha até que se desbaste ou se parta.

Dois fragmentos relativamente grandes que se separaram na última segunda-feira “são consideravelmente mais delgados”, com quilhas menos profundas, pelo que “representam uma maior ameaça imediata”, de acordo com um comunicado da ESA.

O iceberg tem preocupado os cientistas porque no último mês flutuou perigosamente perto do arquipélago das ilhas de Geórgia do Sul, que tem um ecossistema frágil formado por uma flora e fauna ricas e com pinguins e focas.

A futura trajetória do A-68A depende da profundidade da sua quilha em relação ao oceano à volta, mas devido à sua forma variável não tem sido possível determinar essa trajetória de forma exata.

O arquipélago fica num lugar remoto do Oceano Atlântico Sul, mas está rodeado de águas relativamente pouco profundas, que se estendem por dezenas de quilómetros.

Se a grande massa de gelo se aproximar demasiado poderá acontecer uma “libertação em massa” de água doce no mar à volta, com importantes impactos ambientais.

Cientistas do Centro de Observação e Modelação Polar, da Universidade de Leeds, no Reino Unido, fizeram a primeira avaliação da mudança de rota do iceberg, inicialmente chamado A-68 quando se separou da Antártida e tinha cerca do dobro do tamanho do Luxemburgo (passou a chamar-se A-68-A quando perdeu um grande fragmento).

As imagens mostram que se reduziu para metade da área inicial de 5.664 quilómetros quadrados, medindo agora 2.606 quilómetros quadrados.

Uma parte importante dessa perda foi através da criação de fragmentos mais pequenos, alguns deles ainda a flutuar.

ZAP // Lusa

PARTILHAR

RESPONDER

Primeiro motociclo voador do mundo pode alcançar uma velocidade de quase 490 km/h

A empresa Jetpack Aviation concluiu os testes referentes ao projeto Speeder, para o desenvolvimento de uma aeronave que faz descolagens e aterragens na vertical. Segundo a companhia, o veículo, que se assemelha a um motociclo, …

Scarlett Johansson processa Disney por estreia de "Viúva Negra" no streaming

A atriz norte-americana processou a Disney, esta quinta-feira, por violação do contrato, na sequência do lançamento digital do filme "Black Widow" na plataforma de streaming, adiantando que o seu salário estava dependente das receitas de …

Incidente com módulo russo fez EEI mudar de posição

A Estação Espacial Internacional (EEI) perdeu, esta quinta-feira, o controlo de orientação e saiu da posição configurada, na sequência de um incidente com o módulo russo Nauka. A situação, que se prolongou durante 47 minutos, aconteceu …

Relatório dos CDC indica que variante Delta é tão contagiosa como a varicela

Um relatório interno dos Centros de Controlo e Prevenção de Doenças (CDC) dos Estados Unidos indica que a variante Delta é tão contagiosa como a varicela. O jornal Washington Post teve acesso a este relatório interno …

Task force concorda que número de mortos e internados vacinados seja divulgado

A sugestão apresentada pelo presidente da Assembleia da República, de se divulgar os dados da vacinação nos internamentos e óbitos por covid-19, "é muito sensata", defendeu o coordenador da task force do plano de vacinação. Em …

Lucro da CGD sobe 18% para 294 milhões de euros no primeiro semestre

A Caixa Geral de Depósitos (CGD) registou 294 milhões de euros de lucro no primeiro semestre, mais 18% do que no período homólogo, foi anunciado esta sexta-feira. "A Caixa Geral de Depósitos registou 294 milhões de …

Acordar uma hora mais cedo diminui (muito) o risco de depressão

Estudo envolveu mais de 800 mil pessoas. Risco de cair em depressão desce 23%. Um estudo recente indica que, se uma pessoa se levantar uma hora mais cedo do que o habitual, o risco de cair …

Adeptos no Dragão: acabou o "enorme vazio no coração do FC Porto"

O Estádio do Dragão vai voltar a ter pessoas nas bancadas em jogos do FC Porto, 17 meses depois. O regresso vai acontecer na estreia na I Liga, contra o Belenenses SAD, e o clube …

México planeia libertar milhares de reclusos idosos ou que foram torturados

O Presidente do México, Andrés Manuel López Obrador, disse nesta quinta-feira que vai libertar por decreto reclusos detidos em circunstâncias especiais, como os que foram torturados, os maiores de 75 anos e os que estão …

DGS recomenda vacinação de jovens dos 12 aos 15 anos com comorbilidades

A diretora-geral da Saúde anunciou, esta sexta-feira, que a DGS só recomenda, para já, a vacinação contra a covid-19 de jovens dos 12 aos 15 anos com comorbilidades. Numa conferência de imprensa realizada esta sexta-feira, Graça …