Somos insignificantes: humanos representam apenas 0,01% da vida na Terra

Frank Tasche / Flickr

Um estudo recente, a primeira estimativa abrangente da biomassa da Terra, conclui que as 7,6 mil milhões de pessoas do mundo representam apenas 0,01% de todos os seres vivos no planeta.

De acordo com um estudo recente, conduzido por Ron Milo, do Instituto Weizmann de Ciência, em Israel, as 7,6 mil milhões de pessoas do mundo representam apenas 0,01% de todos os seres vivos no planeta.

No entanto, por muito insignificantes que sejamos, já causamos a perda de 83% de todos os mamíferos selvagens e metade das plantas do mundo, revela o estudo publicado recentemente na Proceedings of the National Academy of Sciences.

O estudo, que tem em consideração cada classe de seres vivos, muda algumas suposições que tínhamos sobre a biomassa do nosso planeta. As bactérias, por exemplo, são de facto uma forma de vida principal. Representam 13% da vida no planeta, mas as plantas ofuscam todos os outros seres, representando 82% de toda a matéria viva.

As restantes criaturas – insetos, fungos, peixes e outros animais – representam uns pequeníssimos 5% da biomassa mundial.

Mas as surpresas não ficam por aqui. A vida abundante dos oceanos, que ainda mal conhecemos, representa apenas 1% de toda a biomassa do planeta Terra. A maioria da vida está em terra e grande parte dela – um oitavo – são bactérias que vivem no subsolo.

Certo é que, apesar da nossa supremacia, em termos de peso, o Homo sapiens é irrelevante. Os vírus são três vezes mais do que os humanos, assim como os vermes. Os peixes são 12 vezes mais; insetos, aranhas e crustáceos 17 vezes mais; fungos 200 vezes mais; bactérias 1.200 vezes; e, por fim, as plantas, que são 7.500 vezes mais do que os seres humanos no planeta.

No entanto, apesar de insignificantes, transformamos de tal forma o planeta que os cientistas estiveram muito perto de declarar uma nova era: o Antropoceno, um termo usado para descrever o período mais recente na história do Planeta Terra.

O novo estudo revela que a avicultura representa atualmente 70% de todas as aves no planeta, com apenas 30% de aves selvagens. A imagem é ainda mais gritante para os mamíferos: 60% de todos os mamíferos da Terra são pecuários, principalmente bovinos e suínos, 36% são humanos e apenas 4% são animais selvagens.

Estes 4% devem-se à destruição do habitat selvagem para agricultura, extração de madeira e desenvolvimento por parte da ação humana. Muitos cientistas consideram que esta é a sexta extinção em massa da história.

Em relação aos animais silvestres, como ratos e elefantes, apenas um sexto ainda vive, número que surpreendeu até mesmo os cientistas. Nos oceanos, três séculos de pesca intensiva deixaram apenas um quinto dos mamíferos marinhos.

Para chegar a estas conclusões, os investigadores calcularam as estimativas de biomassa usando dados de centenas de estudos que usaram técnicas modernas, como o sequenciamento genético, por exemplo. Depois, avaliaram a biomassa de uma classe de organismos e determinaram em que ambientes esse vida poderia existir, para criar um total global.

Os cientistas usaram também o carbono como medida fundamental e descobriram que toda a vida contém 550 mil milhões de toneladas deste elemento.

Ainda assim, os cientistas reconhecem as incertezas substanciais destas estimativas, especialmente no que diz respeito às bactérias que vivem no subsolo. Ainda assim, acreditam que esta investigação apresenta uma visão geral e útil da distribuição da biomassa na Terra.

PARTILHAR

6 COMENTÁRIOS

  1. O ser humano pode ser insignificante, mas, faz mais estragos que os restantes 99,99% das espécies. Dito isto, é o ser relevante neste planeta!

  2. Caramba, que raio! Leio as notícias do ZAP mas estas estão SEMPRE de alaguma forma INCORRECTAS: afinal as pessoas do mundo representam apenas 0,001% de todos os seres vivos no planeta – ou 0,01???????????? Faz MUITA diferença não?….que raio…

    • Caro fmolina,
      Segundo pudemos perceber, e como tal contar, o humanos representam 0,01% da vida na Terra.
      Em que local encontrou referido o valor de 0,001% ?

      • Caro Zap,
        estava no sitio onde vocês corrigiram.

        Primeiro parágrafo no corpo do texto:
        “De acordo com um estudo recente, conduzido por Ron Milo, do Instituto Weizmann de Ciência, em Israel, as 7,6 mil milhões de pessoas do mundo representam apenas 0,001% de todos os seres vivos no planeta.”

        Não se lembram de terem actualizado a página entretanto?

        Cumprimentos,
        Filipe Silva

        • Caro Filipe,
          Quando um leitor nos aponta um erro, é nosso hábito corrigi-lo e reportar a correcção ao leitor, agradecendo-lhe o reparo. Poderá ter faltado este passo ao editor.
          Obrigado então pelo reparo.

  3. O ser humano é o mais destrutivo do seu meio ambiente, daí ser o mais prejudicial para o planeta, e enquanto não destruir o seu habitat não vai descansar. É pena é os restantes seres vivos pagarem com as asneiros do “Ser Humano”

RESPONDER

Concorrência quer novas regras para fidelizações nas telecomunicações

A Autoridade da Concorrência (AdC) quer mudanças nas regras impostas pelas operadoras de telecomunicações nos contratos de fidelização. Segundo um relatório da AdC, ao qual o Jornal de Negócios teve acesso e que será esta segunda-feira …

Se Trump fosse julgado perante um júri, seria condenado "em três minutos"

Caso o processo de impeachment avance, e Trump seja apresentado perante um júri, Jerry Nadler acredita que o presidente norte-americano seria considerado culpado "em três minutos". O presidente da comissão de Justiça da Câmara dos Representantes, …

Sangue, lágrimas e crianças escoltadas na primeira despromoção da história do Cruzeiro

O Cruzeiro desceu de divisão pela primeira vez na sua história. O último jogo do campeonato, que selou a despromoção, ficou marcado por episódios violentos entre adeptos e polícia. O cenário vivido no 'Mineirão', este domingo, …

Movimento "Convergência" prepara moção para convenção do Bloco (mas rejeita cisão)

Largas dezenas de elementos do Bloco de Esquerda (BE) estiveram reunidos para preparar uma moção para apresentar na próxima convenção do partido, mas rejeitam estar a criar uma nova tendência ou a preparar uma cisão. João …

Empresário lesou Fisco em 60 milhões, mas não tem de devolver nada

Um empresário do setor do ouro condenado a sete anos de prisão por fraude fiscal agravada não terá de devolver nenhuma parte dos 60 milhões de euros de prejuízo que deu ao Estado por não …

Maioria das pistolas Glock roubadas da PSP pode ter estado sempre com a polícia

Luís Gaiba defende que a contagem do armamento não estava atualizada e que, por isso, a maioria das armas alegadamente desaparecidas pode nunca ter saído da posse da polícia. O agente Luís Gaiba, suspeito do roubo …

Rússia banida dos Jogos Olímpicos e Mundiais por quatro anos

A Rússia foi banida, esta segunda-feira, de Jogos Olímpicos e Mundiais por quatro anos, na sequência de uma decisão, tomada por unanimidade, do comité da AMA que avalia o cumprimento dos regulamentos. A Rússia foi excluída dos …

Governo chinês bane compras públicas de computadores e software estrangeiros

O Governo chinês ordenou que todos os escritórios governamentais e instituições públicas removam computadores e software estrangeiros, ao longo dos próximos três anos, depois da decisão de Washington de banir aquisição de equipamentos da Huawei. A …

Arbitragem, relvado e azar. Sérgio Conceição explica deslize com o Belenenses

Desde a arbitragem ao relvado e de o azar à falta de discernimento, Sérgio Conceição explicou o empate contra o emblema de Belém. A equipa de arbitragem foi a principal visada. O FC Porto não foi …

A nova primeira-ministra da Finlândia é a pessoa mais nova de sempre a ocupar o cargo

A ministra dos Transportes da Finlândia, de 34 anos, foi escolhida para ser a próxima primeira-ministra do país, o que fará dela a pessoa mais nova de sempre — e terceira mulher — a ocupar …