Hotel no Peru vai ser demolido porque destruiu muro da época Inca

A justiça peruana determinou a demolição de um hotel da rede Sheraton que estava em construção em Cusco, por ter destruído, durante as obras, muros incas de 500 anos numa região considerada Património Cultural da Humanidade.

A decisão do juiz encarregado do caso encerra um processo de três anos entre autoridades de Cusco e a empresa encarregada da obra, que em 2016 paralisou a construção do hotel de sete andares.

“Para efeitos de restituir a situação de facto e de direito ao estado anterior à vulneração que sustenta esta demanda, ordene-se à Direção de Cultura de Cusco a abertura de um processo de demolição do construído ilicitamente no citado imóvel, que altera e destrói de forma contínua os muros arqueológicos pré-hispânicos e incas existentes”, escreveu o magistrado Wilber Bustamante, do Tribunal Superior de Justiça de Cusco.

A obra “distorce a harmonia e configuração tipológica do Centro Histórico de Cusco”, segundo a sentença publicada no passado domingo no jornal El Comercio, citada pelo Sapo Viagens. O juiz determinou à imobiliária R&G restituir as cinco plataformas e muros incas de pedra retirados para executar a obra.

No entanto, “o dano é irreversível”, disse, em declarações à estatal TV Perú Carlos Somocursio, presidente do Comité Técnico do Patronato Regional de Cusco. As obras eram realizadas numa área onde só é permitido construir edifícios de dois andares. Em abril, o ministério da Cultura havia multado a empresa em 2,2 milhões de dólares.

O prédio de sete andares, cuja construção foi paralisada pelas autoridades em 2016, quando estava quase concluída, fica dentro da Zona Monumental de Cusco, declarada Património Cultural da Humanidade pela Organização das Nações Unidas para a Educação, a Ciência e a Cultura (Unesco), em 1983.

Segundo as autoridades, a empresa que construía o hotel Sheraton de Cusco desmontou, entre 2012 e 2014, estes centenários muros incas sem a autorização do então Instituto Nacional de Cultura, que passou a ser depois o Ministério da Cultura.

Cusco é um dos principais centros turísticos do Peru e passagem obrigatória para quem quer visitar a cidadela inca de Machu Picchu. A construção foi paralisada em meio a uma grande polémica pela construção do moderno hotel de luxo, em meio a vestígios incas e construções coloniais.

ZAP //

PARTILHAR

1 COMENTÁRIO

RESPONDER

Putin e Erdogan iniciam negociações sobre a invasão militar na Síria

O presidente russo, Vladimir Putin, disse hoje que as boas relações entre a Turquia e a Rússia vão permitir influenciar as conversações que acabam de começar sobre a invasão turca da Síria. "A situação na região …

Presidente do Equador culpa Maduro pelos protestos e chama-o de "asno"

Lenín Moreno disse suspeitar de que o Governo venezuelano assegurou o financiamento das ações violentas durante os protestos no país, mas não apresentou provas. O Presidente do Equador, Lenín Moreno, acusou esta segunda-feira o chefe de …

PCP acusa Costa de "retrocesso e erro histórico" por "desmantelar" Ministério da Agricultura

Os dirigentes do PCP acusaram hoje o primeiro-ministro indigitado, António Costa, de cometer "um retrocesso e um erro histórico" ao proceder àquilo que consideram ser o desmantelamento do Ministério da Agricultura dada a nova fórmula …

Petrolíferas mentiram sobre o seu impacto durante décadas

O documento, intitulado "A América enganou", expõe como o setor da energia fóssil financiou e organizou uma “campanha de desinformação” para “suprimir a ação e proteger o status quo nas suas operações económicas. As petrolíferas …

Obstetra do caso do bebé sem rosto suspende realização de ecografias na gravidez

O médico Artur Carvalho, envolvido no caso do bebé que nasceu com malformações graves, comunicou ao bastonário dos Médicos que decidiu suspender a realização de ecografias na gravidez até à conclusão dos processos em análise …

Novas regras facilitam acesso ao subsídio de desemprego

Novas regras que vão entrar em vigor na próxima sexta-feira, dia 1 de novembro, vão facilitar o acesso ao subsídio social de desemprego. O número de meses necessários para aceder ao apoio foi reduzido de …

'Ciganofobia' está no dia-a-dia da sociedade e combate-se com informação, diz secretária de Estado

A secretária de Estado para a Cidadania e Igualdade disse na segunda-feira que a 'ciganofobia' acompanha o dia-a-dia da sociedade portuguesa e que a discriminação das comunidades ciganas se combate com informação e trabalho a …

Boeing. Um em cada três engenheiros diz "ter sentido pressão" para aprovar sistemas de segurança

Um em cada três engenheiros da Boeing disseram "ter sentido pressão" para aprovar sistemas de segurança e o próprio inquérito sublinha os perigos de haver profissionais a certificar o seu próprio trabalho. Engenheiros da maior …

Imperador Naruhito do Japão proclama entronização

O imperador Naruhito proclamou, esta terça-feira, a entronização durante uma cerimónia no Palácio Imperial, em Tóquio, na presença de dois mil convidados, entre eles chefes de Estado e representantes de cerca de 180 países. "Perante o …

Sem chamadas, nem mensagens ou dados móveis. NOS com falhas a nível nacional

Os clientes da empresa NOS estão a ter dificuldades no uso de comunicações móveis, com falhas nos serviços de chamadas, de mensagens e de dados de Internet. A falha é nacional e a empresa já …