Hotel no Peru vai ser demolido porque destruiu muro da época Inca

A justiça peruana determinou a demolição de um hotel da rede Sheraton que estava em construção em Cusco, por ter destruído, durante as obras, muros incas de 500 anos numa região considerada Património Cultural da Humanidade.

A decisão do juiz encarregado do caso encerra um processo de três anos entre autoridades de Cusco e a empresa encarregada da obra, que em 2016 paralisou a construção do hotel de sete andares.

“Para efeitos de restituir a situação de facto e de direito ao estado anterior à vulneração que sustenta esta demanda, ordene-se à Direção de Cultura de Cusco a abertura de um processo de demolição do construído ilicitamente no citado imóvel, que altera e destrói de forma contínua os muros arqueológicos pré-hispânicos e incas existentes”, escreveu o magistrado Wilber Bustamante, do Tribunal Superior de Justiça de Cusco.

A obra “distorce a harmonia e configuração tipológica do Centro Histórico de Cusco”, segundo a sentença publicada no passado domingo no jornal El Comercio, citada pelo Sapo Viagens. O juiz determinou à imobiliária R&G restituir as cinco plataformas e muros incas de pedra retirados para executar a obra.

No entanto, “o dano é irreversível”, disse, em declarações à estatal TV Perú Carlos Somocursio, presidente do Comité Técnico do Patronato Regional de Cusco. As obras eram realizadas numa área onde só é permitido construir edifícios de dois andares. Em abril, o ministério da Cultura havia multado a empresa em 2,2 milhões de dólares.

O prédio de sete andares, cuja construção foi paralisada pelas autoridades em 2016, quando estava quase concluída, fica dentro da Zona Monumental de Cusco, declarada Património Cultural da Humanidade pela Organização das Nações Unidas para a Educação, a Ciência e a Cultura (Unesco), em 1983.

Segundo as autoridades, a empresa que construía o hotel Sheraton de Cusco desmontou, entre 2012 e 2014, estes centenários muros incas sem a autorização do então Instituto Nacional de Cultura, que passou a ser depois o Ministério da Cultura.

Cusco é um dos principais centros turísticos do Peru e passagem obrigatória para quem quer visitar a cidadela inca de Machu Picchu. A construção foi paralisada em meio a uma grande polémica pela construção do moderno hotel de luxo, em meio a vestígios incas e construções coloniais.

ZAP //

PARTILHAR

1 COMENTÁRIO

RESPONDER

Quando chegaram à Europa pela primeira vez, as batatas eram "hereges"

Os espanhóis foram os primeiros europeus a encontrar batatas na América do Sul nos anos 1530. Porém, quando foram trazidas para o Velho Continente, não foram bem recebidas por todos. Depois de terem sido encontradas pelos …

Ano vai ser "inevitavelmente" de contestação social, avisa CGTP

O secretário-geral da CGTP, Arménio Carlos, disse esta sexta-feira que este ano vai ser “inevitavelmente” de contestação social se o Governo e as empresas continuarem a insistir num modelo de baixos salários. O líder da intersindical …

Maior ameaça ao crescimento português vem de Espanha

Diz o ditado popular que de Espanha nem bom vento, nem bom casamento. Mas, na verdade, o crescimento económico do país vizinho tem contribuído para puxar pela economia portuguesa. Agora, quando se prevê um abrandamento …

Cabo Verde esteve sem Internet durante 24 horas

O arquipélago de Cabo Verde voltou a ter acesso à Internet na tarde desta sexta-feira, cerca de 24 horas depois de uma instabilidade provocada por falhas no fornecedor internacional do serviço. O país tinha ficado sem …

Ventura em operação de charme no Porto depois de um atraso muito criticado no Parlamento

O deputado André Ventura, eleito pelo Chega, tem agendada para este sábado uma verdadeira operação de charme no Porto, com encontros com o presidente da Associação Comercial do Porto e com apoiantes do partido. Iniciativas …

Assistente social acusada de maltratar 14 crianças em centro de acolhimento

O Ministério Público (MP) acusa uma mulher de 46 anos, que era assistente social e diretora técnica de um centro de acolhimento na Maia, no distrito do Porto, de maltratar 14 crianças nesta instituição. De …

Marcelo não vê razão de preocupação com empresas portuguesas de Isabel dos Santos

O Presidente da República, Marcelo Rebelo de Sousa, disse esta sexta-feira ter sinais de que não há razão para preocupação nos setores económicos e empresas portuguesas nas quais a Isabel dos Santos está a vender …

Mina de lítio em Montalegre. "Impactes negativos minimizáveis” e 370 empregos

O Estudo de Impacte Ambiental (EIA) da concessão de exploração de lítio, em Montalegre, conclui que o projeto possui “impactes negativos” que, no entanto, “não são significativos”, “são minimizáveis” e de “abrangência local”. O EIA do …

Cristas faz o mea culpa e abandona o congresso. Corrida à sucessão faz-se a cinco

O 28.º congresso nacional do CDS arrancou este no Parque de Feiras e Exposições de Aveiro com o discurso da líder demissionária Assunção Cristas, que fez uma espécie de mea culpa e agradeceu aos centristas …

Sérgio Conceição sai do FC Porto no fim da época

O treinador do FC Porto, Sérgio Conceição, deixará o comando dos dragões no final da temporada. A derrota em casa com o Braga terá ditado a saída do técnico azul e branco. O técnico do FC …