Horacio Cartes, ex-Presidente do Paraguai, alvo de mandado de prisão no Brasil

OECD Development Centre / Flickr

O ex-Presidente do Paraguai, Horacio Cartes

Um juiz do Brasil emitiu esta terça-feira uma ordem de prisão contra o ex-Presidente paraguaio Horacio Cartes (2013-2018), num caso relacionado com a Operação Lava Jato, informaram fontes oficiais.

A decisão foi tomada pelo juiz brasileiro Marcelo Bretas, responsável pelas investigações no estado do Rio de Janeiro sobre os desvios milionários que ocorreram na empresa estatal petrolífera Petrobras e um vasto esquema de corrupção de dimensão internacional, noticiou a agência Lusa.

Os investigadores da Lava Jato suspeitam que o ex-Presidente paraguaio tenha ajudado na fuga de Darío Messer, brasileiro que negociava dólares no mercado paralelo, e que foi preso em São Paulo em julho passado, depois de fugir do Paraguai, indicou o G1.

Segundo as investigações, Darío Messer liderou uma sofisticada rede de branqueamento de capitais transnacional que movimentou milhões de dólares nas últimas décadas e foi uma figura essencial para a prática de crimes como corrupção e sonegação de impostos investigados na Lava Jato.

Darío Messer enfrenta vários processos judiciais no Brasil e no Paraguai desde o final de 1980, sendo suspeito de transferir dinheiro de forma irregular para políticos e empresários.

A operação realizada esta terça-feira, batizada com o nome de “Patrón”, inclui 20 ordens de prisão em diferentes endereços nos estados brasileiros do Rio de Janeiro, São Paulo, e no município de Ponta Porã, localizado na fronteira do Brasil com o Paraguai, segundo um comunicado da Polícia Federal.

A ação é realizada por cem agentes da Polícia Federal brasileira, juntamente com funcionários do Ministério Público Federal e do Tesouro. Os nomes dos investigados nesta operação, alguns dos quais residem no Paraguai e nos Estados Unidos (EUA), foram incluídos na lista da Interpol, informaram as autoridades brasileiras.

Darío Messer também é investigado no Paraguai, onde as autoridades suspeitam que este, o seu filho e o primo de Horacio Cartes, de quem a imprensa paraguaia diz que Darío Messer era amigo, teriam realizado operações irregulares naquele país por um valor de 40 milhões de dólares (36,1 milhões de euros).

A Justiça concedeu a Darío Messer a nacionalidade do Paraguai em 2017 porque este residia naquele país desde 1993, tendo-a retirado um ano depois quando as autoridades paraguaias descobriram que o brasileiro estava a ser “investigado por integrar uma organização criminosa” focada em branqueamento de capitais de dinheiro derivado de corrupção, através da compra e venda de dólares americanos.

A operação Lava Jato, iniciada em 2014, desvendou um vasto esquema de corrupção envolvendo a petrolífera Petrobras e outros órgãos públicos brasileiros, que levou à prisão de empresários, ex-funcionários públicos e políticos.

Lusa //

PARTILHAR

RESPONDER

Nicolas Bourbaki foi o maior matemático de sempre (mas nunca existiu)

Considerado como um dos maiores matemáticos de sempre, Nicolas Bourbaki não passava de um pseudónimo adotado por um grupo de grandes matemáticos, que revolucionou a matemática como a conhecemos. Nicolas Bourbaki está entre os maiores matemáticos …

No aquário do Tennessee, é uma enguia que acende as luzes da árvore de Natal

A enguia Miguel Wattson é a responsável pelo espírito natalício que se vive no Aquário do Tennessee, nos Estados Unidos. O Aquário do Tennessee, nos Estados Unidos, encontrou uma forma inusitada de celebrar esta época festiva: …

Há 34 anos, Diana dançou com Travolta. Agora, o seu vestido foi vendido por 261 mil euros

O vestido que a Princesa Diana usou para jantar na Casa Branca, em 1985, foi vendido por mais de 261 mil euros. O vestido azul que a Princesa Diana usou num jantar na Casa Branca, em …

Doentes crónicos com baixo nível de literacia em saúde recorrem mais às urgências

Os doentes crónicos e com um nível de literacia em saúde mais baixo utilizam mais vezes os serviços de urgência hospitalares e dos centros de saúde, bem como as consultas de medicina geral e familiar, …

Ártico viveu em 2019 o segundo ano mais quente em 119 anos

O Ártico viveu em 2019 o seu segundo ano mais quente desde 1900, de acordo com um relatório publicado na terça-feira, aumentando receios de degelo e aumento do nível da água. O Polo Norte está a …

Jardineiro encontra por acaso a obra mais procurada de Gustav Klimt. Estava no galeria onde foi roubada

Um funcionário da galeria de arte Ricci Oddi, na cidade italiana de Piacenza, encontrou por acaso a obra mais procurado do pintor austríaco Gustav Klimt. Estava na própria galeria, onde a obra terá sido roubada …

YouTube reforça políticas contra assédio online

O YouTube anunciou, esta quarta-feira, um conjunto de alterações às políticas que visam combater o assédio que existe na plataforma. O YouTube anunciou esta quarta-feira o reforço das suas políticas contra o assédio online, que preveem …

Deus bebé indiano vence caso em tribunal e reinvindica território sagrado

O Supremo Tribunal Indiano declarou Ram Lalla Virajman, um deus bebé, como o legítimo proprietário de Ayodhya, uma terra no norte da Índia considerada sagrada por muçulmanos e hindus. O tribunal decidiu que o Governo …

China usa comités partidários para manipular empresas estrangeiras

Em outubro, quando a Liga Norte-Americana de Basquetebol (NBA) tentou voltar atrás no apoio aos protestos em Hong Kong, foi criticada por se submeter ao regime autoritário da China. Mas são cada vez mais as …

Ângelo Rodrigues, Flamengo e Tinder. Os temas mais procurados pelos portugueses no Google

Ângelo Rodrigues, Flamengo, como saber onde votar, como funciona o Tinder e "Game of Thrones" estão entre os tópicos que os utilizadores portugueses do Google mais pesquisaram ao longo de 2019. Os dados são divulgados …