Homem morre em Guimarães. Terá sido picado por uma vespa

Um homem de 32 anos morreu em Guimarães depois de uma possível reação alérgica à picada de uma vespa. A vítima entrou em paragem cardiorrespiratória.

Um homem de 32 anos morreu no sábado à noite na freguesia de Infantas, concelho de Guimarães, suspeitando-se que terá sido picado por uma vespa, disse este domingo à Lusa fonte dos Bombeiros Voluntários de Guimarães. Contudo, ainda não se sabe qual era a espécie desta vespa.

Segundo a fonte, o alerta foi dado pelas 21h40, “para uma reação alérgica desconhecida”, tendo a vítima sido encontrada já em paragem cardiorrespiratória numa habitação na rua do Casal, freguesia de Infantas. “Há suspeitas de que poderá ter sido picado por uma vespa, mas só a autópsia confirmará”, acrescentou.

No local estiveram uma ambulância com dois elementos dos Voluntário de Guimarães e equipas da Viatura Médica de Emergência e Reanimação (VMER) de Famalicão e da ambulância de Suporte Imediato de Vida de Fafe.

O corpo foi transportado para o Instituto de Medicina Legal do Hospital de Guimarães para ser autopsiado.

Em agosto, duas pessoas morreram depois de serem picadas por vespas asiáticas. A primeira vítima foi um homem de 50 anos que faleceu na região da Beira Litoral após ter sido picado por vespas ou abelhas. Já a segunda, foi um homem de 79 anos de idade que morreu dois dias depois em Oliveira do Bairro, Aveiro, após ter sido atacado por vespas asiáticas.

A vespa-asiática não é considerada perigosa para os humanos, mas as suas picadas podem provocar choques anafiláticos e sintomas alérgicos, como dificuldades em respirar, calores e febre. Como é uma vespa maior do que as mais comuns, com mais veneno no ferrão, o ataque de um enxame inteiro pode revelar-se mais perigoso.

O maior perigo da vespa-asiática é para o meio-ambiente e para a biodiversidade, já que é carnívora e come abelhas e outros insectos polinizadores.

Na plataforma SOS Vespa pode acompanhar a geo-referenciação online dos ninhos da vespa-asiática em Portugal, bem como contribuir para a identificação e detecção de outros ninhos.

Na época da Primavera, as vespas asiáticas constroem ninhos de grandes dimensões, preferencialmente em pontos altos e isolados, sendo os principais efeitos da presença desta espécie sentidos na apicultura – por se tratar de uma espécie carnívora e predadora das abelhas – e na saúde pública.

No caso de sentirem os ninhos ameaçados, as vespas asiáticas reagem de modo bastante agressivo e podem fazer perseguições até algumas centenas de metros.

A destruição dos ninhos deve ser feita com equipamento de proteção e seguindo as orientações constantes no plano de ação, nunca se devendo usar armas de fogo (de caça), mesmo no caso de difícil acesso aos ninhos, pois este método só provoca a destruição parcial do ninho e contribui para a dispersão e disseminação da vespa asiática por constituição de novos ninhos.

Isto porque, na ausência ou perda da rainha, as obreiras desta espécie têm a capacidade de se transformarem em fêmeas fundadoras e construírem novos ninhos.

ZAP // Lusa

PARTILHAR

RESPONDER

Os primeiros bebés podem nascer no Espaço daqui a 12 anos

A empresa SpaceBorn United pretende realizar missões espaciais entre 24 e 36 horas para que algumas mulheres dêem à luz em órbita dentro de 12 anos. A notícia é avançada pelo fundador e CEO da empresa, …

Japão importou cinco vírus mortais, incluindo Ebola, por causa de Tóquio 2020

Com os Jogos Olímpicos à porta, um laboratório japonês decidiu importar cinco vírus mortais, nomeadamente Ebola, para fazer frente a um eventual surto durante a competição que vai levar ao país mais de 600 mil …

Empresa anónima quer os direitos do seu rosto para construir robôs (e paga 115 mil euros)

Uma empresa privada anónima está a oferecer 115 mil euros pelos direitos de usar o seu rosto numa nova linha de robôs humanóides. A empresa quer usar a imagem para dar uma cara a um robô …

Empresa está a vender vinho (com flocos de ouro) para celebrar o Brexit

Quando o Reino Unido abandonar a União Europeia, uma saída programada para 31 de outubro, é provável que as pessoas celebrem com um vinho especial com flocos de ouro. Para aqueles que querem celebrar a saída …

Neandertais ocuparam ilhas do Mediterrâneo dezenas de milhares de anos antes do que se pensava

Cientistas descobriram provas de que a ilha de Naxos, na Grécia, já era habitada por neandertais há 200.000 anos, dezenas de milhares de anos antes do que se pensava até agora. Um estudo publicado esta quinta-feira …

Testes "bárbaros" em macacos levam ativistas a pedir encerramento de laboratório alemão

Durante meses, um ativista pelos direitos dos animais trabalhou no Laboratório de Farmacologia e Toxicologia (LPT, na sigla inglesa), em Hamburgo, na Alemanha, onde testemunhou situações de violência contra os animais utilizados em testes e …

Próxima cimeira do G7 vai ser num resort de Donald Trump

A próxima cimeira do G7 será realizada num dos clubes de golfe do Presidente norte-americano, Donald Trump, na Florida, e o clima não constará da agenda de trabalhos, disse esta quinta-feira o chefe de gabinete …

Russos e ucranianos estão em guerra por causa de sopa

A sopa de beterraba é russa ou ucraniana? Um tweet do Ministério dos Negócios Estrangeiros da Federação Russa veio falar em prato nacional e a reação na Ucrânia não tardou a chegar. O tweet é de …

Alex Ferguson acusado de receber relógio após viciar jogo da Juventus

Alex Ferguson, antigo treinador do Manchester United durante quase três décadas entre 1986 e 2013 que venceu um total de 38 títulos pelo clube depois de se ter destacado nos escoceses do Aberdeen, foi acusado …

UNESCO aprova Dia Mundial da Língua Portuguesa

O Dia Mundial da Língua Portuguesa vai ser comemorado anualmente a 5 de maio, como já acontece na Comunidade dos Países de Língua Portuguesa, e António Sampaio da Nóvoa aponta o “momento muito importante” para …