Pneumonia e estado de saúde levantam dúvidas sobre capacidade de Hillary

Andrew Gombert / EPA

Hillary Clinton, a primeira mulher candidata às Presidenciais norte-americanas pelo Partido Democrata

Hillary Clinton, a primeira mulher candidata às Presidenciais norte-americanas pelo Partido Democrata

A candidata democrata à presidência dos Estados Unidos, Hillary Clinton, suspendeu a viagem de angariação de fundos à Califórnia, depois de, este domingo, se ter sentido mal, na cerimónia do 11 de Setembro.

A menos de dois meses da eleição presidencial americana, trata-se de mais um de uma série de acontecimentos que colocou a saúde da candidata do Partido Democrata no centro das atenções.

“Clinton não vai viajar para a Califórnia amanhã nem terça-feira”, disse este domingo o porta-voz da sua campanha, Nick Merrill, horas depois de a candidata à Casa Branca, de 68 anos, ter deixado repentinamente o memorial no Ground Zero.

Hillary Clinton foi examinada em sua casa, em Chappaqua, Nova Iorque, pela sua médica. Segundo Lisa Bardack, a antiga secretária de Estado norte-americana está a “recuperar bem”, depois de lhe ter sido diagnosticada uma pneumonia e de ter ficado “muito quente e desidratada” na cerimónia do 11 de Setembro.

“Clinton teve uma tosse relacionada com alergias. Na sexta-feira, depois de a tosse se ter prolongado e evoluído, foi diagnosticada com uma pneumonia”, disse a médica, acrescentando que, nesse sentido, Hillary Clinton foi “colocada a antibióticos e aconselhada a descansar e a mudar a sua agenda“.

Os Estados Unidos assinalaram ontem os 15 anos dos atentados de 11 de setembro com um momento de silêncio no Ground Zero, o local onde se situavam as Torres Gémeas, em Nova Iorque, onde morreram perto de três mil pessoas.

Os candidatos presidenciais Hillary Clinton e Donald Trump interromperam as suas campanhas eleitorais para participarem na cerimónia, juntamente com a polícia e familiares das vítimas.

Os ataques da Al-Qaeda mataram 2.753 pessoas em Nova Iorque, 184 no Pentágono, em Washington, e 40 no voo 93, que caiu num campo na Pensilvânia, depois de passageiros e tripulantes se terem voltado contra os sequestradores.

Dúvidas

O episódio alimenta agora um debate aberto sobre os problemas de saúde da candidata.

Há semanas, diferentes blogs e veículos de comunicação próximos do Partido Republicano, principal adversário dos democratas, têm alegado que Hillary enfrenta problemas de saúde. A suposta fragilidade da ex-secretária de Estado tem sido explorada também pelo candidato republicano à Casa Branca, Donald Trump.

Em meados de agosto, Trump afirmou que Clinton não tem “força física e mental para lutar contra o Estado Islâmico e muitos adversários que enfrentamos”.

A campanha da candidata democrata, no entanto, acusa os adversários de promover uma “conspiração enlouquecida sobre o seu estado de saúde“.

No entanto, o facto de o diagnóstico de pneumonia ter sido divulgado somente dois dias depois de feito pela médica aumentou as dúvidas sobre as suas condições.

Os republicanos acusam mesmo a campanha democrata de falta de transparência, já que no mês passado a mesma médica que examinou Hillary este domingo afirmou que a candidata apresentava “saúde excelente” e estava “em condições de ocupar o cargo de presidente dos Estados Unidos”.

De acordo com a médica, Hillary conseguiu recuperar totalmente da cirurgia a que foi submetida em 2012 devido a um coágulo sanguíneo.

A saúde do candidato Donald Trump, de 70 anos, também não está totalmente livre de preocupações. Pouco se sabe sobre o seu estado físico: a única informação sobre a saúde do republicano vem de uma carta escrita por um médico durante a corrida eleitoral.

O episódio de domingo pode simplesmente manter Clinton fora da campanha por alguns dias e ser superado, mas pode também fazer com que as pessoas que antes ignoravam os rumores sobre a saúde da candidata passem a observar com mais atenção as suas atividades.

ZAP / Lusa / BBC

PARTILHAR

3 COMENTÁRIOS

RESPONDER

A supergigante Betelgeuse é mais pequena e está mais perto da Terra do que se pensava

De acordo com um novo estudo feito por uma equipa internacional de investigadores, podem ser necessários mais 100.000 anos até que a estrela gigante vermelha Betelgeuse morra numa explosão de fogo. O estudo, liderado pela Dra. …

Mulheres menos propensas à covid-19 por respeitarem mais o distanciamento social

Uma das razões pelas quais as mulheres podem ser menos vulneráveis ​​a infeção pelo novo coronavírus deve-se ao facto de serem mais propensas a aderir às políticas de distanciamento social, sugeriu uma nova pesquisa. Uma pesquisa …

Braga 3 - 0 AEK | Minhotos de gala conquistam atenienses

O Sporting de Braga iniciou a sua participação no Grupo G da Liga Europa com uma vitória. Na recepção aos gregos do AEK de Atenas, os minhotos mostraram ser muito mais equipa e ganharam por …

Capitalismo vai arruinar o planeta até 2050, alertam cientistas

Um grupo de cientistas alerta que se continuarmos com este capitalismo desenfreado, o nosso planeta vai sofrer consequências a nível climático e ambiental. Até 2050, o planeta Terra pode sofrer seriamente às mãos do capitalismo desenfreado. …

Os novos faróis inteligentes da Audi levam-no ao cinema sem sair do carro

Os novos faróis LED da Audi levam-no ao cinema sem sair do carro, já que são capazes de projetar imagens na estrada ou em paredes. A novidade é lançada na nova linha de SUVs elétricos da …

FC Porto foi "histriónico" e não se portou bem, escreve-se em Manchester

Jornal inglês alega que os elementos do FC Porto foram exagerados, turbulentos e não tiveram um comportamento adequado. Não há uma única palavra sobre o árbitro. Na manhã seguinte à derrota (3-1) do FC Porto em …

De passagem secreta a cemitério de carros. Túnel sob Nápoles "esconde" veículos enferrujados da II Guerra

No centro de Nápoles, em Itália, há veículos e motocicletas abandonados e enferrujados dos anos 1940 alinhados num túnel a mais de 30 metros abaixo dos seus pés. A Piazza del Plebiscito foi nomeada após uma …

Primeira ministra islandesa interrompida por um terramoto quando dava uma entrevista em direto

Um terramoto de magnitude 5.6 interrompeu uma entrevista em direto da primeira ministra islandesa ao The Washington Post. Mas Katrin Jakobsdottir reagiu à situação de forma tranquila: "Isto é a Islândia". Katrin Jakobsdottir estava a dar …

O voo mais longo do mundo está de volta (e agora é ainda mais longo)

O voo da Singapore Airlines que partia de Singapura com destino até Nova Iorque, foi uma das vítimas do covid-19 e ficou suspendo a 23 de março. Agora, é possível viajar nesta rota novamente, e …

Obras de cinco museus de Berlim vandalizadas no início do mês

Sarcófagos egípcios, pinturas do século XIX e esculturas em pedra de três dos principais museus de Berlim foram atacados com uma substância líquida oleosa a 3 de outubro, dia em que se festejaram os 30 …