HBO retira “E tudo o Vento Levou” do catálogo nos Estados Unidos por perpetuar racismo

(dr) HBO

A plataforma HBO Max retirou o filme “E Tudo o Vento Levou” do seu catálogo nos Estados Unidos, após a película de 1939 ser criticada durante anos por transmitir uma visão idílica da escravatura e perpetuar estereótipos racistas.

A ação desta quarta-feira coincide com a decisão de outras empresas, como a Disney, que evitou incluir na sua nova plataforma “A Canção do Sul”, um filme polémico desde que estreou, em 1946, ou a cadeia de televisão Paramount, que cancelou o programa “Cops”, protagonizado por polícias dos Estados Unidos.

A retirada de “E Tudo o Vento Levou” chega um dia depois de o diário “Los Angeles Times” publicar uma coluna de opinião, assinada por John Ridley, na qual o escritor e diretor norte-americano solicitava a medida, alegando que a história “glorifica” a escravatura durante a Guerra da Secessão dos Estados Unidos. “Ignora os seus horrores e perpetua os estereótipos mais dolorosos das pessoas de cor”, escreveu.

O período histórico no qual se baseia o filme, e o romance original, é um capítulo ainda controverso na sociedade norte-americana, já que os Estados dos Sul queriam proclamar a independência, negando-se a abolir a escravatura.

“E Tudo o Vento Levou” já foi criticado na sua época por ativistas como o guionista afroamericano Carlton Moss, que protestou contra as estereotipadas caracterizações das personagens negras como “preguiçosas, torpes e irresponsáveis” e também pelo facto de mostrar “uma radiante aceitação da escravatura”.

Quando a atriz afroamericana Hattie McDaniel ganhou o Oscar pela interpretação de uma escrava, teve de sentar-se separada dos companheiros no fundo na sala, devido às leis de segregação racial.

Outros filmes que foram sinalizados de forma semelhante são “O Nascimento de Uma Nação” (1915) e “A Canção do Sul” (1946), apagada do catálogo da Disney e alvo de protestos desde o dia da estreia, sob acusações de ridicularizar a população negra e justificar a escravatura.

Em plena onda de protestos contra o racismo e a brutalidade policial, o canal de televisão Paramount Network confirmou esta quarta-fira que não emitirá mais entregas do “reality show” policial “Cops”, estreado em 1989 como um formato que gravava agentes em operações reais. A emissão tem sido acompanhada de polémicas por “glorificar” o trabalho dos polícias, além de “estereotipar” os perfis da criminalidade, segundo grupos civis.

// Lusa

PARTILHAR

7 COMENTÁRIOS

  1. Se forem filmes que ensinam a torturar e a matar pessoas, está tudo bem; podem passar à vontade na televisão. Que ironia! Depois admiram-se que a sociedade esteja mais violenta.

  2. E a HBO a fazer continência aos Dems progressistas (retrogrados) com medo das represálias – é interessante ver que os que afirmar ser anti-racismos são os verdadeiros racistas, bem como os que dizem ser anti-fascistas; como é o caso do grupo terrorista Antifa, e dos sub-grupos a este ligados.

    Eu recomendo ler a história dos EUA, e do mundo, coisa que não acontece com a Gen Z e Y, entre outros — desconhecem do que estão a falar.

    A atuação da HBO é no mínimo ridícula! – vamos apagar toda a história? – a história deve estar bem viva, e ser conhecida, para não se cometerm os mesmos erros do passado; coisa que está a acontecer nos EUA, por exemplo.

    Viver na ‘escuridão’ e ter levado uma ‘lavagem cerebral’, não conseguir ter um espírito critico deve ser um vazio diário para essas pessoas.

  3. As pessoas estão perdendo o bom senso, é um filme de época e como tal na época da história narrada infelizmente tinha escravidão. Sendo assim terão que ser retirados os filmes de época sobre Roma, Inglaterra,Brasil Imperial, incluindo as novelas, é sobre tds os lugares em que na antiguidade, independente da cor da pele , uns seres humanos escravizaram outros.
    Diferente de fazer um filme que se passe nos dias atuais escravizado alguém.
    Maior reflexão, cultura e discernimento.

  4. A hipocrisia e a falta de senso tomou conta da humanidade.Só espero que,o próprio planeta se organize e limpe metade da podre sociedade que respira no mundo.

RESPONDER

Costa promete "lição exemplar" à Galp depois de "tanto disparate" em Matosinhos

O secretário-geral do PS, António Costa, considerou hoje que “era difícil imaginar tanto disparate, tanta asneira, tanta insensibilidade” como a Galp demonstrou no encerramento da refinaria de Matosinhos, prometendo uma “lição exemplar” à empresa. Falando em …

Porto 5-0 Moreirense | Días, Taremi e Fábio, o trio maravilha

O Porto foi o primeiro dos “grandes” a entrar em campo e deu o mote, e que mote. Os “dragões” receberam o Moreirense e golearam sem apelo nem agravo, por 5-0, graças a uma segunda …

Ronaldo volta a marcar pelo United em jogo com final frenético

O português Cristiano Ronaldo voltou hoje a marcar pelo Manchester United, mas foram Lingaard e David de Gea que ‘brilharam’ na vitória sobre o West Ham, por 2-1, em jogo da quinta jornada da Liga …

O Cumbre Vieja, num dos complexos vulcânicos mais ativos nas Canárias, entrou em erupção

O vulcão Cumbre Vieja, na ilha espanhola de La Palma, entrou hoje em erupção na zona de Las Manchas, depois de mais de uma semana em que foram registados milhares de sismos na região. Na zona, …

Portugal regista 677 novos casos de covid-19 e cinco mortes

Portugal registou, este domingo, 677 novos casos e cinco mortes na sequência da infeção por covid-19, de acordo com o boletim epidemiológico da Direção-Geral da Saúde (DGS). Segundo o último boletim da Direção-Geral da Saúde, Portugal …

Estudo mostra como diferentes espécies de polvos coexistem no mesmo ambiente

Existem mais de 300 espécies de polvos a viver em diversos habitats que abrangem recifes de coral, leitos de ervas marinhas, planícies de areia e regiões de gelo polar. Mas de que forma cefalópodes tão …

As máquinas estão "muito longe" de serem mais inteligentes (mas muito perto de agir como pessoas)

A especialista em inteligência artificial Daniela Braga considera que as máquinas estão "muito longe" de substituírem totalmente os humanos ou serem mais inteligentes, mas estão "muito perto" de interagirem como as pessoas. "Acho que estamos muito …

Secreto e lucrativo, o mercado de venda de "fezes de cachalote" pode também ser violento

O âmbar cinza é altamente raro, mas também altamente valioso. Usada na indústria dos perfumes, o mercado deste material pode ser muito perigoso. Deixa na pele uma resina oleosa e tem um cheiro a tabaco, madeira, …

Empresa norueguesa garante que pode "parar" furacões antes que estes se tornam destrutivos

Especialistas ambientais advertem que o sistema de "cortina de bolhas" proposto pela empresa pode provocar efeitos indesejados. A OceanTherm, uma startup norueguesa, assegura que a sua nova tecnologia pode evitar que as tempestades tropicais se tornem …

Afeganistão: Familiares consideram "insuficientes" pedido de desculpas dos EUA

Familiares dos civis afegãos mortos por "engano" durante um ataque de um avião não tripulado 'drone' norte-americano no final de agosto em Cabul consideraram este sábado "insuficiente" o pedido de desculpas de Washington, numa entrevista …