Há um prisioneiro em Guantánamo que se recusa a sair

O iemenita esteve preso durante 14 anos na polémica prisão norte-americana e, agora que lhe foi concedida a liberdade, recusa-se a sair por ter medo de começar uma vida nova noutro país.

Muhammad Bawazir passou os últimos 14 anos da sua vida fechado na famosa prisão norte-americana de Guantánamo, em Cuba. Recentemente, o recluso teve oportunidade de abandonar o estabelecimento prisional para sempre, tal como fizeram outros dois presos, mas decidiu ficar, segundo conta a BBC.

Bawazir chegou a Guantánamo ainda com 21 anos de idade, depois de ter sido preso no Afeganistão. Durante o longo período na prisão, o iemenita, agora com 35, protagonizou várias greves de fome, chegando a pesar 41 quilos e a ter de ser alimentado à força pelas autoridades.

Em 2008, Bawazir viu a sua libertação ser aprovada, algo que nunca chegou a acontecer porque Washington recusava enviar prisioneiros de volta para o Iémen, por receio que alguns voltassem a representar uma ameaça para o país.

Hoje, continua a não ser possível enviar reclusos para o país árabe porque se encontra a meio de uma guerra civil. Como tal, foi-lhe dada a oportunidade de ser transferido para um outro país que aceitou acolhê-lo.

Bawazir recusa essa opção porque não tem parentes nesse país e, por isso, não tem garantias de poder recomeçar uma nova vida.

Ninguém percebe a atitude do recluso iemenita, nem mesmo o seu advogado, John Chandler, que diz ter passado os últimos meses a tentar convencê-lo a deixar o centro de detenção.

“Ele está apavorado por ter de ir para um país onde não tem apoio garantido”, explica o advogado.

“Não consigo explicar a decisão dele. É simplesmente uma reação extremamente emocional de um homem que está preso há 14 anos”, lamenta.

“Sempre foi muito sensível. Quando estava em greve de fome dizia que só queria morrer”, afirma Chandler, que chega a compará-lo com a personagem do filme “Os Condenados de Shawshank”.

As autoridades americanas não dizem qual o país que aceitou acolher Bawazir mas, na opinião do advogado, é um sítio para o qual “iria sem pensar duas vezes”.

Perante a sua decisão, ainda há dúvidas de qual será o futuro do prisioneiro. O advogado está preocupado com a situação, sobretudo quando Barack Obama deixar a Casa Branca.

O atual presidente norte-americano desde sempre se mostrou interessado em encerrar a polémica prisão, algo que tem sido sempre difícil de concluir.

“É cara, desnecessária e serve apenas como uma propaganda de recrutamento para os nossos inimigos”, afirmou Obama no seu último discurso do Estado da União.

Apesar disso, o número de presos na base caiu nos últimos anos de 242 para 91, um número que hoje poderia ser 90, caso Bawazir não se tivesse recusado a abandonar a prisão.

ZAP / BBC

PARTILHAR

2 COMENTÁRIOS

    • Não admira… O mal que lhe fizeram durante todos os anos; e depois querem enviá-lo para outro país que não o seu… e sem familiares… E ainda o advogado diz não compreender… “iria sem pensar duas vezes”… Então que vá! Mas obrigado e sem poder voltar ao país de origem! Será que ainda ia?…
      Tipico de americano… Fazem mer… e depois acham que resolvem tudo soltando o homem…

RESPONDER

“Não queremos estragar a nossa joia da coroa“. Governo pode limitar acesso da Peneda-Gerês

O Secretário de Estado da Conservação da Natureza concorda com os autarcas, sobre o impacto positivo do turismo para as populações, mas nota que o sucesso do PNPG não pode pôr em causa os valores …

Fome e seca levam milhares de angolanos a fugirem para a Namíbia

A fome provocada pela seca extrema na província de Cunene, no sul de Angola, está a levar milhares de pessoas a fugir para a Namíbia. "A estiagem provocou a rutura de 'stocks' alimentares das comunidades e …

Governo britânico confirma Portugal na “lista verde” de viagens. Preço das viagens disparou

Portugal vai estar na “lista verde” de países considerados seguros para viajar e isentos de quarentena na chegada a Inglaterra a partir de 17 de maio, anunciou hoje o ministro dos Transportes britânico, Grant Shapps. Portugal …

Nova Zelândia vai proteger fiorde emblemático de turismo de massas

O Governo da Nova Zelândia anunciou que vai proteger do turismo de massas a paisagem natural do icónico fiorde Milford Sound-Piopiotahi, património mundial na ilha do Sul. O turismo em Milford Sound-Piopiotahi, considerado um dos principais …

Autárquicas são ensaio para o CDS. Nas legislativas, partido pode ser o "PEV do PSD"

Com o CDS a afundar nas sondagens, as legislativas já estão no campo de visão. As autárquicas que se avizinham vão ser um ensaio para os centristas: e se uns dizem que não, os críticos …

“O cenário é caótico“. Greve do SEF provoca ajuntamentos no Aeroporto de Lisboa e Porto

A greve convocada pelo sindicato do Serviço de Estrangeiros e Fronteiras (SEF) a decorrer esta sexta-feira está a provocar grandes ajuntamentos nos principais aeroportos do país. A greve de inspetores e funcionários do Serviço de Estrangeiros …

TAP no fim da lista de credores em caso de insolvência da Groundforce

A tensão entre a companhia aérea e a empresa de handling voltou a colocar o cenário de insolvência em cima da mesa. Mas isso pode vir a revelar-se um "calvário" para a TAP. De acordo com …

Governo propõe juízes diferentes nas fases de inquérito e instrução

O Governo enviou uma proposta de lei enviada ao Parlamento que prevê que o magistrado que acompanha uma investigação não possa continuar a intervir no processo após a acusação. O objetivo do Governo, de acordo com …

Alemanha vai vacinar todos os jovens maiores de 12 anos até final de agosto

A Alemanha pretende vacinar contra a covid-19 todos os adolescentes maiores de 12 anos até ao fim de agosto, embora dependa da "luz verde" da Agência Europeia do Medicamento (EMA) para essa faixa etária, disse …

Para combater a pobreza, Governo vai rever Rendimento Social de Inserção

O Governo de António Costa está a preparar uma revisão do Rendimento Social de Inserção (RSI) com o objetivo de reforçar o combate à pobreza em Portugal. O Executivo vai rever as regras de atribuição …