O T-Rex tem dois novos primos tailandeses

Universidade de Bonn

Duas novas espécies de dinossauros, que eram predadores eficientes e parentes distantes do Tiranossauro-Rex, foram identificadas em restos fósseis encontrados há 30 anos na Tailândia, revelou a Universidade de Bonn, na Alemanha.

Há três décadas, o Museu de Sirindhorn, no sul da Tailândia, recebeu ossos fossilizados de dinossauros que nunca foram analisados em detalhe. “Há cinco anos encontrei estas descobertas durante a minha pesquisa, explicou Adun Samathi, paleontólogo tailandês que está a fazer o seu doutoramento no Instituto Steinmann de Geologia, Mineração e Paleontologia da Universidade de Bonn.

Depois de “tropeçar” no achado, o investigador levou alguns moldes dos fósseis para serem analisados juntamente com o seu orientador, o professor Martin Sander, recorrendo a tecnologias mais avançadas.

Os resultados da investigação mostram uma nova visão sobre a história dos megaraptors, um grupo de dinossauros de grandes dimensões, que inclui, por exemplo, o T-Rex e que agora tem duas novas espécies conhecidas.

À semelhança do “primo” T-Rex, as novas espécies também corriam sobre as suas patas traseiras. Em sentido oposto, estes familiares tinham braços fortes dotados com grandes garras. Além disso, tinham também cabeças mais delicadas e um focinho largo.

“Conseguimos atribuir os ossos [fossilizados] a um novo megaraptor, que chamamos de Phuwiangvenator yaemniyomi“, revelou Samathi, citado em comunicado.

O nome escolhido, recorda, por um lado, refere-se a Phuwiang, uma área no noroeste da Tailândia, e, por outro lado, tem também a referência ao cientista responsável pela descoberta do primeiro fóssil de dinossauro tailandês.

O investigador revelou ainda mais alguns detalhes sobre o Phuwiangvenator yaemniyomi: era, provavelmente, um corredor rápido com cerca de seis metros de comprimento, ou seja, menor do que o T-Rex (12 metros.)

Quanto à segunda nova espécie descoberta, o estudante afirma que há menos informação. Os ossos identificados também pertencem a um megaraptor, que era um pouco mais pequeno, medindo cerca de 4,5 metros.

O material analisado não foi suficiente para precisar a sua ascendência com exatidão, mas os cientistas acreditam que este seja um outro primo do T-Rex, tendo-lhe atribuído o nome de Vayuraptor nongbualamphuenisis.

“Talvez a situação [das duas novas espécise] possa ser comparada à [situação] dos grandes felinos africanos”, explica Samathi. “Se Phuwiangvenator fosse um leão, Vayuraptor seria um chita”, rematou o estudante.

Os resultados da investigação foram esta semana publicados na revista científica especializada Acta Palaeontologica Polonica.

ZAP //

 

PARTILHAR

RESPONDER

Depois de os EUA sancionarem Ancara, Rússia está disponível para vender caças à Turquia

A Rússia anunciou estar disponível para vender a Ancara caças Sukhoi Su-35, aproveitando o crescente fosso entre os Estados Unidos (EUA) e a Turquia. A disponibilidade surgiu um dia depois de o Presidente Donald Trump ter …

Nova Lei de Bases da Saúde aprovada. PPP só na próxima legislatura

A maioria de esquerda aprovou esta quinta-feira uma nova Lei de Bases da Saúde, proposta pelo Governo socialista, em votação final global na Assembleia da República, contemplando o primado da gestão pública. As bancadas de PS, …

Itália. Eleição de Ursula Von der Leyen para a UE ameaça romper Governo

Quase todos os dias os dois chefes aliados, Luigi Di Maio, do Movimento 5 Estrelas (M5S), e Matteo Salvini, da Liga, atacam-se diretamente. Dentro de uma aliança de contrários, os dois partidos mobilizam as suas …

Homem descobriu a sua perna amputada na imagem de um maço de tabaco

Um albanês descobriu que uma fotografia da sua perna amputada foi usada, sem autorização, na parte da frente dos maços de tabaco. Um homem de 60 anos descobriu que uma fotografia da sua perna amputada foi …

Ilhan Omar promete continuar a ser o "pesadelo" de Donald Trump

"O pesadelo dele é ver uma refugiada imigrante somali a ascender ao Congresso. Vamos continuar a ser um pesadelo porque as suas políticas são um pesadelo para nós", disse Ilhan Omar. Esta quinta-feira, Ilhan Omar classificou …

Benfica confirma saída de Salvio para o Boca. "Chorei como um bebé"

O extremo Eduardo Salvio transferiu-se do Benfica para o Boca Juniors, na Argentina, num negócio esta quinta-feira oficializado pelo clube da Luz, que não revelou os valores envolvidos. O argentino esteve oito temporadas no Benfica, as …

"É preciso reduzir os impostos às pessoas, nomeadamente aos salários, e taxar o carbono"

Para António Guterres, a "vontade política esmoreceu" depois do Acordo de Paris aprovado em 2015. Entre medidas propostas em prol do clima, o Secretário-Geral das Nações Unidas fala em "acabar com subsídios aos combustíveis fósseis". António …

Costa: Marcelo não se recandidatar seria "incompreensível para 80% dos portugueses"

O secretário-geral do PS, António Costa, declarou esta sexta-feira que uma eventual não recandidatura presidencial de Marcelo Rebelo de Sousa seria "incompreensível para 80% dos portugueses" e adiantou que Eduardo Ferro Rodrigues voltará a ser …

Há mais de 600 edifícios condenados à demolição (e trazem custos para o cidadão)

Nos últimos dez anos, centenas de construções de todo o país foram listadas para demolir. Destas, faltam destruir atualmente mais de 600, segundo um levantamento citado esta sexta-feira pelo Correio da Manhã. Questões de segurança, ilegalidades …

Nepotismo e "filé mignon". Bolsonaro admite beneficiar filho para cargo diplomático

O presidente brasileiro admitiu, na quinta-feira, que "pretende beneficiar" o terceiro filho, o deputado Eduardo Bolsonaro, indicado para embaixador nos Estados Unidos, mas garantiu tratar-se apenas de uma estratégia de política externa. "Pretendo beneficiar um filho …