Há alguma ligação entre stress, insónias e sistema imunitário? Estudo americano sugere que sim

Um estudo realizado por neuro-cientistas da Universidade de Stanford, nos Estados Unidos, sugere que poderá existir uma relação entre o stress, as insónias e um fraco sistema imunitário.

Investigadores do laboratório Cold Spring Harbor e da Universidade de Stanford descobriram qual é o circuito cerebral responsável pelas noites sem dormir causadas pelo stress – e parece que este circuito é também responsável por algumas alterações no nosso sistema imunitário.

O estudo, publicado no início do mês na Science Advances, liga e explica dois problemas comuns: as insónias e um fraco sistema imunitário. Jeremy Borniger, um dos autores do estudo, disse que a insónia induzida pelo stress é bem conhecida por qualquer pessoa que tenha tentado adormecer com um prazo para cumprir no dia seguinte.

“No mundo clínico, há muito tempo que se sabe que pacientes diagnosticados com stress crónico, normalmente, reagem pior a diversos tratamentos de outras doenças“, disse o cientista. Esta reação deve-se à libertação de cortisol, a hormona do stress.

Os investigadores encontraram evidência de que os neurónios sensíveis ao stress, que libertam cortisol, estão diretamente ligados a outros neurónios que promovem a insónia. A equipa usou opto-genética em ratos geneticamente modificados para poder bloquear este circuito neural, fazendo com que os ratos dormissem mesmo após uma experiência stressante, ou ativá-lo, fazendo com que os roedores acordassem imediatamente.

“Parece que é um interruptor bastante sensível, visto que mesmo uma estimulação muito fraca do circuito pode levar à insónia”, disse Borniger.

Os cientistas da universidade americana examinaram, ainda, os efeitos da estimulação do circuito neural na atividade do sistema imunológico. O stress afeta significativamente a abundância de algumas células imunes no sangue, e o estudo concluiu que o mesmo circuito cerebral consegue recriar estas alterações.

Borniger diz que entender como é que o stresse provoca insónia e imunossupressão ajuda os investigadores a encontrar novos tratamentos para uma série de doenças auto-imunes. A estimulação desse circuito pode trazer novas formas de tratar doenças e de reduzir os efeitos negativos do stresse no sono.

O investigador acrescentou que o seu interesse na manipulação destes circuitos do cérebro se deve, não só ao facto de poder controlar o sistema imunitário, mas também doenças inflamatórias como o cancro e a psoríase.

“Se pudermos entender e manipular o sistema imunológico usando os circuitos naturais do corpo em vez de usar uma droga que atinge certos alvos dentro do sistema, penso que seria muito mais eficaz a longo prazo, porque só associa os circuitos naturais do corpo”, rematou.

ZAP ZAP //

PARTILHAR

RESPONDER

O titanossauro mais antigo do mundo foi descoberto na Patagónia

Ninjatitan zapatai viveu há aproximadamente 140 milhões de anos, no início do Cretáceo, na atual Patagónia, na Argentina. Segundo os cientistas, o novo espécime fóssil de tiranossauro pode ser o mais antigo do mundo. Com cerca …

Volvo prepara mudança estratégica e apresenta o seu novo modelo 100% elétrico: o C40 Recharge

A marca de automóveis sueca apresentou o seu novo modelo 100% elétrico: o C40 Recharge. O modelo representa mais um passo no caminho para a eletrificação total da Volvo, já que esta semana a marca …

Benfica 2-0 Estoril | Águia carimba presença na final

O Benfica venceu o Estoril Praia por 2-0, no Estádio da Luz, e apurou-se para a final da Taça de Portugal, a segunda consecutiva do emblema “encarnado”. Os comandados de Jorge Jesus confirmaram a superioridade …

Um reator nuclear pode ajudar a resolver o mistério do desaparecimento de Amelia Earhart

Uma equipa de investigadores da Universidade Estadual da Pensilvânia, nos Estados Unidos, vai submeter uma folha de alumínio velha e gasta a um feixe de partículas do coração de um reator nuclear na esperança de …

Musk quer criar uma nova cidade no local de lançamento da SpaceX. Vai chamar-se Starbase

O empresário norte-americano Elon Musk está a tentar criar uma nova cidade chamada Starbase nas instalações de lançamento da SpaceX no Texas, nos Estados Unidos. As instalações da SpaceX no Texas estão localizadas em Boca Chica …

Chatbots: A tecnologia que "ressuscita" os mortos é cada vez mais uma realidade

Foi recentemente revelado que em 2017 a Microsoft patenteou um chatbot que, se construído, ressuscitaria digitalmente os mortos. Usando Inteligência Artificial e machine learning, o chatbot proposto traria o nosso ente querido de volta à …

Casal acertou no jackpot de 210 milhões de euros do Euromilhões (mas não registou o boletim)

Dois jovens britânicos pensaram que tinham ganho 182 milhões de libras (cerca de 210 milhões de euros), mas afinal o boletim não tinha sido registado por falta de dinheiro na conta online. Rachel Kennedy, de 19 …

A Islândia foi atingida por 17 mil terramotos na semana passada (e uma erupção pode estar iminente)

Mesmo para uma ilha vulcânica acostumada a tremores ocasionais, esta foi uma semana incomum para a Islândia. De acordo com o Escritório Meteorológico da Islândia, cerca de 17 mil terramotos atingiram a região sudoeste de …

Mulheres portuguesas trabalham mais uma hora e 13 minutos que os homens

As mulheres portuguesas trabalham em cada dia útil mais uma hora e 13 minutos do que os homens, entre trabalho pago e não pago, continuando a ter maior dificuldade em conciliar a profissão com a …

Três sismos acima de 7 na escala de Richter abalam a Nova Zelândia. Autoridades alertam para tsunami

A costa nordeste da Nova Zelândia foi esta quinta feira atingida por três sismos de magnitude acima de 7 na escala de Richter. A proteção civil emitiu um alerta de tsunami após o primeiro terramoto, …