Há milhares de misteriosos buracos no fundo do mar da Califórnia

MBARI

Surgiu um novo mistério perto da costa de Big Sur, na Califórnia, no fundo do Oceano Pacífico: há milhares de pequenos fragmentos redondos retirados dos sedimentos do fundo do mar.

 

A descoberta foi feita como parte de uma investigação do Monterey Bay Aquarium Research Institute (MBARI) para estudar os recursos subaquáticos chamados pockmarks, que também são depressões no fundo do mar, mas um pouco maiores, com uma média de 175 metros de diâmetro e cinco metros de profundidade. Os pockmarks aparecem no sonar dos navio e são conhecidos desde 1999. Existem mais de 5.200 espalhados por 1.300 quilómetros quadrados de fundo do mar perto de Big Sur.

O que causa os buracos maiores também é desconhecido. Como a área está a ser considerada para ser um parque eólico offshore, foram necessárias mais investigações sobre eles. Uma das principais teorias é que os buracos são causados por gases como o metano sob o fundo do mar a borbulhar e a deixar uma depressão no seu rastro – e isso poderia afetar a colocação de turbinas eólicas.

A equipa da MBARI colocou os seus veículos subaquáticos autónomos, equipados com dispositivos de sonar, a trabalhar. Não encontraram evidências de metano e as marcas estão inativas há mais de 50 mil anos.

Porém, nos dados dos robôs, os cientistas viram outros buracos, demasiado pequenos para serem captados por um sonar de um navio. Os investigadores do MBARI encontraram cerca de 15 mil buracos com, em média, 11 metros de diâmetro e um metro de profundidade.

Ben Erwin / 2019 MBARI

A equipa chamou os buracos de “micro-depressões”. As micro-depressões parecem ser muito mais jovens do que as marcas e têm lados mais íngremes. Além disso, de acordo com o ScienceAlert, também têm “caudas” de sedimentos, que parecem estar orientados na mesma direção em muitas áreas.

Ainda não se sabe como é que os buracos se formaram, mas estas mini-depressões no fundo do oceano rapidamente se tornaram abrigos desejáveis populares entre as criaturas marinhas. Cerca de 30% dos buracos continham lixo humano, juntamente com peixes e outros animais marinhos que os transformaram no seu habitat.

Além do lixo encontrado, 20% continha pedras, restos de algas e um crânio de baleia – mas o sedimento em redor dos buracos estava vazio.

A equipa acha que os animais que residem no lixo podem estar a ajudar a reduzir ainda mais as micro-depressões.

De acordo com os investigadores, as micro-depressões não são pockmarks bebés, uma vez quer são morfologicamente distintas dos burcaos maiores. Além disso, os cientistas não encontraram evidências de atividade de gás no fundo do mar.

Em comunicado, Eve Lundsten, cientista marinha do MBARI, disse que “é preciso fazer muito mais trabalho para entender como todas estas características se formaram”, acrescentando que “esse trabalho está em andamento”.

A investigação foi apresentada no Fall Meeting 2019 da American Geophysical Union.

ZAP //

PARTILHAR

RESPONDER

Vídeo de criança vítima de bullying gera onda de apoio global

Internautas de todo o mundo, inclusive celebridades, uniram-se para dar apoio ao menino australiano, de nove anos, que sofre de bullying por causa da sua aparência. De acordo com a BBC, Yarraka Bayles partilhou o vídeo …

Descoberta nova quasipartícula: o π-ton

Foi descoberta uma nova quasipartícula no Instituto de Tecnologia de Viena. Os cientistas batizaram-na de π-ton, uma quasipartícula que contém dois eletrões e duas lacunas. Existem diferentes tipos de partículas. Um deles, as quasipartículas, são excitações …

É oficial. Friends está de volta para um episódio especial

As preces dos fãs foram finalmente ouvidas. O elenco de Friends vai reunir-se para um episódio especial exclusivo na HBO Max. Jennifer Aniston, Courteney Cox, Lisa Kudrow, Matt LeBlanc, Matthew Perry e David Schwimmer voltarão ao …

Dieta ocidental está a deixar as pessoas menos inteligentes

Uma dieta pouco saudável, à base de hambúrgueres e doces está literalmente a deixar as pessoas menos inteligentes apenas no espaço de uma semana. Esta foi a conclusão de um estudo de investigadores da Universidade …

Pedro Proença: Sociedade deve atuar no combate ao racismo

O presidente da Liga Portuguesa de Futebol Profissional (LPFP) disse, esta sexta-feira, que a sociedade portuguesa deve atuar no combate ao racismo, violência, xenofobia e intolerância. A Liga vai lançar, durante este fim-de-semana, uma campanha com …

Na última década, Coreia do Norte gastou mais de meio milhão de dólares em cavalos russos

A Coreia do Norte gastou recentemente dezenas de milhares de dólares na aquisição de 12 cavalos provenientes da Rússia, de acordo com os dados alfandegários. A Coreia do Norte gastou quase meio milhão de dólares (584.302 …

O caranguejo "supervilão" do Canadá vai ser transformado em plástico biodegradável

Uma equipa de cientistas no Canadá desenvolveu um plano para transformar uma espécie invasora de crustáceo - conhecida como como caranguejo supervilão - em copos e talheres  de "plástico", usando as suas carapaças para criar …

Covid-19. Tripulante de navio japonês pode ser o primeiro português infetado

Um português que é tripulante do navio Princess Cruises, atracado no porto de Yokohama, no Japão, pode ter sido diagnosticado "positivo" com o novo coronavírus. Contactada pela agência Lusa, a diretora-geral de Saúde, Graça Freitas, afirma …

Harry e Meghan vão deixar de poder usar a marca Sussex Royal

O duque e a duquesa de Sussex vão deixar de poder usar a marca Sussex Royal, anunciou, esta sexta-feira, um porta-voz da casa real. "Estando o duque e a duquesa focados nos seus planos de estabelecer …

Messi marca quatro e embala Barcelona para o topo da La Liga

Um póquer de Lionel Messi embalou o FC Barcelona, este sábado, para a liderança da Liga espanhola, com uma "mão cheia" de golos na receção ao Eibar (5-0). Os catalães subiram ao topo de La Liga …