Guerra dos EUA contra o terrorismo causou mais de 37 milhões de deslocados em 20 anos

Pelo menos 37 milhões de pessoas foram deslocadas devido à guerra dos Estados Unidos (EUA) contra o terrorismo, lançada pelo governo do ex-Presidente George W. Bush há quase 20 anos, de acordo com um novo relatório sobre os custos desses conflitos, desenvolvido pela Brown University.

O relatório, divulgado na terça-feira, afirma ser o primeiro do género a mostrar a realidade sobre o número de pessoas deslocadas devido aos conflitos travados pelos EUA na chamada “guerra ao terrorismo”, noticiou o Business Insider.

“As guerras dos EUA pós-11 de setembro deslocaram à força pelo menos 37 milhões de pessoas no Afeganistão, Iraque, Paquistão, Iémen, Somália, Filipinas, Líbia e Síria. Isso excede os deslocados relacionados com todas as outras guerras desde 1900, exceto na Segunda Guerra”, revelou o relatório.

Milhões de outras pessoas foram deslocadas em conflitos menores que envolveram as forças dos EUA, como aconteceu em Burkina Faso, nos Camarões, na República Centro-Africana, no Chade, na República Democrática do Congo, no Mali, no Níger, na Arábia Saudita e na Tunísia, de acordo com o relatório.

Ainda segundo o relatório, mais de 25 milhões dos deslocados voltaram para casa. O retorno, contudo, “não apaga o trauma do deslocamento nem significa que os deslocados voltaram para as suas casas originais ou para uma vida segura”.

A situação dos deslocados causou “danos incalculáveis ​​a indivíduos, famílias, vilas, cidades, regiões e países inteiros, a nível físico, social, emocional e económico”, frisou o relatório.

Esta análise foi publicada poucos dias antes do 19.º aniversário dos ataques terroristas de 11 de setembro, que promoveram mudanças no mundo e continuam a ter um impacto na abordagem dos EUA nas relações externas. No geral, a guerra contra o terrorismo é amplamente vista como um fracasso massivo que custou aos EUA uma enorme quantidade de dinheiro, recursos e vidas, sublinhou Business Insider.

De acordo com o projeto Cost of War, da Brown University, o governo federal norte-americano já gastou mais de 6,4 biliões de dólares no guerra contra o terrorismo, que já vitimou mais de 800 mil pessoas. Os EUA mantêm tropas no Afeganistão, que invadiram em 2001, e o governo Trump está envolvido em negociações de paz com o Talibã.

Ainda segundo o Business Insider, grande parte dos historiadores concorda que a invasão do Iraque pelos EUA em 2003 potenciou o surgimento do Estado Islâmico, levando a um conflito novo no Iraque e na Síria, assim como ataques terroristas em todo o mundo.

  ZAP //

PARTILHAR

1 COMENTÁRIO

  1. Não é preciso ir tão longe. Fiquemos pelos 8 anos de mandato de Obama, vencedor do Nobel da paz, responsável por grande parte destes milhões com as guerras que assinou. Trump pelo contrário, tem retirado tropas de todo o lado, e ainda não desencadeou nenhuma guerra, só tratados de paz e sentar à mesa com a Coreia do norte. Um feito notável. Merecia muito mais o Nobel do que Obama

RESPONDER

O setor dos livros também se está a ressentir do aumento de preços e dos atrasos na distribuição de mercadorias

Empresas do setor apontam a subida do preço da energia (e das restantes matérias-primas), juntamente com os atrasos na distribuição como dois dos fatores disruptivos. O setor do livro é um dos que deverá ser atingido …

Técnicos insistem que INEM transporta muitos doentes não urgentes para urgências hospitalares

Os técnicos de emergência pré-hospitalar insistiram na necessidade de rever os fluxos de triagem dos doentes transportados pelo INEM para as urgências dos hospitais e reconhecem maior dificuldade na passagem do doente devido à elevada …

Ministro da Defesa não participou na organização das comemorações do Dia do Exército — onde foi vaiado

João Gomes Cravinho não participou no processo de organização do Dia do Exército, cerimónia onde foi vaiado e onde não foi tocado o hino daquela força militar. O governante foi, nas últimas 24 horas, defendido …

Recorde: Palmeiras de Abel rematou... 36 vezes num jogo

Um "massacre" da equipa de Abel Ferreira, que conseguiu uma vitória difícil contra o Sport. O Palmeiras prolongou a série positiva no Brasileirão. A equipa de Abel Ferreira chegou à terceira vitória consecutiva no campeonato, levando …

A vitória em Barcelona deve ajudar... a bilheteira do Real Madrid

O máximo que o Santiago Bernabéu registou nesta época foi 24 mil espectadores. Com condicionantes. O renovado Estádio Santiago Bernabéu já acolheu três jogos do Real Madrid nesta temporada mas muitas cadeiras ficaram vazias. O mítico palco …

Mais três mortes e 829 novos casos por covid-19 nas últimas 24 horas

Portugal conta mais mais 1284 recuperados. A maioria dos novos casos são em Lisboa e Vale do Tejo e no Centro. Nas últimas 24 horas, Portugal registou mais três mortes e 829 casos de infecção pelo …

Operação Marquês. Relação de Lisboa obriga Ivo Rosa a admitir o recurso do MP e a ficar com os autos da não pronúncia

O Tribunal da Relação de Lisboa decidiu que o juiz de instrução criminal tem de continuar a ser responsável por parte do megaprocesso da Operação Marquês, contra a vontade do magistrado. O Tribunal da Relação de …

OE2022: Catarina Martins diz que Governo “talvez queira” uma crise política

A coordenadora do BE, Catarina Martins, acusou hoje o PS de não querer uma solução para o Orçamento do Estado, considerando que o Governo “talvez queira” uma crise política e eleições antecipadas, o que será …

Nova maternidade de Gaia entra em funcionamento em janeiro de 2022

Vila Mova de Gaia está prestes a ter uma nova maternidade. Espera-se que as obras fiquem concluídas em dezembro deste ano. O funcionamento deverá ter início em janeiro de 2022. Rui Guimarães, presidente do Conselho de …

Teste à covid-19

Investigadores descobrem marcador biológico que antecipa prognóstico de covid-19

Um grupo internacional de investigadores no qual estiveram envolvidos especialistas da Fundação Champalimaud descobriu um marcador biológico com potencial para dar prognóstico da gravidade da covid-19, com a deteção do marcador a resultar de um …