Grupo de estudantes em greve por uma reforma no ensino

Bobo Boom / Flickr

A 25 de março, um estudante da Universidade de Coimbra começou uma greve para reivindicar uma reforma radical no ensino português. Agora, não está sozinho.

Já são seis os estudantes que todos os dias úteis se sentam em frente à Faculdade de Letras da Universidade de Coimbra (FLUC). Os alunos têm um manifesto, no qual defendem “um novo rumo para educação” que “reflita os ideais democráticos”, contra a mercantilização do ensino.

Segundo o Público, os estudantes não vão às aulas, não fazem avaliações e não pagam as propinas. Dali só saírão quando atingirem os objetivos, garantem.

Ao jornal, o estudante que deu início ao protesto explica que, “quando vou às aulas, ao meu lado, faltam muitas pessoas. Conheço muitos que gostavam de estar aqui e não têm condições económicas”, afirma.

Por esse motivo, considera que o sistema de avaliação está distorcido. “Eu ia acabar o curso este ano. No final, ia poder dizer que me custou milhares de euros e alguns cêntimos. Mas a nota do diploma não está correta”, refere.

O estudante sublinha a desigualdade económica sentida no sistema de ensino e realça o valor da propina, que tem subido nas últimas décadas, tendo conhecido uma diminuição nesta legislatura. “Tenho colegas que não têm condições para pagar 100 euros de propina. Desceram a propina de 1000 para 800 euros e estão a bater palmas? Parece que é uma brincadeira.”

“Quando começarmos a encarar a educação como um direito e não como um negócio, nem um euro de propina é aceitável. É só cumprir a constituição, não é nada novo”, afirmou outro estudante em protesto.

O aluno da Universidade de Coimbra reitera que não há igualdade, nomeadamente no processo de candidatura ao ensino superior. “Para aceder, contam as notas do secundário. E quem vem do ensino privado parte de patamares diferentes nessa corrida”, sublinha, realçando outro aspeto que os estudantes criticam no ensino: o peso “do individualismo e da competição”.

Perante estas condições, o estudante admite não ter outra possibilidade. “É inevitável eu fazer esta greve. Tenho de ter condições para voltar para ali para dentro”, diz.

ZAP //

PARTILHAR

RESPONDER

Lixo espacial cadente iluminou os céus na Austrália

Na sexta-feira passada, pedaços de lixo espacial de um foguetão russo iluminaram os céus na Austrália. Os especialistas dividem-se na possibilidade de bocados dele caírem na Terra. Na sexta-feira passada, num final de tarde como tantos …

Cientistas criaram uma borracha que até rasga (mas concerta-se sozinha)

Investigadores da Universidade Flinders, na Austrália, desenvolveram um novo tipo de borracha que consegue regenerar sozinha. A equipa de investigadores da universidade australiana criou um novo tipo de borracha e um catalisador que, em conjunto, podem …

Dez anos depois, voltou a ser avistado um guepardo do noroeste africano

Naturalistas na Argélia filmaram um guepardo do noroeste africano, uma subespécie listada na Lista Vermelha da União Internacional para a Conservação da Natureza (IUCN) como estando em "perigo crítico", pela primeira vez em dez anos. De acordo …

NASA dedica novo telescópio a Nancy Grace Roman, a "mãe" do Hubble

A NASA renomeou o telescópio Wide Field Infrared Probing Telescope (WFIRST) em homenagem a Nancy Grace Roman, a mãe do Hubble. A NASA batizou o seu telescópio espacial de última geração, atualmente em desenvolvimento, - o …

Guitarrista dos Queen teve um ataque cardíaco que o deixou às portas da morte

Brian May, guitarrista dos Queen, sofreu um ataque cardíaco que o deixou às portas da morte, anunciou o próprio músico, de 72 anos. May partilhou um vídeo no Instagram no qual conta todo o episódio. Tudo …

"Missão Tianwen". China planeia lançar sonda para Marte em julho

A China planeia lançar uma sonda e um pequeno robô de controlo remoto para Marte, em julho, na sua primeira missão ao Planeta Vermelho, anunciou esta segunda-feira a agência responsável pelo projeto. "O nosso objetivo era …

Bairros de lata são incubadoras de covid-19, mas ninguém ajuda os milhões que lá vivem

Bairros de lata, como as favelas, são consideradas incubadores de covid-19. No entanto, pouca atenção lhes tem sido dada na resposta à pandemia. Tendo devastado algumas das cidades mais ricas do mundo, a pandemia do novo …

Morreu Saturn, o jacaré que sobreviveu a um bombardeamento da II Guerra (e que se diz que pertenceu a Hitler)

Saturn, um jacaré norte-americano de 84 anos, morreu esta sexta-feira no jardim zoológico de Moscovo, na Rússia, anunciou a instituição na sua conta de Facebook, dando conta que o animal morreu de velhice. O réptil …

Antiviral Remdesivir pode ser eficaz no combate à covid-19

O antiviral Remdesivir é eficaz contra a covid-19 caso seja administrado antes dos pacientes necessitarem de ventilação mecânica, indica um ensaio internacional com este medicamento, coordenado pelo Hospital Can Ruti, em Badalona, Barcelona, Espanha. Segundo um …

Há uma misteriosa ilha em Nova Iorque que quase ninguém pode visitar (e está abandonada)

A menos de 1,6 quilómetros de Manhattan, em Nova Iorque, localiza-se uma misteriosa ilha abandonada há mais de meio século. É preciso ter autorização do New York City Department of Parks and Recreation para visitar …