A gravidade influencia a maneira como tomamos decisões

Todo e qualquer organismo vivo na Terra evoluiu a longo de milhares de anos sob um campo gravitacional constante, com a gravidade desempenhando um papel fundamental no comportamento e na cognição humana.

Um estudo recente publicado na Aviation, Space, and Environmental Medicine afirma que a gravidade também influencia a maneira como tomamos decisões.

De acordo com os investigadores, o sistema nervoso central não possui sensores especializados para a gravidade, que é inferida através da integração de vários sinais sensoriais num processo chamado “graviception”. Este processo envolve visão, equilíbrio e informações das articulações e músculos, sendo que órgãos sofisticados dentro do ouvido interno são especialmente importantes nesse processo.

Na gravidade da Terra e com a cabeça ereta, pequenas “pedras” ficam perfeitamente equilibradas num fluido viscoso, mas quando movemos a cabeça, a gravidade faz o fluido mover-se, o que dispara um sinal ao cérebro informando que a cabeça já não está em pé.

A exposição à gravidade zero leva o nosso organismo a várias mudanças estruturais e funcionais e o estudo visa entender melhor como tudo isto pode afetar a capacidade de tomarmos decisões no ambiente espacial.

A humanidade está a preparar-se para visitar Marte pela primeira vez e é preciso entender a fundo como longos períodos em ambientes sem gravidade – ou com uma gravidade diferente da do nosso planeta – afetam não somente o corpo físico, como também a mente.

Os autores do estudo investigaram se as alterações na gravidade influenciariam a escolha entre um comportamento rotineiro e um totalmente novo, pedindo que os participantes produzissem sequências de números de maneira aleatória.

Sempre que os indivíduos ouviam um sinal sonoro, era preciso nomear um número entre 1 e 9, sem tempo para pensar ou contar. Esta tarefa exige que o cérebro suprima respostas de rotina e gere novas respostas.

Para entender esse processo num ambiente sem gravidade, os investigadores pediram que os participantes se deitassem no chão para mudar a orientação dos corpos em relação à direção da gravidade terrestre que nos “puxa” para baixo.

“Esta é uma manipulação laboratorial muito eficiente, que nos permite imitar alterações de sinais gravitacionais que chegam ao cérebro; na verdade, é uma maneira melhor de estudar os efeitos da gravidade do que enviar alguém para o espaço, porque quando estamos no espaço, também somos afetados pela falta de peso, radiação e isolamento — e pode ser difícil separar o efeito que a falta de gravidade terá”, explicou um dos autores.

Os resultados indicam que as pessoas são menos propensas a gerar novos comportamentos na ausência de gravidade e isso pode ser importante para o planeamento de futuras missões espaciais.

Astronautas vivem sob constante pressão, enfrentando desafios diariamente e decisões devem ser tomadas de forma rápida e eficiente. Deixar-se levar por uma preferência mental automática com opções rotineiras ou estereotipadas pode colocar a vida do astronauta em risco.

“A ausência de gravidade pode ser profundamente inquietante e pode comprometer os níveis de desempenho de várias maneiras. Isto sugere que os astronautas podem beneficiar de algum tipo de treino de aprimoramento cognitivo para ajudar a superar os efeitos da gravidade alterada no cérebro e para garantir missões espaciais tripuladas bem sucedidas e seguras”, concluem os investigadores.

ZAP // Canal Tech

PARTILHAR

RESPONDER

Graças a Eunice Foote, cientistas já compreendiam as alterações climáticas em 1856

Há quase dois séculos, os cientistas já sabiam o que causava as alterações climáticas graças ao trabalho da cientista norte-americana Eunice Foote. Muito antes da atual divisão política sobre as alterações climática, e mesmo antes da …

Em Sydney, as cacatuas aprenderam a assaltar caixotes do lixo. A técnica já é popular

A técnica é simples: agarrar a tampa do caixote do lixo com o bico, abri-la, e em seguida arrastar as patas de modo a colocar a tampa para trás. Em Sidney, este é o método …

Bolsonaro já ameaçou um golpe militar. Brasileiros temem agora que esteja a planear um

Há mais de duas décadas, Jair Bolsonaro ameaçou que faria um gole militar se fosse Presidente. Agora, os brasileiros temem que ele cumpra com a sua "promessa". Numa entrevista televisiva de 1999, o então deputado Jair …

Descoberta de naufrágios da Segunda Guerra pode estimular turismo subaquático em Itália

Quem visitar o sul de Itália no futuro poderá vir a contar com uma nova atividade. A recente descoberta de quarenta naufrágios na costa da ilha de Lampedusa poderá dar origem a uma nova oportunidade …

Costa diz que recuperação económica tem de ser feita "com os olhos postos no futuro"

O primeiro-ministro salientou, este domingo, que a recuperação económica do país "tem de ser feita com os olhos postos no futuro", considerando essencial assegurar condições às novas gerações para se autonomizarem. "A recuperação económica tem de …

Centenas de vendedores de rua na Índia são milionários em segredo

O Fisco indiano descobriu que centenas de vendedores de rua são milionários em segredo. Estes comerciantes foram apanhados a fugir aos impostos. Quando pensamos em milionários, provavelmente imaginamos uma pessoa com uma grande mansão, carros desportivos …

Portugal com mais oito mortes e 2625 novos casos de covid-19

Portugal registou, este domingo, mais oito mortes e 2625 casos de infeção pelo novo coronavírus, segundo o último boletim epidemiológico da Direção-Geral da Saúde (DGS). De acordo com o último boletim da DGS, dos 2625 novos …

"Cabrita transformou-se numa espécie de ministro sempre em pé", diz líder do CDS

O líder do CDS-PP disse, este sábado, que o país já não confia no ministro da Administração Interna, a quem apelidou de "ministro sempre em pé", adiantando que já se fazem apostas sobre quando será …

A arma que matou o famoso pistoleiro do Velho Oeste "Billy the Kid" vai a leilão

O revólver que matou um dos homens procurados mais famosos do Velho Oeste, há mais de um século, vai a leilão no próximo mês. William "Billy the Kid" Bonney, pseudónimo de William Henry McCarty, foi um …

Milhares protestam em França e Itália contra novas medidas anti-covid

Milhares de pessoas manifestaram-se, este sábado, em várias cidades de França e Itália contra as medidas para controlar a pandemia, sobretudo contra a obrigatoriedade do uso do "passe sanitário" para entrar em espaços públicos. Com gritos …